Imagem da matéria: Binance é investigada por manipulação de mercado nos EUA, diz Bloomberg
Foto: Shutterstock

Mais uma vez a Binance entrou na mira dos reguladores norte-americanos que investigam agora uma suposta manipulação de mercado e uso de informações privilegiadas em negociações feitas pela Binance Holdings Ltd.

A informação revelada na Bloomberg na noite de sexta-feira (18) partiu de fontes familiarizadas ao assunto que pediram anonimato por se tratar de uma investigação confidencial. 

Publicidade

Segundo a reportagem, oficiais da Comissão de Negociação de Contratos Futuros de Commodities (CFTC) estão tentando descobrir se a equipe da Binance tirou proveito da sua visão privilegiada do mercado para lucrar, negociando com pedidos de clientes antes de executá-los.

Nas últimas semanas, os oficiais têm procurado possíveis testemunhas para colaborar com as investigações.

A acusação foi rebatida por um porta-voz da Binance que disse à Bloomberg que a empresa adota uma política de “tolerância zero” sobre o uso de informações privilegiadas, e um “código de ética estrito” para prevenir qualquer conduta de seus funcionários que prejudique os clientes e a indústria cripto em geral.

O porta-voz apontou ainda que a própria exchange possui uma equipe de segurança interna para investigar irregularidades e responsabilizar os trabalhadores, com a demissão sendo a repercussão mínima.

Um representante do CFTC foi procurado pelo jornal, mas preferiu não comentar o caso.

Binance na mira dos reguladores

Essa não é a primeira vez que o CFTC, órgão americano responsável por regular bancos e mercado de ações, busca indícios de atuação irregular da Binance no país. Em março, os reguladores abriram uma investigação para descobrir se a corretora estava permitindo aos americanos a compra e a venda de derivativos, um serviço que não tem autorização para oferecer na região. 

Publicidade

Dois meses depois, a Binance passou a ser investigada também pela Receita Federal dos Estados Unidos (IRS) e o Departamento de Justiça. Na ocasião, o CEO da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, disse que a empresa colaborou com as autoridades para punir os maus atores do mercado.

Assim que a notícia da nova investigação começou a circular na noite passada, CZ voltou ao Twitter para deixar uma mensagem para a comunidade: “Não se distraia com o barulho”.

Nos últimos meses, autoridades do mundo inteiro têm feito alertas sobre a suposta atuação irregular da Binance em seus territórios, levando a exchange a implementar uma série de mudanças para agradar os reguladores. 

A corretora reduziu em 97% o limite de saque de contas com verificação básica, colocando fim ao anonimato na plataforma. Pouco tempo depois, passou a obrigar que todos os clientes fizessem a verificação intermediária para ter acesso aos serviços.

Publicidade

A exchange também diminuiu a alavancagem oferecida aos clientes e proibiu a negociação de derivativos em diversos países, incluindo o Brasil.

VOCÊ PODE GOSTAR
mescla de dólares e moedas de bitcoin sobre a mesa

Fundos de criptomoedas captam US$ 2 bilhões na primeira semana de junho

EUA foram responsáveis por quase todo fluxo de entradas dos fundos de criptomoedas, enquanto o Brasil segue com terceiro melhor resultado no acumulado de 2024
Imagem da matéria: Chefe de criptoativos e cibernética da SEC deixa o regulador

Chefe de criptoativos e cibernética da SEC deixa o regulador

David Hirsch, que liderou a Unidade de Criptoativos e Cibernética da SEC na Divisão de Execução, deixou a agência após servir por nove anos
Imagem da matéria: Ripple cita Terra em apelação para reduzir multa da SEC de US$ 2 bi para US$ 10 mi

Ripple cita Terra em apelação para reduzir multa da SEC de US$ 2 bi para US$ 10 mi

A Ripple argumenta que sua penalidade é muito alta, “mesmo que não haja alegações de fraude neste caso”
Imagem da matéria: Agentes federais acusam britânicos de fraude de US$ 3 milhões com NFTs Ethereum "Evolved Apes"

Agentes federais acusam britânicos de fraude de US$ 3 milhões com NFTs Ethereum “Evolved Apes”

Um trio do Reino Unido anunciou o lançamento de um jogo de battle royale, mas, em vez disso, embolsou as criptomoedas e fugiu