Imagem da matéria: Como saber o dia e hora que vai acontecer o halving do Bitcoin?
Foto: Shutterstock

Você já deve ter ouvido que o halving é um evento que ocorre com o Bitcoin (BTC) a cada quatro anos. Mas como exatamente é determinado o dia exato e como podemos saber quando ele vai acontecer?

Primeiramente, vamos recapitular que o halving é um evento que corta pela metade as recompensas pagas aos mineradores de BTC, reduzindo assim a oferta de novos tokens entrando no mercado.

Publicidade

Este será o quarto halving da história do Bitcoin, o que significa que os mineradores passarão a receber 3,125 BTC por bloco. Quando o Bitcoin foi criado, a recompensa era de 50 BTC por bloco.

Dito isso, é preciso entender agora que o halving não é um evento agendado em um calendário específico; ele ocorre a cada 210 mil blocos minerados do Bitcoin. Em média, leva-se cerca de quatro anos para minerar todo esse número de blocos, mas o intervalo de tempo pode variar.

A velocidade de mineração pode variar por diversos fatores, como número de transações sendo feitas, o nível de dificuldade de mineração da rede e até se há muita euforia ou pânico no mercado. Por conta disso, as previsões para o halving estão sempre mudando.

Os blocos de Bitcoin são normalmente minerados a uma taxa de cerca de 10 minutos. Mas isso não é regra: o intervalo entre os blocos pode ir de 2 a 15 minutos, ou até menos horas em casos mais raros.

Publicidade

Mas, se o padrão não oscilar muito daqui em diante, o halving deve acontecer no dia 20 de abril, com base em dados de sexta-feira (5).

Nas últimas semanas, houve um aumento de demanda na rede do Bitcoin, com os emissores de ETFs de Bitcoin à vista acumulando BTC para preencher seus fundos de investimento; os investidores de varejo comprando e vendendo em torno dos várias altas históricas do Bitcoin; e os Bitcoin Ordinals, semelhantes ao NFTs, vendo uma demanda renovada à medida que as pessoas inscrevem e negociam obras de arte e objetos de coleção na rede. Tudo isso muda a velocidade que um bloco é minerado.

Como acompanhar o halving?

Sabendo que o halving ocorre 210 mil blocos após o último evento do tipo, conforme a velocidade de mineração é determinada, é possível projetar quando ele irá acontecer.

Para acompanhar essas datas, basta acessar alguma das diversas plataformas que estão fazendo a contagem regressiva do halving. Mesmo assim, vale lembrar que site pode apresentar variações. principalmente em relação à hora exata do halving.

Publicidade

Dois dos principais agregadores de preços já estão com suas contagens disponíveis, o CoinGecko e o CoinMarketCap. No dia 5 de abril, ambos apontavam para o mesmo dia do evento: 20 de abril. Porém, havia uma diferença de cerca de 12 horas em cada projeção.

Contagem regressiva do halving do Bitcoin no CoinGecko, com base em dados on-chain da Blockchair

Outro site bastante acompanhado pelo mercado é o Nice Hash, porém, ele mostra (em 5 de abril) um dia totalmente diferente para o próximo halving: 18 de abril, às 14h57 (horário de Brasília).

Os sites Crypto.com e Watcher.Guru também trazem essas informações e mostram quantos blocos restam para o halving e quais foram os últimos blocos minerados.

Ambos possuem uma projeção muito parecida de quando o halving vai acontecer: 20 de abril, entre meia-noite e 6h (horário de Brasília).

Fonte: Watcher.Guru

Vale ressaltar que conforme o evento se aproxima, a tendência é que todas as projeções passem a se alinhar mais, indicando com maior precisão o dia que ocorrerá o halving e depois, quando estiver muito perto, o horário.

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Merge Madrid: encontro Web3 promete unir Europa e América Latina em outubro

Merge Madrid: encontro Web3 promete unir Europa e América Latina em outubro

De 8 a 10 de outubro, pontos chave da cidade de Madri atrairão o ecossistema Web3 sob uma perspectiva de negócios, legal e técnica
Imagem da matéria: CEO da Grayscale deixa cargo: "Momento certo para transição"

CEO da Grayscale deixa cargo: “Momento certo para transição”

A Grayscale, uma das maiores gestoras de criptomoedas do mundo, anunciou que Michael Sonnenshein está deixando o cargo de CEO
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”
Imagem da matéria: El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

A mineração de Bitcoin é feita com energia do vulcão Tecapa, usando 300 processadores voltados para essa atividade