Imagem da matéria: Binance confirma compra da plataforma CoinMarketCap, mas não revela valores
(Foto: Shutterstock)

Binance, maior exchange do mundo, confirmou nesta quinta-feira (2) a aquisição do CoinMarketCap, a plataforma de dados do mercado de criptomoedas mais conhecida do mercado.

Em comunicado conjunto à imprensa, as companhias afirmam que a fusão vai na linha de tornar as criptomoedas mais acessíveis e úteis a usuários de todo o mundo.

Publicidade

“O DNA do CoinMarketCap está fortemente alinhado com a ética e a cultura da Binance, desde sua integridade até seu valor de liberdade, transparência e foco no usuário”, disse Changpeng (CZ) Zhao, CEO da Binance, no texto enviado à imprensa.

“Nossa visão comum será fortalecida por essa aquisição para aumentar o crescimento e incutir transparência no setor. Isso nos permitirá aproveitar os pontos fortes um do outro, servindo conjuntamente como fornecedores de infraestrutura de cripto”, completou.

Apesar da junção entre as duas companhias, elas seguirão operando de maneira independente. Segundo o comunicado, a Binance não tem influência nos rankings do CoinMarketCap, enquanto o CoinMarketCap não interfere nas operações da Binance.

“Para muitos, o CoinMarketCap é a landing page do nosso mercado e, como a Binance, construiu sua comunidade em torno da confiança do usuário. Planejamos capacitar o CoinMarketCap a continuar criando produtos úteis e inovadores para seus usuários e para a comunidade global ”, afirmou CZ.

Publicidade

Troca de comando

Com a transação, o CoinMarketCap afirma que vai se beneficiar da experiência, recursos e escala da exchange. Entre os planos futuros estão a expansão das ofertas de informações para incluir produtos comerciais, como futuros, opções, empréstimos e outras ferramentas de análises de dados.

Como parte da transição, Brandon Chez, fundador da CoinMarketCap, deixará o cargo de CEO e será substituído por Carylyne Chan, a atual diretora de estratégias, como CEO interina. De acordo com o comunicado, Chez permanecerá como consultor da plataforma e vai dedicar mais tempo à família.

“Acredito que, de todas as equipes que poderiam adquirir o CoinMarketCap, a Binance é uma das melhores opções. Eles são um time que demonstrou, repetidamente, que se preocupam com os usuários e que farão o melhor por eles, mesmo nos momentos mais desafiadores”, afirmou Chez. “Esse espírito continuará ecoando em nossa própria filosofia focada no usuário, e fico contente de o bastão para Carylyne e a equipe CoinMarketCap para continuar cumprindo minha visão inicial de mostrar a revolução das criptomoedas.”

Valores da transação

O valor da transação não foi revelado pelas empresas. No entanto, reportagem da última terça-feira (31) do portal The Block indicou que a negociação giraria em torno de US$ 400 milhões (cerca de R$ 2 bilhões).

Publicidade

Essas cifras fazem do acordo entre Binance e CoinMarketCap um dos maiores da história da criptoeconomia. Desde a fundação do agregador, em maio de 2013, ele não havia recebido qualquer tipo de aporte anterior —apenas doações em criptomoedas.

Segundo o SimilarWeb, o CoinMarketCap recebeu 207,2 milhões de visitantes apenas nos últimos seis meses. A Binance, por sua vez, obteve 113,8 milhões de visitas no mesmo período.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: História indica que 3º trimestre é o pior para o Bitcoin, mas será que 2024 vai surpreender?

História indica que 3º trimestre é o pior para o Bitcoin, mas será que 2024 vai surpreender?

Terceiro trimestre é historicamente o período de menor ganho para o Bitcoin, mas uma possível queda de juros nos EUA pode mudar o cenário em 2024
Imagem da matéria: Senador que chamou Bitcoin de "escolha ideal para criminosos" é condenado por corrupção

Senador que chamou Bitcoin de “escolha ideal para criminosos” é condenado por corrupção

“Este caso sempre foi sobre níveis chocantes de corrupção”, disse o procurador dos EUA
Imagem da matéria: Mt. Gox: relembre a ascensão e queda da exchange que vai distribuir bilhões em Bitcoin

Mt. Gox: relembre a ascensão e queda da exchange que vai distribuir bilhões em Bitcoin

Mais de uma década após a maior exchange de Bitcoin do mundo ser hackeada, os credores da Mt. Gox finalmente receberão seus reembolsos; aqui está o que aconteceu
CEO da Messari Ryan Selkis

CEO da Messari renuncia após apoio extremista a Trump gerar reações negativas

Ryan Selkis disse a um usuário não americano do Crypto Twitter que ele deveria ser deportado do país por suas “visões esquerdistas”