Imagem da matéria: Empresa de Jack Dorsey vai investir 10% do seu lucro em Bitcoin todo mês
Jack Dorsey, criador do Twitter (Foto: Shutterstock)

A Block, empresa fundada por Jack Dorsey, o conhecido cofundador do Twitter, superou as expectativas dos analistas ao registrar um lucro líquido de US$ 472 milhões no primeiro trimestre deste ano, e na esteira do balanço anunciou na quinta-feira (2) que passará a comprar mais bitcoins e que irá abrir o código-fonte de seu plano de tesouraria para que outras empresas possam seguir seu exemplo.

A Block, anteriormente conhecida como Square, disse que investirá 10% de seu lucro bruto de produtos Bitcoin em compras de BTC todos os meses. A empresa também disse que seu investimento original em Bitcoin de US$ 220 milhões cresceu aproximadamente 160%, para US$ 573 milhões.

Publicidade

“Acreditamos que o mundo precisa de um protocolo aberto para dinheiro, que não seja de propriedade ou controlado por nenhuma entidade única. Acreditamos que o Bitcoin é o melhor e único candidato para ser esse protocolo e, em última análise, se tornar a moeda nativa da Internet”, escreveu Dorsey em carta aos acionistas.

Segundo o balanço da empresa, o lucro ajustado por ação ficou em US$ 0,85, enquanto a expectativa do mercado era de lucro de US$ 0,13, segundo o site The Block. Já a receita fechou o trimestre em US$ 5,97 bilhões, contra projeção de US$ 5,82 bilhões. O lucro bruto, por sua vez, cresceu 22% em relação ao mesmo período de 2023, para US$ 2,09 bilhões.

Como reflexo do resultado, as ações da companhia sobem forte na Bolsa de Nova York, com ganhos de cerca de 4% no fim da manhã desta sexta, cotadas a US$ 73,11, depois de abrirem com ganhos de mais de 6% no pregão de hoje.

Apesar do bom desempenho desta sexta, os papéis da empresa de Dorsey ainda acumulam queda de 5,5% em 2024, sendo o maior impacto registrado exatamente nos últimos 30 dias, com os ativos perdendo 5,2% de valor no período.

Publicidade

Entre os dados do balanço, destaque para a unidade Cash App da empresa, que registrou um crescimento de lucro bruto de 25% ano a ano no primeiro trimestre, impulsionado principalmente por entradas por ativo e taxa de monetização, com forte desempenho dos segmentos Cash App Card, plataforma BNPL, produtos Bitcoin e Cash App Borrow.

O valor total da venda de bitcoin aos clientes, que é chamado de receita de bitcoin no resultado, foi de US$ 2,73 bilhões, com um lucro bruto de US$ 80 milhões no primeiro trimestre.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ex-diretor da FTX deve pegar até 7 anos de prisão, pedem promotores dos EUA

Ex-diretor da FTX deve pegar até 7 anos de prisão, pedem promotores dos EUA

Ryan Salame foi um dos executivos da FTX que coordenaram a doação de milhões para campanhas políticas usando dinheiro dos clientes
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15
Ilustração de uma lâmpada flamejando B de bitcoin

MB lança Fist, primeiro token de Renda Variável Digital no setor de energia elétrica

O investimento, disponível pela primeira vez para pessoa física, possui validade de 30 anos, com dividendos que variam de 0,9% a 1,2% ao mês
Logo da ftx, dólares e bitcoin

Analistas preveem alta no mercado cripto com ressarcimento bilionário a clientes da FTX

A FTX deve cerca de US$ 11 bilhões a credores, mas a massa falida conseguiu levantar mais de US$ 14 bilhões