Imagem da matéria: CPI quer ouvir Primo Rico, Trust Investing e especialistas; confira lista de depoimentos que devem ser votados hoje
Foto: Shutterstock

Será realizada na tarde desta terça-feira (27) mais uma audiência da CPI das Pirâmides Financeiras na Câmara dos Deputados. Presidida pelo deputado Aureo Ribeiro (SOLIDARIEDADE/RJ) e com relatoria de Ricardo Silva (PSD/SP), a comissão deve votar diversos pedidos de depoimentos perante os parlamentares. Em alguns casos, serão convites; em outros, convocações.

Os deputados vão, por exemplo, votar a aprovação para que líderes atualmente presos de dois dos maiores esquemas criminosos do setor sejam convocados para a CPI:

Publicidade

Além disso, os parlamentares querem ouvir uma grande gama de pessoas envolvidas com o setor na categoria de especialistas, como forma de dar embasamento técnico ao trabalho dos deputados.

O mais recente convidado é Thiago Nigro, o influencer conhecido como Primo Rico. Aparentemente o convite será pela habilidade de Nigro explicar temas financeiros complexos para leigos. Os deputados querem que ele traga essa didática para possam entender melhor o mercado cripto.

“O convite vai permitir a obtenção de informações atualizadas e precisas sobre as estratégias de investimento em criptomoedas, bem como a análise das ações e recomendações divulgadas pela empresa. Esses dados podem auxiliar na compreensão dos riscos e benefícios envolvidos nesse mercado, bem como identificar possíveis indícios de atividades fraudulentas ou esquemas de pirâmide”, afirma o pedido, feito pelo deputado Yuri do Paredão (PL/CE).

Editor do Portal do Bitcoin deve ser convidado

Além do Primo Rico, uma série de pessoas serão convidadas para falar como especialistas sobre o surgimento das piramides financeiras no mercado brasileiro ao longo dos últimos anos, onde uma série de esquemas brotaram com força e drenaram bilhões de reais das vítimas.

Publicidade

Um dos convidados será Cláudio Goldberg Rabin, editor-chefe do Portal do Bitcoin.

“Desde 2019, ele tem se dedicado a acompanhar e informar sobre esses casos, antecipando várias situações que ganharam destaque nacional. Rabin enfrentou processos judiciais por parte de entidades envolvidas em esquemas fraudulentos, o que ressalta seu compromisso em expor essas práticas e promover a transparência no mercado de criptomoedas”, aponta o pedido do deputado Caio Vianna (PSD/RJ).

No mesmo pedio o aprlamentar pede que seja convidado o jornalista Carlo Cauti, da TV BM&C.

Também foram protocolados pedidos para que sejam convidados:

  • Courtnay Guimarães: cientista da computação e especialista em blokchain
  • Mauricio Tovar Gutiérrez: professor e especialista em blockchain
  • Monica Taher: atuou junto ao governo de El Salvador para adoção do Bitcoin como moeda de curso forçado
  • André Franco: executivo do MB especialista no setor

Todos estes acima estão no pedido do deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PL/SP).

Por fim, Caio Vianna pede também que sejam convidados os advogados Artêmio Picanço e Luciano Regis da Costa, especialistas em atenderem vítimas de pirâmides financeiras que usaram criptomoedas de alguma forma.

Convocados como investigados

Nos primeiros trabalhos do dia 20, a CPI aprovou a convocação na condição de investigados de Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, criadores foragidos da Braiscompany, e Francisley Valdevino da Silva, criador da Rental Coins conhecido como “Sheik das Criptomoedas”.

Ambos os esquema são acusados de serem pirâmides financeiras que deixaram prejuízos de bilhões.

Binance e o sobrinho de Haddad

No dia 21, o deputado Alfredo Gaspar (UNIÃO/AL) propôs um requerimento para que Guilherme Haddad Nazar, diretor-geral da corretora Binance no Brasil, seja convocado a depor na condição de testemunha. O executivo é sobrinho do atual Ministro da Fazenda, Fernando Haddad

Publicidade

O pedido fez a Binance divulgar um comunicado dizendo esperar que participem da CPI todas as exchanges e instituições financeiras que guardarem relação com o tema da Comissão. 

“Considerando que golpistas operam em diversas exchanges simultaneamente, a Binance é a exchange que mais tem ajudado autoridades nas investigações e vítimas a recuperarem seu dinheiro, oferecendo constante e imediato suporte às agências e autoridades de aplicação da lei”, afirma a empresa. 

ABCripto e empresas nacionais

No dia seguinte ao pedido para que a Binance seja chamada, outras empresas e instituições entraram também oficialmente no circuito da CPI. Aureo Ribeiro apresentou no dia 22 de junho um requerimento para que a ABCripto – entidade de classe com vários representantes da indústria brasileira de criptomoedas – seja convidada a prestar esclarecimentos. O parlamentar cita Bernardo Srur, presidente da instituição, como representante a ser ouvido. 

Também no dia 22, Ribeiro fez requerimento para que sejam convidados para prestar esclarecimentos executivos das corretoras Coinbase, MB (Mercado Bitcoin), Foxbit, Bitpreço, Bitso, Novadax, Mynt, Nox e Digitra. Por fim, representantes das empresas Zro BankParfin, Cloudwalk também têm pedidos para participarem da CPI.

Clubes de futebol 

Nesse bolo do convites para esclarecimentos, foi aprovado pedido para que todos os principais clubes de futebol prestem informações: Flamengo, Fluminense, Botafogo, Vasco, Palmeiras, Corinthians, Santos, São Paulo, Internacional, Grêmio, Cruzeiro e Atlético Mineiro.

Publicidade

Big techs e emissoras

Os únicos requerimentos que não foram aprovados na primeira audiência da CPI foram os pedidos para que grandes empresas de tecnologia as emissoras de televisão aberta do Brasil sejam convidadas para prestar informações sobre publicidade de esquemas fraudulentos por meio de suas plataformas.

Mas não foi uma divergência. Os deputados apenas concordaram que o requerimento pode ser melhor escrito, e ficou combinado que a redação seria refeita e apresentada nesta terça-feira (27).

Das big techs, os deputados querem ouvir: Meta (dona do Facebook, Instagram e WhatsApp), TikTok, Twitter, Google e Telegram.

As emissoras são Globo, Bandeirantes, RedeTV!, SBT e Record.

VOCÊ PODE GOSTAR
Celular com logotipo da BInance

Binance anuncia fim do suporte a uma stablecoin que afetará pares com Bitcoin e Ethereum

A exchange também anunciou a listagem de novos pares de negociação com Lira turca
Imagem da matéria: 5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

Quando o token NOT será lançado? Qual o futuro para a Notcoin? É melhor fazer stake dos tokens? Preparamos um resumo para você
Imagem da matéria: Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso Web3 Wallet suporta Ethereum, Polygon, Arbitrum, Base e Optimism e permite acesso a mais de 2 mil tokens
Imagem da matéria: Binance demitiu funcionário que descobriu manipulação milionária de cliente da corretora, diz jornal

Binance demitiu funcionário que descobriu manipulação milionária de cliente da corretora, diz jornal

Uma semana antes da demissão, o funcionário produziu um relatório afirmando que a DWF Labs lucrou milhões através da manipulação de mercado de seis tokens