Gary Gensler SEC in GOP Financial Services-Reprodução-Youtube
Gary Gensler em debate sobre criptomoedas com parlamentares dos EUA (Reprodução/YouTube)

O presidente da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), Gary Gensler, voltou a criticar o setor de criptomoedas nesta terça-feira (12) durante uma audiência no Senado americano. O regulador, no entanto, se recusou a dar qualquer dica sobre o andamento de uma longa lista de pedidos de fundos negociados em bolsa (ETF) spot (à vista) de Bitcoin, atualmente sob sua revisão.

Referindo-se à decisão bombástica de um juiz federal no mês passado de ficar do lado da Grayscale em vez da SEC, o senador Bill Hagerty (Republicano/Tennessee) perguntou a Gensler o que o órgão precisa ver em um pedido para aprovar um ETF de Bitcoin à vista. 

Publicidade

Gensler então disse ao Comitê Bancário do Senado que a SEC “ainda estava revisando essa decisão” e acrescentou: “Temos vários registros de produtos negociados em bolsa com Bitcoin, então não é apenas aquele que você mencionou, mas são vários outros que estamos revendo. Estou ansioso pelas recomendações da equipe”.

No fim do mês passado, um juiz decidiu que a negação da SEC ao pedido de ETF Bitcoin à vista da Grayscale deve ser revisada, apoiando a gestora em seu processo contra o regulador. 

Um ETF Bitcoin à vista é o tema mais quente no mundo das criptomoedas no momento; a SEC negou durante anos pedidos para o produto, o que permitiria aos investidores obter exposição ao Bitcoin sem precisar deter o ativo. 

E os investidores estão ávidos por um produto — incluindo instituições — porque isso lhes daria exposição direta ao setor cripto de uma forma mais fácil e segura.

Publicidade

Também nesta terça, a gestora de ativos Franklin Templeton se tornou o mais recente gigante de Wall Street a entrar na corrida do ETF Bitcoin ao registrar um pedido na SEC para seu produto chamado “ETF Franklin Bitcoin”.

Outros grandes nomes que esperam obter a aprovação de produtos nesta modalidade incluem a BlackRock, a maior gestora de fundos do mundo, e a Fidelity, gigante de investimentos de Boston.

“Velho Oeste” das criptomoedas

Durante a audiência, Gensler reiterou algumas de suas falas, que achava que a indústria cripto era um Velho Oeste no sentido de conformidades. “É um campo repleto de fraudes, abusos e má conduta”, disse ele aos legisladores.

Alguns legisladores criticaram Gensler por não ser suficientemente claro sobre o que deseja das empresas de criptomoedas e, por sua vez, sufocar a inovação. 

Publicidade

Sob sua supervisão, o principal regulador reprimiu duramente a indústria de ativos digitais, atingindo grandes corretoras de criptomoedas como Coinbase, Binance, Kraken e outras empresas com ações judiciais.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Confira 3 criptomoedas que podem disparar com o halving do Bitcoin

Confira 3 criptomoedas que podem disparar com o halving do Bitcoin

O halving pode atrair a atenção dos investidores para projetos alternativos criados no ecossistema do Bitcoin
Imagem da matéria: Conheça o dispositivo que pode guardar Bitcoin, jogar e ganhar airdrops enquanto você dorme

Conheça o dispositivo que pode guardar Bitcoin, jogar e ganhar airdrops enquanto você dorme

O BitBoy One, semelhante ao Game Boy, é um dispositivo portátil para permite jogar e armazenar Bitcoin
Moedas do Bitcoin Cash (BCH) ao lado de um celular com o logo do projeto

Preço do Bitcoin Cash sobe 11% depois de turbulência pós-halving

Antes do halving do Bitcoin Cash, o preço do BCH subiu para seu nível mais alto desde novembro de 2021, quando atingiu o pico de US$ 718,62
Imagem da matéria: Criador do Ethereum quer que memecoins ofereçam mais do que apenas especulação

Criador do Ethereum quer que memecoins ofereçam mais do que apenas especulação

Vitalik Buterin criticou uma onda recente de memecoins abertamente racistas em blockchains como Solana