Imagem da matéria: Glassnode: os touros vão conseguir manter os ursos à distância no mercado de bitcoins?
Foto: Shutterstock

O preço do Bitcoin (BTC) foi negociado em um volátil intervalo de consolidação na última semana, começando em uma baixa de US$ 37.333, chegando a uma alta de US$ 45.039 e, em seguida, devolvendo a maioria dos ganhos para fechar a semana a US$ 39.220.

Conforme o cenário macro global e geopolítico continua criando incerteza nos mercados, touros de bitcoin tentam estabelecer um preço mínimo.

Publicidade

Há dois meses, touros estão absorvendo uma pressão de venda modesta, mas persistente, bastante proveniente das vendas de holders a curto prazo.

À medida que os preços estão sendo negociados lateralmente nas últimas semanas, um equilíbrio relativo foi estabelecido.

No entanto, dada a recente e limitada demanda, esse equilíbrio delicado pode ser abalado por qualquer grau significativo de exaustão por vendedores ou, por outro lado, um revigoramento dos vendedores.

Além disso, a pergunta a ser respondida é se o capital sendo fornecido pelos touros será suficiente para manter os ursos à distância.

Nesta edição, a Glassnode avalia o atual espaço de volume em blockchain, com um foco específico nos fluxos em corretoras. Essa análise visa refletir a magnitude da pressão de venda e do desinvestimento de investidores.

Publicidade
Preço do bitcoin na décima semana do ano (Imagem: Glassnode)

Um conto de duas corretoras

O monitoramento de atividades em corretoras é uma estratégia poderosa na análise on-chain, apesar ser preciso levar em conta a mutabilidade de dados.

O rastreio de fluxos agregados de corretoras, principalmente durante períodos mais longos de tempo (meses), fornece percepções úteis do equilíbrio entre oferta e demanda.

De início, destacam-se as principais nuances a seguir para interpretar métricas do saldo em corretoras:

HODLers de bitcoin (com carteiras de todos os tamanhos) tendem à autocustódia de forma bem religiosa e, assim, são o grupo mais propenso a sacar suas moedas;

entrantes mais novos ao mercado a nível de varejo são os menos prováveis de sacar moedas, preferindo a simplicidade de soluções de custódia e opções de negociação fornecidas por corretoras;

Publicidade

tesourarias institucionais também são bem prováveis de obter vantagem das soluções de custódia de corretoras ou serviços desse tipo, preferindo a especialização e a gestão de risco oferecidas por tais empresas. Essas moedas também são mais prováveis de serem negociadas em mesas de mercado de balcão (OTC) e armazenadas em acordos especializados de multiassinaturas;

com a proliferação dos mercados derivativos, unidades de bitcoin também podem ser usadas como garantia e, dessa forma, fluxos de entrada em corretoras podem ser resultado de fornecer uma margem adicional de moedas.

Note que três das quatro características mencionadas acima se desviam para fluxos de entrada em corretoras.

Em parte, é isso o que torna o fluxo de saída de 575.876 BTC de corretoras (ou 3,655% do fornecimento) desde as liquidações em março de 2020 tão impressionante. Perceba também como um equilíbrio relativo foi definido desde setembro de 2021.

Saldo percentual de bitcoin em todas as corretoras (Imagem: Glassnode)

Durante os eventos macro e geopolíticos altamente voláteis das últimas semanas, os volumes de fluxo líquido em corretoras também está razoavelmente estável, apesar de um leve desvio de fluxos de entrada na última semana.

Cerca de 1 mil BTC por dia em fluxos de entrada líquidos foi depositado em corretoras na última semana, conforme a Bitfinex e FTX receberam a maior parte das moedas.

Publicidade

Essa magnitude de suposta oferta de venda continua bem modesta, principalmente dado o contexto macro global.

Volume de transferência líquido de bitcoin de/para corretoras (média móvel exponencial de 14 dias) (Imagem: Glassnode)

Principalmente no último ano, corretoras mais ou menos caíram em dois campos dominantes com base em sua variação de saldo: aquelas com fluxos líquidos de entrada e aquelas com saldos estáveis de fluxos líquidos de saída.

Mais especificamente, Binance, Bittrex, Bitfinex e FTX tiveram um crescimento significativo em suas reservas de bitcoin. Em conjunto, essas corretoras tiveram fluxos de entrada de 207 mil BTC desde o fim de julho de 2021, registrando um crescimento de 24,3%.

Saldo de bitcoin na Binance, Bittrex, Bitfinex e FTX (Imagem: Glassnode)

O outro campo inclui as corretoras restantes monitoradas pela Glassnode e que tiveram um fluxo de saída coletivo de 253 mil BTC desde o fim de julho.

Dentre essas corretoras, Huobi (cor roxa) representa, até agora, a maior queda total, tendo despencado de mais de 400 mil BTC em março de 2020 a apenas 12,3 mil BTC atualmente.

Mais da metade dessa queda no saldo aconteceu após a proibição à mineração de bitcoin na China e ainda mais restrições a atividades de investidores em maio de 2021.

