Imagem da matéria: Coinbase lança “nanofuturos” de bitcoin em plataforma de derivativos
(Foto: Shutterstock)

Investidores do varejo poderão negociar títulos de futuros cripto na Coinbase a partir da próxima segunda-feira (27). A maior corretora de criptomoedas dos EUA em termos de volume negociado oferecerá os contratos em sua nova plataforma Derivatives Exchange.

A iniciativa acontece após a aquisição da FairX pela Coinbase em janeiro, como parte de seu objetivo de oferecer a negociação de futuros e opções cripto para seus clientes.

Publicidade

A FairX vendia produtos futuros e já era registrada na Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (ou CFTC, na sigla em inglês), dando à Coinbase um avanço no mercado de derivativos cripto.

Agora, a Coinbase renomeou a FairX como Coinbase Derivates Exchange e seus “nanofuturos de bitcoin” — um centésimo de um bitcoin (BTC), comercializado com o ticker BIT — é seu primeiro produto de derivativos cripto a ser lançado. “Este é um passo para criar um mercado de derivativos cripto robusto e regulamentado”, disse um porta-voz da Coinbase ao Decrypt.

Se os futuros BIT já estivessem disponíveis nesta sexta-feira (24), estariam precificados em US$ 213, pois o bitcoin está sendo negociado a US$ 21,3 mil neste momento.

Em um comunicado, Boris Ilyevsky, líder da Coinbase Derivatives Exchange, afirmou que a FairX integrou uma “equipe de primeira qualidade com bastante experiência em desenvolvimento de produto, estrutura de mercado, compliance, tecnologia de câmbio e líder de mercado e uma capacidade comprovada de apresentar futuros listados”.

Publicidade

Junto com a interface de fácil uso da Coinbase, a corretora de derivativos visa tornar a negociação de derivativos cripto muito mais acessível.

Aplicação futura

Futuros são um tipo de produto financeiro de derivativos, que definem uma data e um preço no futuro em que um ativo deve ser vendido, independente do verdadeiro preço de mercado naquele momento.

Quando a Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio (ou SEC) finalmente aprovou um fundo de índice (ou ETF) de bitcoin em outubro de 2021, só permitiu que ETF de futuros de bitcoin fossem negociados, e não um ETF “puramente” de bitcoin, ligado diretamente ao preço da criptomoeda.

Muitos traders preferem futuros, pois permitem a negociação contínua, o baixo investimento inicial “e a facilidade de estar coberto [posição de compra] ou descoberto [posição de venda]”, explicou Ilyevsky. “Nosso contrato de futuros BIT irá oferecer os mesmos benefícios, mas foi criado pensando no trader do varejo.”

Publicidade

A corretora adversária FTX está seguindo um caminho similar, tendo adquirido a LedgerX em agosto de 2021. A Binance também oferece produtos derivativos, mas deixou alguns mercados por conta de preocupações regulatórias.

É importante notar que futuros BIT ainda não serão diretamente oferecidos pela Coinbase, e sim por outras brokers do varejo e empresas de compensação. A partir do dia 27 de junho, os futuros BIT da Coinbase estarão disponíveis em empresas como EdgeClear, Ironbeam, NinjaTrader, Optimus Futures, Stage 5 e Tradovate.

A Coinbase não pode oferecer os futuros diretamente até obter aprovação regulatória para sua própria licença de comerciante de comissão de futuros (ou FCM).

Apesar de a capitalização total do mercado cripto ter diminuído drasticamente nas últimas semanas, Ilyevsky afirmou que uma maior acessibilidade e mais desenvolvimento de produto irão “desbloquear um crescimento significativo”.

“É mais importante do que nunca trazer os benefícios dos futuros a um mercado maior para que todos os tipos de traders possam acessar mercados regulados de derivativos cripto nos EUA para expressar suas opiniões ou proteger seus criptoativos”, explicou.

Publicidade

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Trump cobrará R$ 5 milhões de quem quiser dividir mesa com ele em evento de Bitcoin

Uma foto com Trump também custará caro aos participantes, indo de R$ 330 mil a R$ 550 mil
Imagem da matéria: Projeto irá ensinar blockchain e criptomoedas para povo indígena Paiter-Suruí

Projeto irá ensinar blockchain e criptomoedas para povo indígena Paiter-Suruí

Um projeto na Aldeia Gamir, na Floresta Amazônica, tem como objetivo promover a alfabetização digital de indígenas da etnia Paiter-Suruí
jogo hamster kombat em tela de celular

Hamster Kombat (HMSTR) já está no pré-mercado; veja como negociar

Hamster Kombat já tem ordens de compra e venda fixadas no pré-mercado de grandes corretoras
Imagem da matéria: BitMEX se declara culpada de violar lei de sigilo bancário nos EUA

BitMEX se declara culpada de violar lei de sigilo bancário nos EUA

O Departamento de Justiça dos EUA disse que a BitMEX se envolveu em “evasão intencional” das leis combate à lavagem de dinheiro