binance celular trade gráfico
Shutterstock

O dinheiro sempre encontra um caminho. Desde que os clientes da Binance perderam o acesso fácil a saques e depósitos em reais, a corretora perdeu espaço nas negociações em Bitcoin e Ethereum no Brasil, conforme dados do Índice de Preço do Portal do Bitcoin e de pesquisas feitas em diversas exchanges.

A empresa de Changpeng “CZ” Zhao mantém a liderança isolada, mas os dados mostram que, desde da interrupção dos serviços bancários em 17 de junho até o dia 29, houve uma queda da participação no mercado de brasileiro de 57% para 41%.

Publicidade

No mesmo período, houve um aumento no volume negociado em outras corretoras do mercado. A Novadax foi a mais a que mais cresceu no período — de 5% para 13% do market share. Na sequência, vem Mercado Bitcoin (de 5% para 7%), Bitpreço (17% para 18%) e Foxbit (4% para 5%).

No segundo período analisado, houve uma queda geral nas negociações de criptomoedas em todas as corretoras, provocado pelo derretimento do mercado. Na primeira metade do mês, a negociação diária era de R$ 224 milhões por dia. Na segunda, foi de R$ 131 milhões — uma queda de 41%. Por comparação, a corretora americana Coinbase registrou uma queda de 33% nos mesmos dias.

Embora o estudo use os principais pares negociados do mercado (BTC/BRL e ETH/BRL), há uma limitação, pois existem muitos outros ativos listados e transacionados diariamente.

Ainda assim, o volume das duas maiores criptomoedas em transações com o real é uma pista significativa de uma mudança no mercado.

Publicidade

Comentários da Binance, Novadax e Mercado Bitcoin

A Binance divulgou algumas maneiras de fazer os saques em reais e um novo parceiro de pagamentos, a Latam Gateway. Contudo, o serviço ainda não foi normalizado.

Procurada, a corretora disse que não comentava variações do mercado e afirmou em nota: “A empresa destaca que o processo de integração com a Latam Gateway está em andamento e será concluído em breve, quando as transações (depósitos e saques) serão totalmente normalizadas, e que vai manter a comunidade informada”.

Em nota, o César Felix, o gerente de Customer Experience da NovaDAX, comentou que houve um crescimento considerável desde o dia 17: “Tivemos um aumento na base de clientes de 11%. Desde o início do ano, tivemos um aumento na volumetria em BTC em torno de 25% e em ETH em 15% e, a partir do dia 17, um aumento na volumetria em Bitcoin em torno de 4% e em Ethereum de 3%”.

Ele atribui os números, em parte, ao fato de corretora ter zerado as taxas de trades de Bitcoin.

Para Fabrício Tota, diretor do Mercado Bitcoin, ficar sem saques e depósitos em reais é algo que já está superado para os players locais. “O relacionamento entre bancos e exchanges hoje é muito melhor do que já foi no passado. Esse tipo de problema quase não existe mais. É natural, portanto, que os clientes tomem ciência e passem a procurar alternativas como o Mercado Bitcoin”.

Publicidade

A Foxbit e a Bitpreço também foram procuradas mas não se manifestaram até a publicação desta reportagem.

Entenda o caso Binance

No dia 17 de junho, a Binance interrompeu os saques e depósitos em reais após romper o relacionamento com o Capitual, que prestava o serviço de processamento de pagamentos para a corretora dentro do Acesso, uma Instituição Pagamentos regulada pelo Banco Central.

As duas empresas têm versões conflitantes sobre o que de fato aconteceu. O que se sabe que é houve um pedido para a individualização das contas do Capitual dentro do Acesso. Na prática, isso significava que cada cliente da Binance teria que também criar uma conta no Acesso.

A Binance chegou a entrar com uma ação na Justiça contra a sua antiga fornecedora do serviço para que ela seguisse prestando o acesso bancário. Houve uma vitória inicial, mas ela foi derrubada em segunda Instância.

VOCÊ PODE GOSTAR
Tela de celular do Telegram

Telegram acaba de tornar mais fácil “farmar” jogos cripto como Hamster Kombat

Alternando entre Hamster Kombat, Yescoin, PixelTap, Catizen e outros jogos do Telegram? Trocar agora é muito mais simples
Imagem da matéria: Andrew Tate diz que não suporta a cultura cripto - mesmo lucrando com ela

Andrew Tate diz que não suporta a cultura cripto – mesmo lucrando com ela

O polêmico provocador das redes sociais diz que, agora que provou que pode usar criptomoedas, ele vai “consertá-las”
Imagem da matéria: Robinhood planeja lançar contratos futuros de criptomoedas, diz Bloomberg

Robinhood planeja lançar contratos futuros de criptomoedas, diz Bloomberg

Produtos seriam lançados para mercado dos Estados Unidos e Europa em 2025 por meio das licenças da Bitstamp, comprada em junho
Imagem da matéria: Circle é a primeira emissora de stablecoins a obter licença do MiCA na Europa

Circle é a primeira emissora de stablecoins a obter licença do MiCA na Europa

A Circle se tornou a primeira emissora global de stablecoin a se tornar compatível com o MiCA