Imagem da matéria: Ex-programador da Microsoft é preso por esquema de US$ 10 milhões com bitcoin
Foto: Shutterstock

Um ex-programador da Microsoft foi condenado a nove anos de prisão por um Tribunal Distrital de Seattle, nos EUA, depois de arquitetar um esquema complexo, envolvendo Bitcoin, para roubar seu empregador em US$ 10 milhões. O caso é o primeiro desse tipo nos Estados Unidos, de acordo com um comunicado à imprensa do Departamento de Justiça divulgado na segunda-feira (09).

O tribunal ouviu que o cidadão ucraniano Volodymyr Kvashuk, 26, usou o acesso de seu funcionário para roubar fundos de vales-presente digitais enquanto trabalhava na Microsoft em 2016. Ele então revendeu o valor online e usou o dinheiro para comprar uma casa de US$ 1,6 milhão, um carro Tesla , e outros luxos.

Publicidade

Kvashuk usou um serviço de mistura (mix) de Bitcoins para mascarar a origem dos fundos que entram em sua conta bancária e usou contas de teste de colegas para roubar ainda mais bitcoins, de acordo com a justiça.

Em fevereiro, um júri o condenou por lavagem de dinheiro, fraude eletrônica, roubo de identidade, fraude de dispositivo de acesso e acesso a um computador protegido para promover a fraude. Ele também foi considerado culpado de apresentar declarações de impostos falsas.

“Os atos criminosos de roubo da Microsoft por Kvashuk e subsequente apresentação de declarações fiscais falsas é o primeiro caso de Bitcoin do país que tem um componente fiscal”, disse o agente especial da Receita Federal Americana, Ryan Korner. “Simplificando, a sentença de hoje prova que você não pode roubar dinheiro pela Internet e achar que o Bitcoin vai esconder seus comportamentos criminosos.

Kvashuk foi condenado a pagar US$ 8.344.586 em restituição e pode ser deportado após sua pena de prisão.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: 5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

Apesar da recente queda do mercado de criptomoedas, vários catalisadores oferecem uma oportunidade para os investidores de longo prazo que buscam um alívio
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Trump quase baniu o Bitcoin em 2020, mas uma pessoa o impediu

“Trump não acredita em nada além de si mesmo”, disse o executivo da Block Inc., Mike Brock
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Manhã Cripto: ETFs de Bitcoin chegam ao 9º dia consecutivo de entradas

Os ETFs de Bitcoin negociados nos EUA já captaram US$ 1,9 bilhão nos últimos nove dias
bitcoin

Manhã Cripto: Bitcoin recua 2,2% apesar da queda da inflação nos EUA

Embora os dados macroeconômicos atuais sejam positivos, o Bitcoin ainda busca estabilidade em meio às preocupações pontuais dos investidores