Tela de celular mostra logo da Comissão de Valores Mobiliários do Brasil CVM
Shutterstock

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) condenou na terça-feira (5) a empresa de investimentos HSFX Trader, e seu representante, Humberto Alexandre de Figueiredo, a pagarem multas que somam R$ 637,5 mil. A plataforma de forex e criptomoedas prometia lucros de 5% ao mês com m suposto robô trader.

A condenação ocorreu no Processo Administrativo Sancionador CVM Nº 19957.007254/2021-11, baseada em uma denúncia de março de 2021. A Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários (SMI) da CVM instaurou então o processo para apurar a responsabilidade dos acusados.

Publicidade

De acordo com as três peças do processo, foram apurados se as partes realizaram oferta pública de derivativos sem integrarem o sistema de distribuição de valores mobiliários; oferta de serviços de intermediação de valores mobiliários sem autorização da CVM.

Acerca do primeiro e segundo caso, no julgamento, o Colegiado da CVM decidiu, por unanimidade, pelas seguintes condenações, respectivamente: multa de R$ 425 mil à HSFX Trader e multa de R$ 212,5 mil ao representante do negócio.

No terceiro caso, o Colegiado absolveu as partes, ou seja, não atuam como administradores de carteiras de valores mobiliários sem autorização da CVM — a administração de carteiras de valores mobiliários é atividade privativa de pessoa autorizada pela CVM.

Em seu voto, o Diretor e Relator Daniel Maeda propôs, ainda, “que o resultado deste julgamento seja comunicado ao Ministério Público Federal no Estado do Rio de Janeiro, nos termos da Lei Complementar no 105/2001, em complemento ao Ofício nº 101/2021/CVM/SGE28, para as providências que entender cabíveis no âmbito de sua competência”.

Publicidade

Contrato com criptomoedas

Ao analisar o contrato da HSFX oferecido a investidores, a CVM diz que “a primeira cláusula informa que a contratada decidiria as operações a realizar, indicando a possibilidade de atuação com criptomoedas e ‘no mercado Forex e BM&F’”.

Na terceira cláusula, descreve a CVM, é definido a rentabilidade que o contratante receberia: 5% ao mês, líquidos de corretagem. Nela é definido também “que o investimento estaria sob o gerenciamento de risco de 10% a 15% do valor total investido”.

O contrato também prevê que o contratante poderia solicitar resgate do seu capital apenas após 24 meses e que a devolução seria de 90% do valor investido.

Stop order da CVM

Na ocasião do stop order da CVM, o Portal do Bitcoin apurou que no site da HSFX Investimentos havia ofertas de “serviço de sinais”, “robô”, “repetidor” e cursos. “Os nossos clientes podem escolher negociar em forex, CFDs nos índices de ações, mercadorias, ações, metais e energia”, dizia um trecho da página. A empresa também possui material explicativo sobre as tecnologias blockchain e Bitcoin.

Publicidade

Sobre o robô, o site o descreveu na época que ele atuava com “linhas de programação criadas para seguir ordens, interpretar uma série de regras e executar ações’”, acrescentando que o investidor, ao contratar esse tipo de serviço, só precisava “colocar o dinheiro, definir as regras e esperar as aplicações serem feitas automaticamente, sem supervisão”.

VOCÊ PODE GOSTAR
simbolo do dólar emergindo de placa de computador

Mercado Bitcoin lista duas novas stablecoins da startup Aryze

Ambas as moedas, devido à paridade com o dólar americano e à libra esterlina, representam estabilidade e diversificação na carteira dos investidores
Imagem da matéria: Investidor transforma R$ 20 mil em R$ 178 milhões ao segurar Bitcoin por 12 anos

Investidor transforma R$ 20 mil em R$ 178 milhões ao segurar Bitcoin por 12 anos

Quando o investidor adquiriu 500 BTC em julho de 2012, a quantia valia R$ 20 mil; hoje, ultrapassa R$ 178 milhões
Arte digital mostra mãos operando um celular que projeta moedas

O que é restaking? Tendência polêmica do Ethereum agora é mercado de US$ 8 bilhões 

Protocolos de restaking que permitem gerar nova liquidez com tokens já travados na rede são vistos como “risco sistêmico” por Vitalik Buterin, criador do Ethereum
moeda de bitcoin e ethereum com gráfico ao fundo

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) supera US$ 72 mil com halving cada vez mais próximo; ETH dispara 6%

É a primeira vez que o Bitcoin bate a marca de US$ 72 mil desde meados de março