Imagem da matéria: Professor de criptografia elogia Satoshi Nakamoto por criação do Bitcoin: "Totalmente robusto"
Estátua do misterioso fundador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto, instalada em Budapest, na Hungria (Foto: Shutterstock)

Bill Buchanan, um reconhecido professor de criptografia aplicada na Universidade Napier de Edimburgo, na Escócia, lançou uma série de elogios às inovações de Satoshi Nakamoto, o misterioso criador do Bitcoin.

Para o profissional premiado que estuda o campo da computação e criptografia há 37 anos, as tecnologias que Nakamoto trouxe à vida representam “um dos maiores avanços na história da ciência da computação”.

Publicidade

“Em 3 de janeiro de 2009, Satoshi colocou a máquina em movimento e criou um novo mundo digital — e um que era matematicamente sólido. No geral, poucas coisas em cibersegurança poderiam funcionar por mais de 14 anos sem apresentar algum tipo de falha. Por isso, Satoshi superdimensionou tudo no design”, escreveu o professor no LinkedIn nesta segunda-feira (10), em uma publicação que já tem mais de 800 curtidas.

Embora nunca tenha comprado um bitcoin sequer e alegue pouco se importar com a discussão sobre se as criptomoedas são boas ou ruins para a sociedade — “isso é algo para a nossa sociedade, governos e mercados decidirem”, diz ele — o que mais deixa o professor admirado é a “incrível máquina criptográfica” que Satoshi criou.

A pessoa – ou grupo de pessoas – por trás do pseudônimo Satoshi Nakamoto, era “altamente técnica e possuía conhecimento em criptografia e pesquisa de cibersegurança”, diz Buchanan.

Como resultado dessa sabedoria, esse indivíduo foi capaz de criar componentes robustos para o Bitcoin que até o momento foram capazes de proteger o protocolo contra qualquer tipo de ataque. 

Publicidade

“A construção criptográfica [do Bitcoin] mostrou ser totalmente robusta. No momento, é uma máquina que tem funcionado por cerca de 14 anos sem grandes falhas”, explicou o professor, acrescentando, no entanto, que computadores quânticos “podem mudar isso” no futuro. 

Outro crítica mencionada pelo professor é o método de prova de trabalho (proof-of-work) usado pelo Bitcoin. Para ele, esse algoritmo de consenso é um “ponto fraco significativo”, principalmente devido ao desperdício de energia que envolve a atividade de mineração, necessária para processar transações e garantir a segurança da rede.

A beleza criptográfica do Bitcoin

A carta do professor mostra que, ao colocar os componentes dos dois lados da balança, o Bitcoin, como tecnologia, tem mais pontos positivos do que negativos.

Para Buchanan, é “simplesmente genial” como Satoshi Nakamoto foi capaz de criar um sistema de pagamentos do zero, sem usar as infraestruturas já existentes na época de banco de dados e certificados digitais. “Apenas criptografia pura, matemática de curva elíptica e funções hash digitais em toda a sua beleza!”, elogiou.

Publicidade

“Satoshi sonhou, projetou e implementou, e então recuou para observar a máquina em movimento — e não buscou nenhum crédito adicional por isso. No geral, o Bitcoin está longe de ser perfeito, mas rompeu o molde e começou a reconstrução da cibersegurança e confiança — da maneira como deveria ter sido criado.”

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de mão segurando smartphone com logotipo da Toncoin

Toncoin (TON) bate recorde de preço e supera Cardano como 10ª cripto mais valiosa

O Toncoin (TON) da Open Network disparou nas últimas semanas e expulsou a Cardano do top 10 das criptomoedas
Imagem da matéria: O que reguladores e exchanges estão fazendo para melhorar a confiança no mercado cripto

O que reguladores e exchanges estão fazendo para melhorar a confiança no mercado cripto

Entre propostas como segregação patrimonial e prova de reservas, exchanges prometem segurança de diferentes formas enquanto o mercado aguarda a regulação
Uniswap, venture, criptomoedas, investimentos, web3

Manhã Cripto: Token da Uniswap despenca 17% após alerta de processo da SEC e Bitcoin recupera os US$ 70 mil

CEO da Uniswap, Hayden Adams, disse não estar surpreso, “apenas irritado, desapontado e pronto para lutar”
Imagem da matéria: Investidores de Solana perdem R$ 2,3 milhões após bot de Telegram ser invadido

Investidores de Solana perdem R$ 2,3 milhões após bot de Telegram ser invadido

O Solareum está encerrando suas atividades depois de sofrer uma aparente invasão que drenou carteiras de 300 usuários