Imagem da matéria: Glassnode: Bitcoin sai de corretoras a taxa de 96 mil BTCs por mês e mostra febre de acumulação
Foto: Shutterstock

Foi uma semana agitada no mercado de bitcoins (BTC) à medida que houve uma alta de compradores famosos, como MicroStrategy e Luna Foundation Guard, anunciando ou realizando enormes aquisições em bitcoin.

Conforme o Bitcoin possui um cronograma determinístico de oferta e um limite máximo de fornecimento, esses eventos representam outro passo na direção de o Bitcoin ser considerado, pelo mercado, como uma forma de garantia “imaculada”.

Publicidade

Na última semana, o mercado foi negociado em um intervalo limitado, entre uma baixa de US$ 44.427 e uma alta de US$ 48.083, consolidando-se após o recente rali de preço.

Preço do bitcoin na décima quarta semana do ano (Imagem: Glassnode)

A percepção e utilização do Bitcoin como uma forma de garantia financeira é uma tendência crescente e continua abrangendo novas aplicações e casos de uso.

A Luna Foundation Guard (ou LFG, na sigla em inglês) foi uma compradora dominante na última semana, com a futura intenção de usar os bitcoins acumulados como um apoio à stablecoin algorítmica UST.

Além disso, fluxos de entrada em wrapped bitcoin (WBTC), fundos de índice (ou ETFs) canadenses e acúmulo geral por investidores em blockchain estão fortes, principalmente após as baixas locais de preço registradas em 22 de janeiro.

Publicidade

Nesta análise, a Glassnode explora uma variedade de enormes quedas no fornecimento do Bitcoin e caracteriza o comportamento de acúmulo nas semanas recentes.

O acúmulo é direcionado tanto por “camarões” (com alocações inferiores a 1 BTC) e “baleias” (com alocações acima de 1 mil BTC), junto com essas específicas entidades famosas.

Síntese desta análise

– Corretoras continuam registrando significativos fluxos de saída líquidos de moedas, à medida que saldos agregados em corretoras atingiram baixas em diversos anos.

O bitcoin está saindo de corretoras a uma taxa superior a 96 mil BTC por mês, sinalizando que um acúmulo historicamente forte está acontecendo.

Publicidade

– O acúmulo está sendo direcionado por camarões (< 1 BTC) e baleias (> 1 mil BTC) – ambos aumentaram significativamente seus saldos nas últimas semanas.

– Houve um acúmulo em enorme escala pela Luna Foundation Guard, com um aumento de alocações totais em 21.163 BTC nos últimos nove dias.

Além disso, o fornecimento total de wrapped bitcoin no Ethereum (WBTC) subiu 12,5 mil BTC, demonstrando uma demanda contínua por BTC como garantia em produtos de Finanças Descentralizadas (ou DeFi).

– Moedas continuam entrando em produtos canadenses de ETFs de bitcoin conforme alocações totais cresceram 6.594 BTC desde 22 de janeiro. É um crescimento de 10,5% nas alocações em moedas, apesar da variedade de riscos macro e geopolíticos e de obstáculos em jogo.

Marco histórico do Bitcoin: 19 milhões

Na última semana, o fornecimento total de bitcoins atingiu a marca de 19 milhões de bitcoins minerados, deixando menos de 9,52% do fornecimento final de 21 milhões a serem minerados nos próximos 118 anos.

Publicidade

Neste momento (na altura do bloco 730.435), o fornecimento total de bitcoins está em 19.002.718,75 BTC, com uma emissão diária de 900 BTC/dia (com base em uma mediana de 14 dias).

Fornecimento em circulação e emissão de bitcoins (Imagem: Glassnode)

Uma semana histórica de forte acumulação

Conforme mencionado acima, foi uma semana bastante impressionante para as tendências de acumulação de bitcoin, conforme tanto compradores famosos e discretos como o amplo mercado aumentam seu saldo.

O Escore de Tendência de Acumulação é uma das ferramentas mais recentes da Glassnode para rastrear a variação relativa de saldo em blockchain em grande escala.

Valores próximos a 1 (cor roxa) indicam que baleias e/ou uma enorme proporção das entidades do mercado estão aumentando significativamente seus balanços.

Na última semana, retornou um fluxo consistente de valores acima de 0,65, indicando que uma tendência geral de acumulação está a caminho.

Escore de tendência de acumulação em bitcoin (média móvel exponencial de 7 dias) (Imagem: Glassnode)

É possível notar que saldos em corretoras também passaram por um período significativo de fluxos de saída em bitcoin, atingindo uma taxa de fluxo de 96,2 mil BTC/mês.

Publicidade

Fluxos de saída dessa magnitude são incomuns, pois apenas aconteceram em diversas ocasiões ao longo da História.