Saldo de bitcoin em todas as outras corretoras (Imagem: Glassnode)

FTX e Binance, em particular, se destacam neste estudo, tendo passado por um crescimento extraordinário na dominância de participação de mercado (medida pelo saldo relativo de bitcoin).

Publicidade

Perceba que tanto a Binance como a FTX têm uma grande variedade de produtos “spot” e de derivativos e, por isso, provavelmente é uma proporção razoável de bitcoins armazenados que estão sendo usados como garantia de margem.

Estima-se que o atual volume total de bitcoin mantido pela FTX seja de 103,2 mil BTC, que é um crescimento extraordinário dos meros 3 mil BTC armazenados em março de 2020. Isso representa um aumento na dominância de saldo de 0,8%, em julho de 2021, para 4,0% atualmente.

Se removermos a reserva de bitcoin da FTX da métrica total de saldo em corretoras (resultado na cor rosa), é possível ver que essa medida de saldos agregados em corretoras está experimentando novas baixas multianuais, mostrando a enorme presença que a FTX agora tem.

Crescimento no saldo da corretora FTX (Imagem: Glassnode)

No entanto, a Binance é a coroada por seu impressionante crescimento na dominância pela participação de mercado, subindo de um saldo relativamente estável em bitcoin de 8% entre 2018 a 2020 para mais de 22,6% atualmente.

O saldo total mantido na Binance aumentou para 315 mil BTC desde março de 2020, registrando um aumento de 120% em apenas dois anos.

Crescimento do saldo na corretora Binance (Imagem: Glassnode)

Junto com o crescimento do saldo em bitcoin, tanto a Binance como a FTX viram sua dominância nos mercados de futuros mais do que duplicar desde dezembro de 2020.

A participação em posições abertas de futuros da Binance aumentou de 15% para 30% enquanto a da FTX subiu de 6,7% para mais de 14,8% (um aumento de mais de 2,2 vezes).

Dominância da FTX e Binance em posições abertas de futuros (Imagem: Glassnode)

O aumento na dominância de volume de futuros é ainda mais impressionante, conforme a Binance agora representa metade de todo o volume negociado de futuros.

FTX passou por um aumento tão impressionante quanto a Binance na dominância de volume, subindo 2,5 vezes desde dezembro de 2020 para, agora, capturar 9,2% do volume negociado de futuros.

Dominância da FTX e Binance no volume de futuros (Imagem: Glassnode)

Confira as principais conclusões deste estudo de atividade em corretoras:

– fluxos líquidos de entrada continuam relativamente menores dada a escala de incerteza atual no mercado e saldos em corretoras, como um todo, parecem estar em equilíbrio;

– existem dois grupos de corretoras em relação à variação de saldos em bitcoin no último ano;

– Binance e FTX representam as corretoras de destaque no aumento de participação de mercado nos últimos dois anos, em que ambas passaram por um aumento correspondente na dominância do mercado de futuros;

– sugere uma preferência de investidores pelo uso de derivativos para se protegerem do risco em vez da venda spot de bitcoins, uma observação que corrobora o relatório da Glassnode de fevereiro.

Caracterização dos volumes de fluxo de entrada em corretoras

Tendo explorado o relativo equilíbrio de saldos em corretoras, agora é possível explorar o perfil de investidores que estão enviando criptomoedas para corretoras.

De início, são analisadas três estimativas de base de custo de investidores (preços realizados) para informar a interpretação da Glassnode sobre o sentimento e a probabilidade de uma venda:

o preço realizado de holders a curto prazo está, neste momento, sendo negociado a US$ 46,4 mil e possui um prejuízo agregado e não realizado de 15%. Essa métrica é um reflexo de todas as moedas que foram movimentadas nos últimos 155 dias;

o preço implícito de HODLers está em um ponto de equilíbrio (US$ 39,5 mil) e reflete uma estimativa de “valor justo”. É calculado pela ponderação do preço realizado padrão pelo grau de acumulação e comportamento de HODLers;

o preço realizado está em US$ 24,1 mil e é o preço médio de todas as moedas precificadas na última vez em que foram movimentadas na blockchain. Historicamente, é um nível de suporte de ciclo bem robusto e sugere que o mercado agregado ainda está com um prejuízo não realizado de 63% (bastante ponderado por investidores a longo prazo com uma menor base de custo).

Preços realizados de bitcoin em blockchain (Imagem: Glassnode)

Uma tese óbvia obtida é que:

– holders a curto prazo são os mais propensos a vender bitcoins, pois estão no prejuízo em suas posições;

– por outro lado, holders a longo prazo são mais prováveis de gerar lucro e, assim, bem menos propensos a vender seus bitcoins.

O próximo gráfico mostra o grau de lucro ou prejuízo realizado por holders a curto prazo para moedas enviadas a corretoras. É perceptível que prejuízos diários não triviais estão estáveis há mais de dois meses, equivalentes a cerca de 0,5% da capitalização de mercado por dia.

