Imagem da matéria: The Sandbox anuncia programa de US$ 50 milhões para desenvolver metaverso aberto
Iate no jogo The Sandbox, um dos mundo de metaverso (Foto: Reprodução)

Conforme o hype em torno do futuro metaverso aumenta, o jogo cripto desenvolvido na Ethereum The Sandbox surgiu como um dos primeiros competidores no setor.

E para encorajar o desenvolvimento de projetos de metaverso tanto dentro como fora do mundo do jogo, The Sandbox lançou um programa de aceleração para investir e dar mentoria a startups.

Publicidade

Junto com a empresa-mãe Animoca Brands, uma grande investidora no metaverso e de jogos com tokens não fungíveis (ou NFTs, na sigla em inglês), bem como a aceleradora global de capital de risco Brinc, The Sandbox irá dedicar US$ 50 milhões para investir em até 100 startups que desenvolvem em um metaverso aberto e interoperável.

A iniciativa planeja trabalhar com 30 a 40 startups por ano durante três anos.

The Sandbox Metaverse Accelerator Program será acrescentado como um bônus à existente aliança Launchpad Luna que a Anomica e Brinc criaram em 2021.

Animoca também liderou a rodada de investimento de US$ 130 milhões em dezembro conforme a aceleradora prevê uma migração para a Web 3.

Apesar de The Sandbox estar liderando o programa, as startups não necessariamente precisam estar desenvolvendo no mundo do jogo.

O objetivo não é simplesmente integrar criadores para desenvolverem a própria experiência de metaverso do jogo nem será especificamente focado na Ethereum.

Publicidade

Em vez disso, será focado no amplo ecossistema cripto – em desenvolvedores que querem desenvolver plataformas e peças interoperáveis que podem funcionar juntas em um metaverso aberto.

O programa on-line de três meses irá incluir uma mentoria junto com o investimento, ajudando projetos a descobrirem sua prontidão ao mercado e também se conectarem com parceiros, investidores e influenciadores.

Porém, existem incentivos focados no The Sandbox nessa mistura. O programa fará um investimento de capital próprio em cada startup avaliado entre US$ 150 mil e US$ 250 mil, além de até US$ 150 mil no token SAND do jogo.

Também realizará bonificações de terrenos do jogo, ou LAND, que são vendidos como ativos NFT e podem ser personalizados e monetizados no mundo do jogo.

Publicidade

O programa também garantiu dezenas de mentores da indústria cripto e de jogos, incluindo o próprio cofundador do The Sandbox Sebastien Borget, e outros membros da equipe do jogo; Yat Siu, diretor executivo do Animoca Brands; Gabby Dizon, cofundador do Yield Guild Games; Holly Liu, cofundadora do Kabam; e Ada Jonuse, cofundadora e CEO do Lympo.

The Sandbox já possui um fundo de criadores que recompensa artistas e desenvolvedores que trabalham no mundo do jogo.

Porém, Borget havia dito ao Decrypt que percebeu um crescente número de pessoas que queriam ajudar a desenvolver o amplo metaverso aberto, mas não tinham investimento nem apoio para dar os próximos passos.

“Vimos pessoas que querem começar seu próprio negócio no metaverso e não tínhamos fundos específicos ou fundação para apoiá-los adequadamente”, afirmou.

Embora o programa esteja interessado em pessoas que criam coisas que serão usadas no The Sandbox, também visa apoiar outros projetos de metaverso.

Por exemplo, projetos de Finanças Descentralizadas (ou DeFi) e e-sports são incentivados e Borget sugeriu que uma plataforma de imóveis virtuais (que incluiria outros jogos além do The Sandbox) pode ser uma boa opção.

Publicidade

Terrenos virtuais passaram por uma ascensão nos últimos meses no The Sandbox e Decentraland, outro jogo de metaverso desenvolvido na Ethereum.

Em um metaverso aberto e interoperável (conforme Borget, Siu da Amonica e Jeff Zirlin, cofundador do Axie Infinity, discutiram), plataformas e ferramentas que ajudam um jogo ou uma plataforma de metaverso podem enriquecer todos eles.

É por isso que o programa de aceleração não está puramente focado em apoiar The Sandbox, mesmo se o jogo se beneficiar dos produtos resultantes.

“Estamos analisando startups que trazem valor ao ecossistema como um todo e acredito que The Sandbox felizmente será um ótimo lugar de início para elas”, disse Borget.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Dólares equilibrados formam uma pirâmide

Mercado ligado a elite do Camboja movimentou R$ 59 bilhões para golpistas cripto

Um grupo ligado à família Hun, no poder do Camboja, foi acusado de estar envolvido em um golpe multibilionário de cripto
mão segura celular com logo do whatsapp

WhatsApp pirata pode estar minerando criptomoedas no seu celular sem você saber

Conhecidos como WhatsApp GB, Aero e Plus, as cópias não autorizadas do app oficial da Meta podem abrir portas para vazamento de mensagens, fotos e áudios, dizem especialistas
Logotipo da BlockFi na tela de computador

BlockFi vai distribuir criptomoedas para 100 mil credores este mês

Clientes elegíveis receberão uma notificação no e-mail da conta BlockFi registrada
donald trump

Bitcoin sobe e memecoins chegam a saltar 70% após ataque contra Trump

Memecoins inspiradas em Trump saltaram após um ataque contra ele, e o Bitcoin subiu – e os apostadores do mercado de previsão acham que isso ajudou sua campanha