Homem de blusa verde carrega máquina de mineração de criptomoedas
Foto: Shutetrstock

O diretor da Companhia de Distribuição de Energia do Teerã, Kambiz Nazerian, afirmou nesta segunda-feira (22) que autoridades iranianas apreenderam 9.404 máquinas de mineração de criptomoedas desde o final de março deste ano.

Segundo Nazerian, os equipamentos foram descobertos por investigadores em diferentes bairros da capital do Irã, Teerã, em sintonia com as diversas ações contra empresas do setor que atuam irregularmente no país.

Publicidade

De acordo com a Radio Free Europe/Radio Liberty (RFE/RL), as autoridades iranianas anunciaram regularmente nos últimos anos a descoberta de equipamentos ilegais de mineração de criptomoedas em diferentes partes do país.

Conforme descreve o veículo, alguns centros de mineração de bitcoin que operam no Irã estão baseados em locais estratégicos, como escolas e mesquitas, que têm custo zero de eletricidade — a conta de luz é subsidiada pelo governo.

O aumento da atividade de mineração de criptomoedas no Irã, comenta o RFE/RL, é resultado do colapso da moeda local, Rial, que sofre por conta da economia encolhida do país, dada às sanções internacionais contra o governo iraniano, principalmente “as sanções dos EUA que impedem o Irã de acessar o sistema financeiro internacional”.

A Radio Free Europe/Radio Liberty, cuja sede fica em Praga, República Tcheca, é uma organização do ramo de informação financiada pelo governo dos EUA. A entidade foi criada em 1949 por uma iniciativa chamada Comitê da Europa Livre com o objetivo de combater a desinformação russa, com vários canais midiáticos de “reação rápida”.

Publicidade

Por isso, a organização é vista, por exemplo, como inimiga de funcionários russos e rebeldes ucranianos e seus jornalistas recebem constantes ameaças. Segundo uma reportagem do Gaúcha ZH, desde 2017, a RFE/RL foi classificada por Moscou como “agente estrangeiro”, o que lhe rendeu uma série de custosos processos judiciais.

Irã e criptomoedas

Em outubro de 2020, o governo do Irã mudou sua legislação regulatória sobre criptomoedas para permitir que esses ativos sejam usados no financiamento de importações, conforme apontou o site Iran Daily.

Foi uma mudança radical em relação a forma como o governo via as criptomoedas até então. Em 2019, o país havia tornado a mineração ilegal. Essa medida, porém, durou só um mês, conforme noticiou a Aljazeera.

Mesmo assim, a indústria de mineração não é livre da interferência do governo. Em junho, por exemplo, o Ministério da Energia do Irã anunciou que os mineradores de criptomoedas teriam que suspender suas atividades para auxiliar o país na questão energética. Na época, enquanto haviam sido registradas 118 unidades de mineração de criptomoedas autorizadas no país, também foram apontados recordes de consumo de energia, segundo uma reportagem do jornal Theran Times.

Publicidade

Vale lembrar que em julho do ano passado, o vice-presidente do país, Eshaq Jahangiri, decretou que as empresas de mineração de criptomoedas deveriam se registrar junto ao Ministério da Indústria, Minas e Comércio do governo do iraniano. Quem não atendesse ao pedido, poderia ter que entregar equipamentos de mineração às autoridades, o que ocorreu em vários eventos.

No início deste mês, o Irã fez sua primeira importação com pagamento em criptomoedas. A operação no valor de US$ 10 milhões foi anunciada por Alireza Peyman-Pak, chefe da Organização de Promoção do Comércio, em seu perfil no Twitter. O político iraniano disse ainda que o governo passaria a usar com frequência o tipo de serviço.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Vasco oferece experiências especiais para detentores de fan token na apresentação de Philippe Coutinho

Vasco oferece experiências especiais para detentores de fan token na apresentação de Philippe Coutinho

Coutinho será apresentado em São Januário neste sábado em evento exclusivo
Imagem da matéria: BitMEX se declara culpada de violar lei de sigilo bancário nos EUA

BitMEX se declara culpada de violar lei de sigilo bancário nos EUA

O Departamento de Justiça dos EUA disse que a BitMEX se envolveu em “evasão intencional” das leis combate à lavagem de dinheiro
Ilustração de um hacker de Ethereum

Plataforma DeFi do Ethereum recupera R$ 42 milhões após atender exigências de hacker

Uma exploração que ocorreu na rede de segunda camada do Ethereum, Scroll, fez com que milhões fossem drenados da Rho Markets
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e não se abala após Mt. Gox enviar US$ 3 bilhões para corretora

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e não se abala após Mt. Gox enviar US$ 3 bilhões para corretora

A recuperação do Bitcoin ocorre após um período de incertezas que dominou os investidores no início de julho