Embora sejam significativos, prejuízos dessa magnitude não estão próximos dos extremos níveis de capitulação (desistência de ganhos anteriormente obtidos pela venda de posições em épocas de queda) vistos no bear market de 2018, de março de 2020 ou de maio de 2021.

Confirma bastante a primeira observação de que holders a curto prazo estão criando pressão de venda, apesar de ser em uma magnitude bem menor do que a vista em anteriores ciclos de baixa.

Lucro e prejuízo por faixas de retorno (de holders a curto prazo para corretoras, média móvel de 30 dias) (Imagem: Glassnode)

De forma parecida, o gráfico abaixo mostra o lucro e prejuízo realizado por holders a longo prazo que estão enviando suas moedas a corretoras.

O grau de gastos está em queda desde janeiro de 2021, o que confirma a segunda observação da Glassnode de que holders a longo prazo compõem uma pequena porção da atividade de venda.

Perceba que ainda veremos um evento de grande capitulação de holders a longo prazo, conforme vivenciado em anteriores fundos cíclicos de mercado.

A magnitude historicamente baixa de prejuízos, tanto por holders a curto prazo como por holders de longo prazo, pode estar sinalizando crescentes probabilidades de exaustão agregada de vendedores.

No entanto, o risco de uma capitulação final e completa tanto por holders a curto prazo como por holders a longo prazo deve continuar sendo monitorada e possui diversos precedentes históricos.

Lucro e prejuízo por faixas de retorno (de holders a longo prazo para corretoras, média móvel de 30 dias) (Imagem: Glassnode)

A proporção de volume em blockchain que está gerando lucro também está próxima a níveis historicamente baixos, atingindo 47,5% na última semana.

Mudando essa observação, pode-se deduzir que mais da metade (52,5%) de todo o volume de transações está sendo gasta, neste momento, em prejuízo.

Para fins de contexto, estágios finais de ciclos de baixa anteriores (marcados na cor vermelha) foram marcados por mais de 55% de todo o volume transferido em prejuízo (eventos de capitulação).

Porcentagem de valor transferido de bitcoins em lucro (média móvel exponencial de 90 dias) (Imagem: Glassnode)

Por fim, analisa-se a variação de 30 dias na capitalização realizada. Essa métrica indica a magnitude total de lucro/prejuízo pela rede, mapeado como um desvio estatístico da média a longo prazo (Z-Score).

Prejuízos de investidores neste mercado de baixa são estatisticamente significativos, estendendo um desvio-padrão abaixo da média. Prejuízos realizados dessa magnitude coincidem com todas as baixas significativas do mercado de baixa (tanto locais como globais) nos últimos cinco anos.

Variação da posição líquida da capitalização realizada em bitcoin (Z-Score) (Imagem: Glassnode)

Conclusões

A atual queda é historicamente significativa entre diversas métricas e medidas em blockchain, apesar de ser bem menos drástica (-50%) do que em outros mercados de baixa (-85%).

Descreve características que são similares a anteriores tendências de mercado de baixa em estágio avançado. No entanto, embora o grau de “venda por pânico” em blockchain seja significativa em uma base estatística, é bem menor em relação ao tamanho do mercado.

Investidores que estão desinvestindo preferem vender moedas que são mantidas em prejuízo, uma atividade dominada por holders a curto prazo.

Enquanto isso, a pressão de venda por holders a longo prazo continua caindo desde janeiro de 2021 – um sinal de crescente convicção perante uma alta incerteza macro.

Com a apresentação de mercados de derivativos, a FTX e Binance, em particular, tiveram aumentos significativos na participação de mercado. Isso acrescenta outro ponto de dados à utilização de futuros para a proteção ao risco em vez da venda de bitcoins spot para reduzir a exposição ao mercado.

Sobre o autor

Glassnode é a maior provedora de dados e inteligência de blockchain que gera métricas e ferramentas on-chain para quem realmente quer entender o mercado de criptomoedas.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização da Glassnode.

VOCÊ PODE GOSTAR
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank Cripto expande funcionalidade de alerta de preços de criptomoedas

É possível ativar o recebimento de alertas a partir de variações de preço de 3%, 6% ou 9% – sempre dentro de um período de 24 horas
hamster kombat jogo telegram

Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta quinta (18)

Procurando o combo diário e o código cifrado de quinta-feira, 18 de julho? Aqui está o que você precisa para ganhar moedas no jogo Hamster Kombat do Telegram
Imagem da matéria: Projeto da Solana vai dar bônus de 100% em airdrop de novo token

Projeto da Solana vai dar bônus de 100% em airdrop de novo token

Sanctum, projeto de staking na blockchain Solana, irá dar bônus de 100% para quem esperar seis meses para acessar os tokens
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e não se abala após Mt. Gox enviar US$ 3 bilhões para corretora

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e não se abala após Mt. Gox enviar US$ 3 bilhões para corretora

A recuperação do Bitcoin ocorre após um período de incertezas que dominou os investidores no início de julho