Imagem da matéria: Gigante da tecnologia proíbe uso do ChatGPT para evitar vazamentos
ChatGPT passa a fazer buscas na internet (Foto: Shutterstock)

Na terça-feira (2), a gigante global de tecnologia Samsung disse aos funcionários que o uso do ChatGPT nos sistemas da empresa não é mais permitido.

Em um memorando enviado aos trabalhadores, a Bloomberg detalhou que a Samsung proibiu o uso do popular chatbot devido à preocupações de que os funcionários estivessem alimentando o ChatGPT com informações corporativas confidenciais. A Samsung diz em seu aviso que os dados enviados para plataformas de AI como ChatGPT, Google Bard e Bing são armazenados em servidores externos, podem ser difíceis de recuperar ou excluir e podem ser divulgados a outras pessoas.

Publicidade

“Pedimos que sigam diligentemente as nossas diretrizes de segurança, caso contrário, isso pode resultar em uma violação ou comprometimento das informações da empresa, resultando também em medidas disciplinares ou até mesmo demissão”, disse a Samsung.

Como muitas empresas de tecnologia, a Samsung protege muito sua propriedade intelectual, incluindo projetos de hardware e software e roadmaps de lançamento de produtos. Embora não esteja claro se as informações específicas da empresa poderiam ser recuperadas dos grandes modelos de linguagem usados pelas ferramentas de AI generativa, mesmo as informações abstratas poderiam ser exploradas pelos concorrentes.

A gigante sul-coreana junta-se a uma lista crescente de empresas, incluindo Amazon, JP Morgan Chase, Goldman Sachs e Verizon, que limitaram ou proibiram os funcionários de usarem ferramentas de AI de terceiros nos computadores e dispositivos móveis da empresa.

Mas enquanto a Samsung está freando o uso de AI de terceiros, a empresa está avançando com seus planos de integração de inteligência artificial em seus semicondutores.

Publicidade

O ChatGPT da OpenAI tomou a internet de assalto após o lançamento do GPT-4 em março deste ano. Dias após o software chegar à web, um grupo de tecnólogos, pesquisadores e influenciadores proeminentes, incluindo Elon Musk, Steve Wozniak e Andrew Yang, pediram à OpenAI que apertasse o “botão de pausa” (como se houvesse um) para treinar a próxima versão do ChatGPT — sua ferramenta de inteligência artificial.

Depois que vários países expressaram preocupações com a privacidade do usuário, a OpenAI atualizou o ChatGPT incluindo a opção de não permitir que o chatbot armazene o histórico de conversas ou permita a utilização de dados do usuário no treinamento do programa.

A Samsung diz que está revendo as medidas de segurança para permitir a utilização segura das ferramentas de AI generativa para aumentar a produtividade dos funcionários, mas está temporariamente restringindo a utilização delas.

A Samsung ainda não respondeu aos pedidos de comentários do Decrypt.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: PF derruba quadrilha que enviou R$ 1,6 bilhão para exterior com uso de criptomoedas e doleiros

PF derruba quadrilha que enviou R$ 1,6 bilhão para exterior com uso de criptomoedas e doleiros

Estima-se que foram importados para o país mais de 500 mil telefones celulares pela organização criminosa nos últimos cinco anos
Imagem da matéria: Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Mais de US$ 1,4 bilhão foram investidos em fundos de criptomoedas nos últimos sete dias, o triplo da semana anterior
Imagem da matéria: Guilherme Haddad Nazar se torna vice-presidente da Binance na América Latina

Guilherme Haddad Nazar se torna vice-presidente da Binance na América Latina

Com mudança, Guilherme Nazar, sobrinho do ministro Fernando Haddad, passa a acumular a função de diretor geral da Binance no Brasil
Imagem da matéria: Cocriador da Samourai Wallet deve sair da prisão em breve e se declarar inocente

Cocriador da Samourai Wallet deve sair da prisão em breve e se declarar inocente

Defesa e promotoria debatem se réu pode esperar julgamento em Portugal onde morava ou se deve ficar em Nova York