Imagem da matéria: A semana no CriptoTwitter: a compra do Twitter por Elon Musk e o conturbado lançamento do Otherside
(Foto: Shutterstock)

O CriptoTwitter passou grande parte da semana passada obcecado com a saga de Elon Musk do “vai ou não vai comprar a plataforma?”. Na última segunda-feira (25), a gigante rede de microblogs aceitou a oferta de aquisição total de US$ 44 bilhões por Musk.

Essa notícia colocou Nayib Bukele, o autoritário presidente de El Salvador, em um clima festivo. Assim como Musk, Bukele acredita no bitcoin (BTC) — tanto que tornou o ativo em moeda corrente em El Salvador em 2021 —, mas parece que seus cidadãos não usam a criptomoeda como ele gostaria que a usassem.

Publicidade
(Imagem: Twitter)

Vitalik Buterin, CEO do Ethereum, não estava comemorando muito. Ele alertou seus seguidores de que o Twitter estava começando a parecer como uma câmara de eco de Elon Musk — em que apenas as informações e ideias do bilionário ecoariam pela rede social —, apesar de ter esclarecido, em seguida, de que não estava criticando o CEO da Tesla:

A maior consequência da dominação de Elon pelo Twitter pode não uma decisão específica de políticas que ele possa tomar, e sim o efeito moral de seus apoiadores se sentirem fortalecidos e seus críticos sentirem que estão argumentando em território inimigo. Isso já está acontecendo.

Não sei por que tantas pessoas nesse tuíte estão vendo um subtexto de que sou antielon. Não sou!

(Imagem: Twitter)

Jack Dorsey, cofundador e ex-CEO do Twitter, estava na vibe Radiohead — compartilhando a música “Everything in its Right Place” (ou “Tudo Está em seu Devido Lugar”, em tradução literal) da banda britânica — após a notícia.

Agora focado em sua empresa de pagamentos blockchain Block, ele separou um momento para tuitar seu apoio a Musk, afirmando ser “a única solução na qual eu confio”:

Publicidade

A princípio, não acredito que qualquer um deva comandar ou operar o Twitter. Deve ser um bem público a nível de protocolo, e não uma empresa. Porém, ao solucionar o problema de ser uma empresa, Elon é a única solução na qual eu confio. Confio na missão dele de estender a luz da conscientização.

O objetivo de Elon em criar uma plataforma que seja “maximamente confiável e amplamente inclusiva” é o correto. Esse também é o objetivo [de Parag Agrawal] e é por isso que o escolhi [como CEO do Twitter]. Obrigado a ambos por tirarem a empresa de uma situação impossível. Esse é o caminho correto. Acredito nisso com todo o meu coração.

(Imagem: Twitter)

Antes de deixar o comando do Twitter em novembro de 2021, Dorsey havia proposto a criação de um padrão descentralizado para plataformas de rede social. Em 2019, ele havia fundado uma iniciativa chamada “BlueSky”, liderada pelo então diretor de tecnologia Parag Agrawal, para trabalhar nesse objetivo.

EM agosto de 2021, Dorsey havia escolhido Jay Graber, criador da rede de eventos sociais Happening, para liderar o líder de projeto, já que Agrawal se tornou CEO do Twitter após a saída de Dorsey.

Publicidade

Na terça-feira (26), tanto Graber como a conta oficial do projeto confirmaram que a aquisição de Musk não afeta o BlueSky:

Graber: Estou operando o Bluesky como uma organização financiada há quatro meses. Nunca trabalhei para o Twitter. Não sei o que está acontecendo com Elon mais do que vocês sabem. Mas contratei algumas pessoas e estamos mantendo o plano.

(Imagem: Twitter)

Na quarta-feira (27), Musk fez algumas reflexões públicas:

DMs [Mensagens privadas] no Twitter deveriam ter criptografia de ponta a ponta como o Signal para que ninguém possa te espionar ou hackear suas mensagens.

(Imagem: Twitter)

Michael Saylor, CEO da MicroStrategy e HODLer de bitcoin, entrou na conversa e compartilhou uma ideia para desincentivar “spambots”:

Grande parte das DMs que chegam para mim parece ser de robôs e de spams. Se existisse uma pequena taxa para o envio dessas mensagens e um depósito de segurança necessário para verificar a confiabilidade do remetente, a mensagem seria bem mais útil e o Twitter teria uma nova fonte de renda.

(Imagem: Twitter)

Não contente em liderar apenas Twitter, Tesla e SpaceX, ele rapidamente pensou em acrescentar a produtora global de bebidas ao seu crescente portfólio – uma brincadeira, é claro. Ou não?

