Imagem da matéria: Como explicar o que são NFTs à sua família
Foto: Divulgação

Já era de se prever: na mesa, durante o jantar de Ação de Graças, minha sobrinha de sete anos me perguntou: “o que é um NFT?”.

Se você está envolvido em cripto, um membro da família com curiosidade (ou provavelmente com ceticismo) provavelmente vai te perguntar sobre isso durante os feriados de fim de ano.

Publicidade

O Decrypt possui um guia educativo sobre NFTs, mas “ativos digitais que contêm informações de identificação registradas em contratos autônomos” é muito técnico para uma criança de sete anos, né?

O mesmo vale para a definição curta ao mencionar NFTs: “contratos de governança desenvolvidos em blockchain e ligados a ativos digitais”.

Minha sobrinha gosta de Frozen, unicórnios, L.O.L. Dolls e Hatchimals. Sem dúvidas, ela sabe o que é a internet.

Eu simplesmente respondi a ela: imagine uma foto na internet de um de seus Hatchimals. Está apenas na internet e qualquer pessoa pode olhar para ele, mas ele te pertence, assim como você possui seu Hatchimal.

A explicação pareceu suficiente para ela (ela também estava vestindo uma camiseta da Hello Kitty e eu acrescentei que ela poderia transformar sua camiseta em um NFT, mas isso ignora o fato de que ela não tem os direitos autorais da imagem, então ela realmente não pode fazer isso, mas ignorei as consequências jurídicas por enquanto).

Publicidade

Mas e os outros membros da família que te perguntarem sobre NFTs e não tiverem sete anos de idade? Afinal, é a época de compras de fim de ano, então você pode querer comprar um NFT para alguém.

Aqui vão as perguntas de oposição que mais recebo em relação às NFTs de céticos em cripto e como as respondo.

Por que eu pagaria dinheiro por algo que não posso mostrar na minha parede?

Assim conforme explicado por Mark Cuban em janeiro, o valor se tornou digital. Existem muitas coisas digitais (itens multimídia e internos a jogos) que as pessoas pagam mesmo se não puderem tocá-las fisicamente.

Por não ser capaz de exibir uma arte digital, você certamente poderia imprimi-la e pendurá-la na sua parede (apesar de alguns dizerem que isso anula o propósito de ser uma arte digital) e, na verdade, muitos museus estão fazendo isso.

Publicidade

Ninguém pode clicar no botão direito e salvá-la ou tirar uma captura de tela para exibi-la?

Sim, mas isso não significa que o NFT pertence à pessoa. Apenas você, o dono, pode negociar ou vender o NFT. Qualquer pessoa online pode compartilhar a foto de uma pintura famosa, mas isso não significa que a possui.

OK, mas o que você pode fazer com um NFT, fora revendê-lo?

Todo qualquer tipo de coisa. Os NFTs mais valiosos e interessantes foram além de ser apenas artes digitais, pois podem representar seu ingresso a um evento presencial, seu passe de acesso a toda uma comunidade on-line ou até mesmo seu item de um jogo em um mundo do metaverso.

Muitos, mas muitos NFTs vão perder seu valor (até mesmo os maiores defensores de NFTs concordam com isso), mas a probabilidade é que continuem subindo e os principais casos de uso permaneçam por aí.

Se não entenderem ou concluírem que NFTs são uma idiotice, não vão mudar de ideia. É melhor comprar outra coisa para eles de Natal.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização de Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Criptomoedas formam círculo com bitcoin no centro

Alta do Bitcoin torna criptomoedas o investimento mais buscado no Brasil em março

As criptomoedas superaram os CDBs e fundos de ações e multimercado no ranking do buscador de investimentos Yubb
Imagem da matéria: Veja quem são as 22 pessoas mais ricas do setor de criptomoedas em 2024

Veja quem são as 22 pessoas mais ricas do setor de criptomoedas em 2024

Conheça as pessoas mais ricas do mercado cripto que apareceram na lista de bilionários da Forbes de 2024
Celular com logotipo da Receita Federal sobre notas de reais

Tokenização de ativos enfrenta área cinzenta na declaração de Imposto de Renda |Opinião

Para o autor, a declaração de tokens que representam recebíveis, e outros ativos do mundo real, devem mudar nos próximos anos
Imagem da matéria: Correlação entre Bitcoin e Ether está prestes a passar por "cruz da morte"; entenda os efeitos

Correlação entre Bitcoin e Ether está prestes a passar por “cruz da morte”; entenda os efeitos

A “cruz da morte” poderá frear os avanços do Ethereum e demais altcoins