Bitcoin supera US$ 9.600 após 30 dias e Ethereum dispara 10%

(Foto: Shutterstock)


O preço do bitcoin teve alta de US$ 250, saindo de US$ 9.390 e batendo US$ 9.640 às 19h20 desta quarta-feira (22). O Ethereum subiu de US$ 245 para US$ 269, um aumento de 9,7%, no mesmo período.

No Brasil, o preço do BTC operou em queda de 0,74% durante o dia, cotado a R$ 48.896,24 puxado pela forte queda do dólar, que fechou a R$ 5,12.

O Bitcoin tem lutado para ultrapassar os US$ 10.000 – patamar que atingiu antes da pandemia. Mas nos últimos dois meses, o preço tem se mantido surpreendentemente estável.

O BTC acumula alta de 35% em 2020, após virar o ano cotado a US$ 7.200. A máxima anual foi registrada em 31 de maio, a US$ 10.400 enquanto a mínima, a US$ 4.000, foi registrada em 12 de março, no auge da crise do coronavírus.

Já o Ethereum, com o recente movimento de alta, registra seu maior preço desde fevereiro. Em março, a pandemia devastou o mercado e o ETH caiu ao ponto mais baixo do ano: US$ 95.