Imagem da matéria: Binance contrata novo diretor para comandar operação no Brasil
Guilherme Nazar, diretor-geral da Binance no Brasil (Foto: Reprodução/LinkedIn)

A Binance anunciou nesta sexta-feira (23) a contratação do executivo Guilherme Haddad Nazar como novo Diretor-Geral da corretora de criptomoedas para o Brasil. Trata-se do sobrinho do ex-prefeito de São Paulo e atual ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Nazar já trabalhava na Binance como country manager desde setembro deste ano. Antes de assumir a liderança das operações da corretora no Brasil, ele atuou como vice-presidente e general manager da Loft, empresa de tecnologia para o setor imobiliário. Até fevereiro de 2020, Nazar também trabalhou como chefe de operações do Uber no Brasil.

Publicidade

Ele é o segundo executivo que a Binance contrata com passagem no Uber desde a contratação de Daniel Mangabeira para o cargo de head de operações da Binance na América Latina.

O cargo estava vago desde julho de 2021 quando o executivo Ricardo Da Ros pediu demissão após ficar seis meses no cargo. Na ocasião, ele escreveu um comunicado em seu perfil do Linkedin no qual disse que ter havido “um desalinhamento de expectativas” sobre seu papel na empresa e que havia tomado a decisão de acordo com seus valores pessoais.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin têm entrada de US$ 303 mi, impulsionados por Fidelity e Grayscale

Os fluxos de entrada de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA atingiram uma alta de US$ 303 milhões em duas semanas, já que o preço do Bitcoin ultrapassou US$ 66 mil
Imagem da matéria: Tether e Circle "imprimem" US$ 1,25 bilhão em stablecoins em um único dia

Tether e Circle “imprimem” US$ 1,25 bilhão em stablecoins em um único dia

Desde o início do ano já foram emitidos US$ 30 bilhões em stablecoins; aquecimento parece estar relacionado à expectativa pelos ETFs de Ethereum