Imagem da matéria: Halving do Bitcoin pode cair em 4/20; por que a data continua mudando?
Foto: Shutterstock

No início de fevereiro, o halving do Bitcoin — o evento quadrienal que reduz pela metade as recompensas que os mineradores ganham por dar suporte à rede — parecia estar programado para acontecer no dia 20 de abril. Na época, os investidores de Bitcoin estavam rezando por um novo recorde histórico de preço de US$ 69 mil.

A data e preço são vistos como “números meme” na comunidade cripto. Parte dos traders se animaram com a perspectiva de comemorar o halving e a simpatia por cannabis no mesmo dia — no exterior, 20 de abril pode ser escrito como “4/20”, número associado à cultura da cannabis.

Publicidade

Logo depois, no entanto, os cronogramas apontavam ser mais provável que o halving aconteceria antes, em 15 de abril, indicando que a data meme seria arruinada. No momento dessa previsão, o Bitcoin também já havia ultrapassado sua máxima histórica de US$ 73 mil.

Bem, agora parece que o halving novamente acontecerá em 20 de abril. A estimativa mais recente se manterá? Só o tempo dirá.

Essas estimativas provavelmente mudarão e oscilarão, mas será mais fácil fornecer uma janela precisa quanto mais nos aproximarmos do evento. Isso se deve ao fato de que o halving ocorrerá em um número de bloco na blockchain do Bitcoin e não em uma data específica. Determinar se esse bloco será minerado antes ou depois de 20 de abril vai depender da atividade na rede do Bitcoin.

O halving está programado para ocorrer na altura do bloco 840 mil, não importa o que aconteça, e a altura do bloco atual é 835.701. Cada bloco pode conter aproximadamente 2.700 transações, mas quando há muita demanda, o tempo de resposta dos blocos é acelerado. Quando há menos transações, bem, então as coisas podem ficar um pouco mais lentas.

Publicidade

Os blocos de Bitcoin são normalmente minerados a uma taxa de cerca de 10 minutos e se esse padrão não oscilar, o halving no dia 20 de abril deve se concretizar. Mas, às vezes, o intervalo entre os blocos é de dois minutos ou 15 minutos.

Nas últimas semanas, houve um aumento de demanda na rede do Bitcoin, com os emissores de ETFs de Bitcoin à vista acumulando BTC para preencher seus fundos de investimento; os investidores de varejo comprando e vendendo em torno dos várias altas históricas do Bitcoin; e os Bitcoin Ordinals, semelhantes ao NFTs, vendo uma demanda renovada à medida que as pessoas inscrevem e negociam obras de arte e objetos de coleção na rede.

Será que o halving do Bitcoin vai ocorrer mesmo no dia 20 de abril? Talvez. É totalmente possível. E, no momento em que escrevemos este artigo, é a melhor estimativa com base nos dados. Mas fique atento, pois é provável que a data continue oscilando à medida que o bloco 840 mil se aproxima.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

O preço do Bitcoin chegou a atingir US$ 53.898 após uma carteira da Mt. Gox transferir US$ 2,7 bilhões
Imagem da matéria: Deputada alemã critica venda de Bitcoin do governo e defende mantê-lo em reserva estratégica

Deputada alemã critica venda de Bitcoin do governo e defende mantê-lo em reserva estratégica

“O Bitcoin oferece uma oportunidade única de diversificar os ativos do estado”, escreveu Cotar
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Manhã Cripto: ETFs de Bitcoin chegam ao 9º dia consecutivo de entradas

Os ETFs de Bitcoin negociados nos EUA já captaram US$ 1,9 bilhão nos últimos nove dias
Moedas de bitcoin empilhadas em formato de torre

Alta do Bitcoin vai além de Trump e fundamentos mostram possível forte recuperação, diz analista

Beto Fernandes, analista da Foxbit, afirma que os próprios fundamentos do Bitcoin explicam a valorização e ressalta relação oferta e demanda