Publicidade

Na sequência, vou comprar a Coca-Cola para colocar a cocaína de volta.

(Imagem: Twitter)

No domingo (1º), Marc Andreessen, cofundador da empresa de capital de risco de tecnologia Andreessen-Horowitz (ou a16z), tuitou um vídeo de Warren Buffett “descendo o verbo” no bitcoin. Musk respondeu, achando que Buffett havia feito uma propaganda irônica sobre a criptomoeda.

Bem-vindo à selva

O ecossistema Bored Ape Yacht Club (ou BAYC, na sigla em inglês) foi outro tópico popular no CriptoTwitter durante a última semana. Na última segunda-feira (25), a página oficial no Instagram do projeto havia sido hackeada e usada para roubar US$ 2,8 milhões em tokens não fungíveis (ou NFTs) de seus seguidores.

(Imagem: Twitter)

Ainda assim, um hack multimilionário teve pouco impacto para inviabilizar a rápida expansão da franquia BAYC. Na terça-feira (26), a equipe do Otherside — o projeto de metaverso inspirado nos Bored Apes — anunciou um “airdrop” de 55 mil NFTs “Otherdeeds” para o sábado (30).

Os NFTs esgotaram em 24 horas. Embora o propósito do futuro metaverso não esteja claro, muitos acreditam que sejam escrituras de terrenos virtuais para o jogo.

A venda dos NFTs Otherdeeds está esgotada — estamos impressionados com a demanda desta noite. Apes e Mutant, a abertura do período de 21 dias para o resgate está sendo adiada até que o preço do gas caia para níveis aceitáveis. Vamos tuitar quando esse resgate acontecer.

(Imagem: Twitter)

O investidor cripto “DCinvestor.eth” comentou sobre a quantidade assombrosa de ethers sendo queimados em taxas de gas pelo projeto:

Caramba… Estamos queimando mais de 200 ETH em alguns blocos.

Para fins de contexto, nesses blocos em que estamos atingindo 200 ETH queimados, são quase US$ 550 mil em ETH queimados a cada 12 segundos.

Publicidade
(Imagem: Twitter)

Porém, a semana não foi apenas sobre Musk e BAYC. Na quinta-feira (28), uma conta chamada “cryptofelon” publicou uma história curiosa de como comprou um domínio cripto por US$ 16 em 2017 e negociou sua venda por mais de US$ 400 mil após ter recebido uma oferta de US$ 500 em 2021.

No sábado (30), o blogueiro cripto Wong Joon Lan alertou sites cripto sobre o drama do artista NFT malásio Fahmi Reza, cuja sátira da realeza malásia já havia resultado em sua prisão. Agora, o site de arrecadação de Reza foi bloqueado por adulteração ao sistema de nome de domínio (ou “DNS tampering”) de diversos fornecedores de internet na Malásia.

Sem dúvidas, o CriptoTwitter terá diversas surpresas na próxima semana. Porém, uma coisa é certa: Não foi a última vez que ouvimos falar de Musk. A adorada dogecoin (DOGE) de Musk será a criptomoeda nativa do Twitter?

“Sim” — respondeu Sam Bankman-Fried (SBF), CEO da FTX e outro bilionário cripto —, “por que não DOGE?”.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Talvez você queira ler
Imagem da matéria: Mixer de Bitcoin sancionado nos EUA relança com novo nome — só para ser bloqueado outra vez

Mixer de Bitcoin sancionado nos EUA relança com novo nome — só para ser bloqueado outra vez

O Tesouro dos EUA proibiu o uso do mixer Sinbad, sucessor do Blender, afirmando que serviço era usado por hackers norte-coreanos
Celular mostra logotipo Nubank - abaixo mesa com moedas de bitcoin, ethereum e solana

Nubank vai liberar saques de criptomoedas no início de 2024

Nubank prometeu atender a antiga demanda da comunidade cripto de permitir a transferência de criptomoedas para carteiras externas; Hoje o banco também começa a vender USDC no app
Pelé segura taça Fifa me evento

BitGo nega parceria com novo negócio de criptomoedas de filhos e ex-mulher de Pelé

JanBank, que tem familiares de Pelé e um pastor como sócios, será focada em pagamentos com Bitcoin, Ethereum, entre outros criptoativos
Imagem da matéria: Mineração de Bitcoin poderia minimizar as mudanças climáticas, diz estudo

Mineração de Bitcoin poderia minimizar as mudanças climáticas, diz estudo

Estudo diz que parques eólicos e solares poderiam gerar milhões de dólares na fase pré-comercial, antes de serem conectados à rede