smartphone mostra logotipo da corretora de criptomoedas Crypto.com
Shutterstock

A exchange global de criptomoedas Crypto.com vai adiar o lançamento de sua unidade na Coreia do Sul que estava agendada para o fim deste mês de abril. O motivo do adiamento está ligado à visita inesperada dos reguladores locais à nova sede da empresa.

“Vamos adiar nosso lançamento e aproveitar esta oportunidade para garantir que os reguladores coreanos entendam nossas políticas, procedimentos, sistemas e controles completos”, disse um porta-voz da Crypto.com ao The Block.

Publicidade

“A Coreia é um mercado difícil para as exchanges internacionais entrarem, mas estamos empenhados em trabalhar com os reguladores para fazer avançar a indústria de forma responsável para os coreanos”, acrescentou.

Segundo publicação do site Segye, nesta terça-feira (23), a nova sede da Crypto.com foi alvo de agentes da Unidade de Inteligência Financeira (FIU), órgão da Comissão de Serviços Financeiros, que deram início a uma inspeção para tentar identificar se há atividades de lavagem de dinheiro na empresa.

“Encontramos preocupações em relação à prevenção da lavagem de dinheiro nos dados apresentados”, disse, segundo site, um funcionário da FIU.

Conforme descreve a reportagem, o novo escritório da Crypto.com teria sido formado depois da compra da exchange local OKBit, realizada em junho de 2022.

Publicidade

Após a aquisição, a empresa obteve uma licença para atuar com ativos virtuais até o final de 2024 e então agendou para abril o lançamento do aplicativo de negociação de criptomoedas.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
Imagem da matéria: Grayscale desiste de lançar um ETF de futuros de Ethereum nos EUA

Grayscale desiste de lançar um ETF de futuros de Ethereum nos EUA

A gestora parece ter recuado da estratégia de levar a SEC aos tribunais para forçar a eventual aprovação de um ETF de Ethereum à vista
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Bitcoin é uma “forma de arte” e uma moeda de desconfiança, diz filósofo Yuval Noah Harari

O filósofo, no entanto, mostrou desconfiar se realmente o Bitcoin será o futuro do dinheiro como algumas pessoas defendem