Uma transição muito perceptível de fluxos de entrada líquidos (cor verde) a um regime de dominantes fluxos de saída (cor vermelha) continua – é uma tendência que começou imediatamente após a drástica queda do mercado em março de 2020.

Variação de posição líquida de bitcoin em corretoras – todas as corretoras (Imagem: Glassnode)

O impacto de um fluxo de saídas em bitcoin contínuo e de alta magnitude é que o saldo total mantido em corretoras atingiu baixas de vários anos.

Ao longo de março, mais de 96 mil BTC saíram das corretoras rastreadas pela Glassnode, atingindo níveis vistos pela última vez em agosto de 2018.

Perceba que isso representa uma queda notável do patamar geralmente lateral nos saldos de corretoras que havia sido estabelecido em setembro de 2021.

Saldo de bitcoin em corretoras – todas as corretoras (Imagem: Glassnode)

Analisando ainda mais corretoras específicas, podemos ver que a maioria dos fluxos de saída vem das maiores corretoras da indústria.

Coinbase, Binance, Gemini, Kraken, Bittrex e Bitstamp tiveram os maiores fluxos de saída líquidos até agora, apesar de muitas terem registrado aumentos no saldo líquido nos últimos 12 a 24 meses.

A Binance, mais especificamente, que viu seu dominante saldo em moedas explodir ainda mais em 2021, registrou mais de 20,8 mil BTC em fluxos de saída nas duas últimas semanas.

Saldo em corretoras com significativos fluxos de saída em bitcoin (Imagem: Glassnode)

Quem está acumulando bitcoins?

Após estabelecer que uma tendência geral de acumulação está acontecendo, agora é possível caracterizar os tipos de compradores que estão participando. É possível ver que o Saldo de Acumulação continua subindo.

Esse fornecimento representa moedas que são mantidas em endereços com mais de um depósito e sem histórico de gastos. A métrica exclui corretoras e mineradores, mas inclui grandes entidades, como custodiantes, LFG e MacroStrategy.

O saldo total mantido em Endereços de Acumulação subiu 217 mil BTC nos últimos quatro meses, medidos desde o evento de desalavancagem do mercado em 4 de dezembro de 2021.

Representa uma taxa de crescimento de 1,8 mil BTC/dia, que representa o dobro da emissão diária a mineradores. Perceba que isso também se separa de uma tendência de saldo geralmente lateral, estabelecida durante a maior parte de 2021.

Saldo total em endereços de acumulação em bitcoin (Imagem: Glassnode)

Na sequência, são analisadas as entidades em blockchain com saldos inferiores a 1 BTC, geralmente chamados de “camarões de bitcoin”.

Esses compradores provavelmente são do varejo, ou pessoas, e esse grupo está acumulando agressivamente desde as baixas locais de preço definidas em 22 de janeiro.

Ao longo dos últimos dois meses, camarões em bitcoin acumularam 0,579% do fornecimento em circulação, ou 1,7x em moedas a mais do que as mineradas durante o mesmo período.

Atualmente, camarões de bitcoin armazenam 14.256% do fornecimento agregado de moedas (note que não inclui qualquer fornecimento mantido por corretoras, que representam outros milhares agregados a milhões de clientes em nível de varejo).

Distribuição no fornecimento em bitcoin entre entidades (Imagem: Glassnode)

Na sequência, é analisado o fornecimento médio e mantido em casa endereço associado a maiores holders, com 100 BTC a 10 mil BTC alocados (“tubarões” a “baleias”).

É o resultado tanto do fornecimento armazenado como das contagens de endereço que continuaram bastante estáveis ao longo do tempo. Geralmente, isso sugere que esse grupo de carteiras é o que está contribuindo menos às atuais tendências de acumulação.

Fornecimento de bitcoin por baleia (Imagem: Glassnode)

Por fim, é possível confirmar e refinar as observações acima ao analisar uma métrica ainda não lançada do Glassnode Engine Room, que divide o Escore de Tendência de Acumulação em grupos de carteiras.

Pode-se notar que compradores menores (de até 100 BTC) foram os maiores acumuladores desde o fim de janeiro enquanto os com saldos menores (inferiores a 1 BTC) são os mais agressivos (zona verde).

Também é possível notar que os grupos de carteira com alocações entre 100 BTC e 1 mil BTC foram os que menos contribuíram à acumulação geral (zona vermelha) enquanto grupos de baleias (com alocação acima de 1 mil BTC) começaram uma forte acumulação nas duas últimas semanas. Inclui entidades, como LFG, que será explorada na próxima seção.

Escore de tendência de acumulação em bitcoin por grupo (Imagem: Glassnode)

Grandes quedas no fornecimento de bitcoin

Já é sabido que um enorme volume de bitcoins está sendo acumulado por entidades-baleia (com mais de 1 mil BTC) nas duas últimas semanas. Uma das entidades mais públicas foi a LFG que, agora, já acumulou incríveis 30.727 BTC.

