Imagem da matéria: Coinmarketcap lança ferramenta que mostra reservas de corretoras de criptomoedas
Foto: Shutterstock

O CoinMarketCap, um dos principais agregadores de preços de criptomoedas do mercado, lançou nesta terça-feira (22) um nova ferramenta na sua plataforma que exibe as reservas das corretoras do setor, ou seja, quantos tokens elas alegam ter em caixa.

A Binance, que comprou o CoinMarketCap em 2020, lidera o ranking entre as exchanges com a maior reserva de criptomoedas, estimada nesta manhã em US$ 65,9 bilhões. 

Publicidade

Na plataforma, no entanto, o valor total da reserva vai mudando ao longo do dia, à medida que o dinheiro entra e sai da corretora. Às 6h da manhã (horário de Brasília), por exemplo, a reserva da Binance estava por volta de US$ 78,7 bilhões, conforme mostrou o jornalista Colin Wu no Twitter.

Além dos valores totais, o CoinMarketCap também exibe os endereços de carteiras sob o controle da corretora, divulgadas previamente por elas, bem como a alocação dos tokens na reserva total.

Detalhes sobre a reserva da Binance no CoinMarketCap (
Detalhes sobre a reserva da Binance no CoinMarketCap (Fonte: CoinMarketCap)

No caso da Binance, a maior parte da sua reserva (33,8%) é formada pela própria stablecoin pareada ao dólar da corretora, o BUSD. Em segundo lugar aparece o USDT, representando 24% da reserva, seguido por Bitcoin (13%), BNB (8,3%) e Ethereum (7,8%).

No dia 10 de novembro, a Binance revelou quantas criptomoedas possuía sob gestão numa tentativa de acalmar o mercado, que tinha acabado de ser atingido pelo colapso da exchange FTX.

Publicidade

Na ocasião, a Binance revelou possuir o equivalente a US$ 71 bilhões dos seis principais ativos listados (BTC, ETH, USDT, BUSD, USDC, BNB), com base nas cotações daquele dia. Mais da metade desse total (US$ 38,5 bilhões) vinha de criptomoedas lançadas pela própria corretora: BUSD e BNB, seu token nativo. 

A Binance disse que tornou esses dados públicos para “permitir que usuários estejam cientes e tomem decisões informadas e alinhadas com seus objetivos financeiros”. No entanto, a Binance não explicou se as quantias divulgadas eram fundos dos usuários ou da empresa, nem se os números divulgados representavam a totalidade das reservas da corretora nos ativos em questão.

Crypto.com, Kucoin e Huobi também divulgam reservas 

Além da Binance, também é possível checar no CoinMarketCap a reserva das corretoras Kucoin, Bitfinex, OKX, Bybit, Crypto.com e Huobi.

Na liderança dessas seis corretoras, a Bitfinex aparece com a maior reserva, de US$ 7 bilhões, composta majoritariamente por Bitcoin (42,8%), seguido de UNUS SED LEO (35%), token nativo da corretora.

Publicidade

Em seguida aparece a exchange OKX, com uma reserva de US$ 5,8 bilhões em criptomoedas (sendo 49% USDT e 24% BTC), acompanhada pela Huobi, que informa ter US$ 3,1 bilhões em caixa, sendo que seu token nativo HT, representa a maior alocação da reserva, de 29,8%.

As exchanges Crypto.com, Kucoin e Bybit fecham a lista com as menores reservas do grupo, que variam entre US$ 2,4 bi e US$ 1,8 bi.

Procurando uma corretora segura que não congele seus saques? No Mercado Bitcoin, você tem segurança e controle sobre seus ativos. Faça como nossos 3,8 milhões de clientes e abra já sua conta!

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração mostra logotipo Solana à frente de gráfico de trading

Fundação Solana pune validadores acusados de “ataque do sanduíche”

Os ataques do sanduíche (sandwich attacks) vão contra as regras estabelecidas pela Fundação; Entenda
Imagem da matéria: Morte de John McAfee completa 3 anos; relembre a história do “pai do antivírus” e defensor do Bitcoin

Morte de John McAfee completa 3 anos; relembre a história do “pai do antivírus” e defensor do Bitcoin

Não importa o quão fascinante tenha sido sua visão libertária para anarcocapitalistas ou o quão decepcionante foi para seus seguidores sua vida regada a álcool e drogas: John McAfee teve um final trágico
smartphone com logotipo da Toncoin TON à frente de monitor que mostra gráfico de mercado

Semana Cripto: Bitcoin cai enquanto Toncoin sobe e se aproxima da Dogecoin em valor de mercado

Criptomoedas de grande capitalização como PEPE e WIF também tiveram quedas de até 20% na semana
Letras que formam a sigla ETF próximas a uma moeda dourada de Bitcoin (BTC)

ETFs de Bitcoin têm novo dia de saídas com fluxo de US$ 226 milhões liderado pela Fidelity

O único ETF de Bitcoin a ter entrada líquida na quinta foi o IBIT da BlackRock, o maior em valor patrimonial líquido, com fluxo positivo de US$ 18 milhões