Imagem da matéria: Intel pode apresentar chip para mineração de bitcoin em fevereiro
Foto: Shutterstock

A Intel, fabricantes renomada de processadores de computador, pode estar prestes a entrar no mercado de máquinas de mineração de bitcoin.

O portal Tom’s Hardware informa em reportagem publicada nesta terça-feira (18) que o anúncio deve ser feito entre os dias 20 e 28 de fevereiro durante a edição de 2022 da Feira Internacional de Circuitos Sólidos.

Publicidade

A empresa se inscreveu na categoria “Highlighted Chip Releases” para apresentar um processador chamado “Bonanza Mine”.

Vale ressaltar que em no dia 29 de dezembro, menos de um mês atrás, o executivo da Intel, Raja Koduri, disse em uma live que a empresa está se preparando para entrar no mercado de máquinas para mineração de criptomoedas.

“Ser capaz fazer validações em blockchain de forma muito mais eficiente a um custo muito menor, com muito menos perda de energia, é um problema bastante resolvível. Estamos trabalhando nisso, e em algum momento, espero que não muito distante, nós iremos divulgar alguns hardwares interessantes para isso”, disse Koduri.

Atualmente o mercado de rigs (como são chamadas as instalações para minerar bitcoin) é dominado por Bitmain e MicroBT. Ambas produzem as ASICs, maquinário focado em empenhar toda a força de cálculo para a solução dos problemas matemáticos que a validação de blocos exige.

No passado, a Intel já disse que não tinha interesse que seus atuais processadores fossem utilizados para isso. A empresa ressaltou que não faria nada para impedir o uso nesse contexto, mas ressaltou que seus produtos foram feitos para serem usados com games, edição de vídeos, fotos, filmes e outros contextos do uso pessoal e profissional.

Publicidade

As ASICs, por terem apenas um objetivo, são criadas de uma forma que sejam capazes apenas de minerar bitcoin. Assim podem focar toda a força computacional na solução das questões de criptografia que a mineração apresenta.

A fala de Koduri sobre blockchain começa aos 28 minutos:

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: "Buy Bitcoin": 7 anos atrás, estagiário dizia para o mundo comprar Bitcoin no Congresso dos EUA

“Buy Bitcoin”: 7 anos atrás, estagiário dizia para o mundo comprar Bitcoin no Congresso dos EUA

Quem seguiu o conselho tomou uma sábia decisão: o Bitcoin valorizou 2.321% desde então, indo de US$ 2.387 para US$ 57.801
Imagem da matéria: Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Fundos de Bitcoin registram 5ª maior captação semanal da história

Mais de US$ 1,4 bilhão foram investidos em fundos de criptomoedas nos últimos sete dias, o triplo da semana anterior
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Trump quase baniu o Bitcoin em 2020, mas uma pessoa o impediu

“Trump não acredita em nada além de si mesmo”, disse o executivo da Block Inc., Mike Brock
CEO da Messari Ryan Selkis

CEO da Messari renuncia após apoio extremista a Trump gerar reações negativas

Ryan Selkis disse a um usuário não americano do Crypto Twitter que ele deveria ser deportado do país por suas “visões esquerdistas”