Em meio a todo o debate no setor cripto sobre “o metaverso”, o CEO da corretora de criptomoedas Kraken prevê uma multiplicidade de metaversos.

“Não acredito que haverá um único metaverso”, disse Jesse Powell em participação ao evento “Crypto Goes Mainstream”, realizado pelo Decrypt e Yahoo Finance nessa terça-feira (9).

Publicidade

Powell acrescentou que jogos e plataformas, como World of Warcraft, Axie Infinity e o próprio Facebook podem ser considerados como metaversos distintos. “Não acredito que alguém terá um monopólio disso.”

No futuro, segundo Powell, plataformas de jogos no metaverso vão permitir que usuários migrem itens internos ao jogo, como “skins”, entre plataformas. “Acredito que isso valerá para o Facebook e outros tipos de plataformas próprias”, explicou.

“Irão fornecer suporte a esses ativos em blockchain e alguma representação deles em seu mundo e todos terão papéis diferentes.”

O que é o metaverso?

O metaverso é um universo contínuo e virtual onde usuários interagem entre si como avatares em locais compartilhados para jogar, socializar e trabalhar.

Publicidade

Recentemente, diversas empresas, incluindo Facebook, Nike e Microsoft, anunciaram iniciativas relacionadas ao metaverso, fazendo com que o Facebook fosse ainda mais além e mudasse seu nome para Meta.

“Acredito que estamos basicamente deixando de focar no Facebook para focar no metaverso”, afirmou o CEO Mark Zuckerberg após o anúncio.

Ativos desenvolvidos em blockchain, como tokens não fungíveis (ou NFTs, na sigla em inglês), serão o alicerce do metaverso, permitindo que usuários tenham governança de propriedade digital, como arte, música e itens internos do metaverso.

O metaverso, de acordo com Powell, será “fragmentado e meio federado pelo blockchain”. Ele acrescentou que “você terá esses ativos comuns que existem no blockchain e você pode migrar entre ‘metaversos’”.

Publicidade

A aventura da Kraken pelos NFTs

Assim como as corretoras cripto Binance, Coinbase e FTX, a Kraken está planejando lançar sua própria plataforma de NFTs.

“Temos algo em andamento para os NFTs”, afirmou Powell.

“Estamos preparando algo que achamos que será muito incrível e (talvez) estará pronto até o fim deste ano ou no começo do próximo ano”. Powell acrescentou que por ter operado plataformas de e-commerce para bens virtuais, bem como uma galeria de arte, ele possui “certa experiência nesse setor”.

Powell acrescentou que se surpreendeu com a febre dos NFTs deste ano. “Realmente não esperávamos que bombasse da mesma forma que no ano passado”, disse ele, destacando o sucesso de “projetos dominantes”, como NBA Top Shot, CryptoPunks e Bored Ape Yacht Club.

NFTs, segundo ele, “capturaram a conscientização geral” graças a uma mudança geracional. Anatoly Yakovenko, criador do Solana, também disse algo bem parecido sobre NFTs no mesmo evento: esses ativos captam um “componente muito profundo e social das criptos”.

“Crianças que já cresceram nos últimos 20 anos estão bem familiarizados com essa ideia de uma reserva digital de valor, uma representação digital de valor, roupas virtuais, equipamentos virtuais para seu avatar virtual”, explicou Powell.

“Acredito que iremos todos competir pelo mesmo tipo de demografia, das pessoas que estão interessadas em NFTs e estão entrando para o setor pela primeira vez. Então, ainda acredito que é um jogo de ninguém.”

Publicidade

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Sinais mistos deixarão Bitcoin "instável" nos próximos meses, diz Coinbase

Sinais mistos deixarão Bitcoin “instável” nos próximos meses, diz Coinbase

O terceiro trimestre de 2024 começou com um “tom amargo” graças às vendas de Bitcoin da Alemanha e da Mt. Gox, diz a Coinbase Research
Imagem da matéria: Bitcoin dominou a Esfera de Las Vegas — mas onde está o Dogwifhat?

Bitcoin dominou a Esfera de Las Vegas — mas onde está o Dogwifhat?

O Dogwifhat arrecadou US$ 700 mil em março para aparecer na Esfera, mas o Bitcoin o superou graças à Crypto.com
Imagem da matéria: Homem tatua endereço de memecoin, mas deixa passar erro de digitação

Homem tatua endereço de memecoin, mas deixa passar erro de digitação

Um investidor da memecoin Gigachad decidiu tatuar o endereço do contrato, mas rapidamente percebeu que cometeu um erro
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se mantém em US$ 63 mil enquanto Mt. Gox move US$ 2,8 bilhões

Manhã Cripto: Bitcoin se mantém em US$ 63 mil enquanto Mt. Gox move US$ 2,8 bilhões

Especialistas estão confiantes na capacidade do mercado absorver qualquer pressão de venda que possa vir dos credores da Mt. Gox