Com uma aquisição inicial de 9.564 no fim de janeiro, avaliada em US$ 358,6 milhões na época, o saldo da LFG agora cresceu 21.163 BTC em um período de nove dias. O valor total do saldo da LFG agora é superior a US$ 1,4 bilhão.

Saldo em bitcoin da Luna Foundation Guard (Imagem: Glassnode)

A tendência de usar wrapped bitcoin, uma variante tokenizada para uso em outras blockchains, também está estável nos últimos anos.

Mais de 1.449% do fornecimento de bitcoin (275.236 BTC) agora está mantido pela custodiante BitGo e emitido como a versão tokenizada WBTC na blockchain Ethereum.

Desde as quedas do mercado em 22 de janeiro, o fornecimento de WBTC cresceu mais 12,5 mil BTC, demonstrando uma crescente demanda por garantias em bitcoin no setor DeFi apesar das caóticas condições macro e geopolíticas.

Saldo em wrapped bitcoin (WBTC) (Imagem: Glassnode)

Também houve bastantes fluxos de entrada em ETFs canadenses; o ETF da gestora Purpose lidera a participação desses fluxos.

Atualmente, o ETF Purpose Bitcoin possui 35 mil BTC, registrando fluxos de entrada líquidos de 5.521 BTC desde as quedas de preço em 22 de janeiro.

É um crescimento líquido de 18,7% de alocações em BTC neste momento em meio a uma onda de obstáculos macro e geopolíticos. Agora, o ETF Purpose Bitcoin possui US$ 1,627 bilhão de ativos sob gestão (ou AUM).

Alocações no ETF Purpose Bitcoin (Imagem: Glassnode)

No total, as alocações em todos os produtos canadenses de ETF subiu 6.594 BTC desde o fim de janeiro, atingindo uma alta recorde um pouco acima de 69 mil BTC (ou 0,36% do fornecimento em circulação).

É bem impressionante observar fluxos de saída tão fortes de corretoras (alocações “spot”), bem como fluxos de entrada tanto em produtos de ETFs, aplicações DeFi e carteiras de acumulação em blockchain, apesar das inúmeras intempéries macroeconômicas e geopolíticas dos últimos meses.

Alocações em ETFs canadenses (Imagem: Glassnode)

O mercado registra inúmeras semanas de forte acúmulo histórico, que foi bastante difundida em relação à participação por grupos de carteira.

Camarões e baleias são os acumuladores mais agressivos recentemente à medida que inúmeros compradores famosos, como LFG e MicroStrategy, acrescentaram nova ênfase no Bitcoin como uma garantia “imaculada”.

O mais impressionante é o aumento geral na demanda por bitcoin entre produtos de ETF disponíveis no Canadá apesar da variedade de acontecimentos, como o conflito na Ucrânia, altas de preço e escassez de commodities, bem como condições de contração monetária.

No geral, o mercado parece estar considerando o bitcoin e seu papel na futura economia com uma espécie de otimismo renovado.

Isso se reflete bastante na tendência líquida de fluxos de saída de corretoras para a autocustódia ou custódia assistida – uma tendência que começou imediatamente após a crise de liquidez em março de 2020.

Agora que 19 milhões de moedas foram mineradas e a acumulação geral excede a emissão diária por diversos múltiplos, a escassez e a natureza imaculada do bitcoin como garantia pode estar voltando ao primeiro plano novamente.

Sobre o autor

Glassnode é a maior provedora de dados e inteligência de blockchain que gera métricas e ferramentas on-chain para quem realmente quer entender o mercado de criptomoedas.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização da Glassnode.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: "Buy Bitcoin": 7 anos atrás, estagiário dizia para o mundo comprar Bitcoin no Congresso dos EUA

“Buy Bitcoin”: 7 anos atrás, estagiário dizia para o mundo comprar Bitcoin no Congresso dos EUA

Quem seguiu o conselho tomou uma sábia decisão: o Bitcoin valorizou 2.321% desde então, indo de US$ 2.387 para US$ 57.801
Jamie DImon, CEO do JP Morgan

Crítico do Bitcoin, CEO do JP Morgan é cotado por Trump para assumir Tesouro dos EUA

Dimon poderia ser o Secretário do Tesouro ideal, de acordo com o candidato presidencial republicano Donald Trump
Imagem da matéria: Bitcoin pode cair até US$ 50 mil em breve, alerta analista brasileiro

Bitcoin pode cair até US$ 50 mil em breve, alerta analista brasileiro

Analista da Foxbit avalia gráficos do Bitcoin e aponta que preços devem continuar pressionados ao longo da semana
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Bernstein reitera previsão de Bitcoin em US$ 200 mil até final de 2025

Previsão já havia sido feito em junho e os analistas apontam que a tendência recente de queda do Bitcoin não mudou esse cenário