codigo de computador em uma tela com um crânio representando um ataque hacker
Shutterstock

A LeetSwap, a principal DEX (exchange descentralizada) em volume de negociação e liquidez na rede Base – blockchain da Coinbase de segunda camada na rede Ethereum – pausou as negociações em sua plataforma nesta segunda-feira (1) devido a um possível ataque hacker em suas pools de liquidez.

A equipe da LeetSwap anunciou em um tweet que alguns de suas pools de liquidez “podem ter sido comprometidas” e as negociações permanecerão pausadas enquanto eles “investigam” o problema.

Publicidade

Em um tweet posterior, a equipe disse que eles estão tentando “encontrar uma maneira de recuperar a liquidez bloqueada.”

A plataforma LeetSwap permite que os usuários bloqueiem seus tokens de provedor de liquidez, essencialmente os tokens de recebimento para contribuir com liquidez para uma DEX, em troca de recompensas de token LEET.

Um usuário da LeetSwap relatou em seu Discord que sua liquidez bloqueada no pool Axelar Wrapped USDC (axlUSDC) e Ethereum (ETH) havia “desaparecido” durante a noite.

A equipe acrescentou que os saques de ativos que não estavam bloqueados nos pools estavam disponíveis, enquanto as negociações permaneciam pausadas.

De acordo com os dados da DeFiLlama, o LeetSwap teve US$ 41,2 milhões em depósitos na segunda-feira (31), conforme a febre das “memecoins” ganhou força na Base.

Publicidade

Uma “memecoin” é uma categoria de tokens de criptomoeda que não possui utilidade específica, mas ganha popularidade e valor principalmente devido à sua associação com um meme da internet, piada ou conteúdo viral.

A liquidez da moeda caiu drasticamente após um grande golpe de “rug pull” envolvendo os tokens BALD e a pausa nas negociações nesta manhã. Atualmente, a DEX possui depósitos no valor de US$ 7,17 milhões.

Um “rug pull” é um golpe de desenvolvedor em que uma entidade que criou um aplicativo ou token descentralizado repentinamente encerra ou desaparece, levando consigo os ativos dos investidores.

Frenesi de “memecoins” na Base

Em 13 de julho, a plataforma de segunda camada da Coinbase abriu a rede para desenvolvedores, o que foi seguido por uma enxurrada de lançamentos de “memecoins”.

Publicidade

Atualmente, existem 100 “memecoins” listadas no LeetSwap, de acordo com os dados do DEX Screener.

No domingo, o LeetSwap registrou um volume de negociação de US$ 200 milhões em “memecoins”, sendo que o token BALD representou mais da metade do interesse nas negociações.

O token “meme” possivelmente faz referência à careca do CEO da Coinbase, Brian Armstrong. O preço do token BALD disparou mais de 3000% no dia seguinte ao seu lançamento, em 30 de julho.

No entanto, em seu pico de capitalização de mercado, em torno de US$ 28,1 milhões, o desenvolvedor do token no LeetSwap retirou US$ 25,6 milhões em liquidez, fazendo com que o token caísse mais de 92% em questão de minutos.

Agora, detectives de blockchains suspeitam do envolvimento do infame fundador da FTX, Sam Bankman-Fried, no golpe de “rug pull” do token BALD.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Sydney Sweeney tem Twitter hackeado para divulgação de golpe cripto

Sydney Sweeney tem Twitter hackeado para divulgação de golpe cripto

Mais um dia, mais um hack de celebridade: a atriz Sydney Sweeney teve sua conta no X invadida (novamente!) para promover um golpe de pump-and-dump
Imagem da matéria: SEC encerra investigação contra desenvolvedor Bitcoin Stacks sem punição

SEC encerra investigação contra desenvolvedor Bitcoin Stacks sem punição

Stacks, uma rede de escalonamento de Bitcoin, não é mais objeto de investigação da SEC depois que a agência não recomendou nenhuma ação de fiscalização
Imagem da matéria: Bittensor paralisa blockchain após suposto vazamento de chaves privadas de carteiras

Bittensor paralisa blockchain após suposto vazamento de chaves privadas de carteiras

US$ 8 milhões em tokens TAO já foram desviados por hackers
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED

Bitcoin pode um dia substituir o dólar americano, diz criador do Twitter

Em um sofisticado retiro na Toscana, Jack Dorsey compartilhou sua visão sobre a ascensão do Bitcoin à supremacia global