Imagem da matéria: Coinbase lista cinco novas criptomoedas e todas sobem mais de 20%
Foto: Shutterstock

A Coinbase, maior corretora de criptomoedas dos EUA, liberou na tarde desta terça-feira (25) a negociação de cinco novos tokens na sua plataforma: Cryptex Finance (CTX), Dia (DIA), Maple (MPL), Pluton (PLU) & Unifi Protocol DAO (UNFI).

Em um comunicado no Twitter, a empresa informou que a negociação das moedas estaria disponível a partir das 14h (de Brasília) de hoje com os pares USD, EUR, e Tether (USDT),  se as condições de liquidez forem atendidas.

Publicidade

A notícia da listagem teve um efeito direto no desempenho das criptomoedas ainda pouco conhecidas no mercado, e todas valorizam mais de 20% nesta terça.

Pluton 

Pluton (PLU) está em alta de 164% é o token do grupo que mostra o maior ganho nas últimas 24 horas, segundo o CoinGecko.

O bom desempenho levou o preço do PLU para US$ 17,72, sua melhor cotação em oito meses. Apesar do impulso de hoje, o ativo ainda metade do que seu recorde de preço de US$ 32, alcançado no seu lançamento quatro anos atrás. 

Pluton engloba um ecossistema de tokens emitidos para usuários na blockchain do Ethereum, nativos do aplicativo Plutus. Numa analogia, esses tokens são semelhantes ao cashback ou milhas de passageiro frequente que usuários recebem quando usam a plataforma. 

Publicidade

Cryptex Finance

Cryptex Finance (CTX) vem em segundo lugar com uma valorização de 48,5% nas últimas 24 horas, negociado atualmente por US$ 11,28. 

Assim como o PLU, a alta do CTX também não foi suficiente para ajudar a moeda a superar seu topo histórico de setembro de 2021, quando atingiu uma cotação de US$ 44.

O CTX é um token de governança do Cryptex, um projeto de finança descentralizada (DeFi). Os detentores de CTX podem votar em atualizações de protocolo e decisões sobre os futuros produtos desenvolvidos no ecossistema.

Maple 

Maple (MPL) é outra criptomoeda que viu seu preço disparar 38,4% após sua listagem na Coinbase. 

O MPL é negociado por volta de US$ 13,72 nesta terça, uma cotação ainda muito inferior à cotação recorde de US$ 42,80 que a moeda foi capaz de atingir em outubro do ano passado. 

Publicidade

Para voltar ao desempenho de três meses atrás, o MPL deve subir mais 68%.

Maple se define como um “mercado de crédito corporativo descentralizado”, e o token MPL permite que os detentores interfiram na governança do projeto, além de compartilhar as receitas de taxas e participar dos pools de liquidez. 

Dia e Unifi Protocol

Os outros dois tokens do grupo, Dia (DIA) e Unifi Protocol DAO (UNFI), também estão valorizando, com altas na casa dos 20%. 

Conforme DIA sobe 29%, valendo US$ 1,17 nesta tarde, o UNFI é negociado por US$ 5,75, valorizando cerca de 21% nas últimas 24 horas.

O Unifi Protocol DAO é um grupo de contratos inteligentes multi cadeias interoperáveis que visa fornecer as ferramentas para o desenvolvimento de produtos DeFi.

Já DIA é a sigla para Decentralized Information Asset, uma plataforma oracle de código aberto que permite que os atores do mercado obtenham, forneçam e compartilhem dados na blockchain.

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Dedo indicador apoia bolo de dinheiro em forma digital

LIFT Lab do BC retorna com edição focada em blockchain, tokenização e cripto

Desde 2018, projetos que chegaram na fase de aceleração do LIFT Lab receberam R$ 400 milhões da iniciativa privada para serem desenvolvidos
Imagem da matéria: Polygon vai substituir token MATIC por POL em setembro; entenda

Polygon vai substituir token MATIC por POL em setembro; entenda

POL permitirá que detentores se tornem validadores em cadeias baseadas na Polygon, enquanto MATIC será descontinuado
Imagem da matéria: PixelTap: aprenda a ganhar milhões de tokens no jogo do Telegram da Pixelverse

PixelTap: aprenda a ganhar milhões de tokens no jogo do Telegram da Pixelverse

O jogo PixelTap do Telegram permite que você lute contra robôs para ganhar moedas antes de um airdrop de token — e você pode ganhar muito mais com esse bônus fácil
Imagem da matéria: Entenda o que causou o apagão cibernético ao redor do mundo

Entenda o que causou o apagão cibernético ao redor do mundo

Problema em software da CrowdStrike afetou sistemas da Microsoft e derrubou computadores ao redor do mundo