Imagem da matéria: Paul Krugman, Schiff e Roubini: a festa dos críticos do Bitcoin no Twitter
Foto: Shutterstock

A queda de preço do Bitcoin deu munição para os críticos da criptomoeda. Pseudo-ativo financeiro, moeda especulativa que leva à morte e joguinho de videogame que vale dinheiro foram algumas das expressões usadas para definir a moeda ao longo desta quarta-feira (19).

Paul Krugman, economista americano vencedor do Nobel de Economia de 2008, disse em seu perfil no Twitter que o BTC não é um meio de troca conveniente, reserva estável ou uma unidade de conta, além de não ter nada de inovador.

Publicidade

O economista também falou que o valor do Bitcoin repousa apenas na percepção de que é uma forma tecnologicamente sofisticada. Afirmou ainda acreditar em um fim próximo para o ativo digital.

O economista americano Nouriel Roubini, famoso por zombar do BTC, disse em seu perfil no Twitter que investidores institucionais deveriam ser demitidos por alocar recursos na moeda.

“Bitcoin cai mais de 40% desde seu pico em menos de um mês. Que investidores institucionais são imprudentes o suficiente para investir em um pseudo-ativo tão arriscado e volátil, sem valor intrínseco? Eles deveriam ser demitidos na hora, caso empreendessem uma aposta especulativa tão imprudente!”, escreveu.

O empresário americano Peter Schiff, que há alguns anos diz que o BTC é bolha, escreveu também na rede social que por causa da queda de hoje chegou à conclusão de que a criptomoeda realmente não tem segurança alguma.

Publicidade

“Hoje devemos finalmente encerrar o debate. Bitcoin não é um porto seguro, hedge de inflação ou reserva de ativo de valor semelhante ao ouro. É um token digital altamente especulativo que negocia com outros ativos de alto risco. É por isso que hoje está afundando com ações e não subindo com ouro“.


Shiff também usou sua conta no Twitter para criticar Michael Saylor, CEO da gestora Microstrategy, que investiu cerca de US$ 2,21 bilhões em BTC desde agosto de 2020.

“Existem baleias de Bitcoin, mas no caso de Michael Saylor, o Bitcoin é a baleia, a MicroStrategy é o Pequod, e ele é o Capitão Ahab (ambos personagens do livro Moby Dick). Sua obsessão com o Bitcoin não será apenas sua morte, mas matará todos a bordo da MSTR (MicroStrategy). Os acionistas devem escolher entre motim ou abandonar o navio”.

Piada e videogame

Nassim Taleb, famoso investidor que falou no mês passado que o BTC falhou como moeda e virou um ponzi especulativo, disse hoje no Twitter para as pessoas serem gentis com investidores da criptomoeda.

Publicidade

“Não faça piadas com pessoas quando elas estiverem caídas. Seja útil. Se você tiver amigos estupidamente alavancados ou superexpostos ao BTC, explique a eles o valor dos stop loss como modo de sobrevivência, praticado por todos os traders sobreviventes. Eles usar isso em outro momento mais tarde”.

No Brasil, profissionais do mercado financeiro também criticaram o ativo digital. Claudio de Lucca, agente autônomo de Investimentos da XP Investimentos, escreveu que o Bitcoin não é moda.

Já Luiz Fernando Alves Jr., sócio e gestor da Versa, falou que a criptomoeda não é investimento e não passa de um jogo de videogame.

VOCÊ PODE GOSTAR
logo do bitcoin em cima de livro

Goiânia recebe lançamento do livro “101 Perguntas Sobre Bitcoin”

A obra da Editora Portal do Bitcoin escrita pelo engenheiro Breno Brito serve como um guia para compreensão da criptomoeda mais popular do mundo; veja como participar
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Trump se apresenta como ‘criptopresidente’ em evento de arrecadação de fundos

O candidato presidencial republicano dobrou sua postura pró-cripto durante evento em São Francisco, EUA
Fachada da Comisión Nacional de Valores Argentina (CNV

Argentina recebe pedido de registro de 35 exchanges de criptomoedas; saiba quais são

Quem não se cadastrou na Comissão Nacional de Valores Mobiliários até a última terça-feira (3) não poderá operar com criptomoedas no país
Imagem da matéria: Redes de segunda camada Ethereum estão arrecadando milhões – com a Base na liderança

Redes de segunda camada Ethereum estão arrecadando milhões – com a Base na liderança

A Base, da Coinbase, acumulou mais de US$ 6 milhões em lucros on-chain em maio no ecossistema de segunda camada Ethereum, com a Blast bem atrás em segundo