Bitcoin decola
Bitcoin decola. Imagem: Shutterstock

Após um início de ano lento, o Bitcoin atingiu sua maior alta de 2022 na segunda-feira. O Ethereum registrou grandes ganhos no fim de semana, e várias das 30 principais moedas subiram nos últimos sete dias.

Na segunda-feira, o Bitcoin chegou a ser cotado em US$ 48.086,84, um preço não visto desde a véspera de Ano Novo. No sábado, a criptomoeda favorita do mundo havia caído ligeiramente para ser negociada a US$ 46.722, de acordo com o CoinMarketCap.

Publicidade

O Ethereum ainda não superou seu maior pico de 2022, quando chegou a ser negociado a US$ 3.876,79 a partir de 4 de janeiro, mas subiu no fim de semana e, até o momento, acumulou quase 12% na última semana, chegando a US$ 3.481,67.

Nos últimos sete dias: Solana disparou 39% para US$ 138,73, a LUNA do Terra explodiu 26% para US$ 112, Avalanche subiu 23% para US$ 103, NEAR Protocol aumentou 20% para US$ 16 e Tron subiu 16% para US$ 0,075. De sexta a sábado, Solana, Luna e Avalanche aumentaram 8%, com Polkadot também subindo mais de 5%.

A expectativa para o Ethereum 2.0 pode ser um fator chave que impulsiona o preço do ETH. Esta semana, as pesquisas do Google por “Ethereum merge” atingiram um recorde histórico.

A fusão ocorrerá mais para o final deste ano, quando a rede principal da Ethereum “se fundirá” com um sistema proof-of-stake chamado beacon chain. A Ethereum afirma que esta grande atualização resolverá os conhecidos problemas de escalabilidade e consumo de energia da rede.

Publicidade

Grande parte do ciclo de notícias sobre criptomoedas desta semana mais uma vez girou em torno de regulamentações.

Na segunda-feira, o presidente dos EUA, Joe Biden, divulgou uma proposta orçamentária detalhada que inclui várias regras de relatórios contábeis e fiscais para ativos digitais. Pela estimativa da Casa Branca, o governo pode arrecadar cerca de US$ 11 bilhões com a tributação de criptomoedas em mais de 10 anos – e quase US$ 5 bilhões disso apenas em 2023.

A estratégia de Biden tem três níveis. Primeiro, a administração tributará ganhos não realizados, portanto, mesmo que você não venda sua criptomoeda depois de explodir 25% em uma semana, esses ganhos serão tributados. Em segundo lugar, todas as participações acima de US$ 50.000 em exchanges de ativos digitais e fornecedores de carteiras offshore serão tributados.

E, finalmente, a proposta pede que bancos e instituições financeiras dos EUA compartilhem informações com a Receita Federal sobre o valor das participações de não residentes e proprietários estrangeiros de certas entidades empresariais. Essas regras também esperam pegar cidadãos dos EUA que criaram entidades para sonegar o pagamento de impostos federais.

O CEO da MicroStrategy e baleia do Bitcoin, Michael Saylor, conseguiu um empréstimo para comprar mais Bitcoin na terça-feira. Ele alavancou uma subsidiária chamada MacroStrategy para obter um empréstimo de US$ 205 milhões, que foi apoiado pelas reservas de 124.391 BTC da MicroStrategy na época. A nova compra aumenta as participações totais da MicroStrategy para aproximadamente 128.687 BTC – mais de US$ 6 bilhões.

Publicidade

Na quarta-feira, a gigante da eletrônica Samsung anunciou que estava em parceria com a empresa de NFT Nifty Gateway para criar um novo marketplace NFT que os proprietários de TVs Samsung podem desfrutar no conforto de seus sofás. Os usuários poderão visualizar, comprar, negociar e exibir NFTs por meio da próxima interface de TV inteligente anunciada pela primeira vez em janeiro.

Na quinta-feira, os legisladores europeus votaram uma proposta exigindo que os provedores de serviços de criptografia, como exchanges e provedores de carteiras, imponham os padrões KYC (Know Your Customer) com indivíduos que transacionam mais de € 1.000 usando carteiras de criptomoedas sem custódia, como MetaMask. O projeto ainda precisa passar por reuniões tripartidas entre o Parlamento Europeu, a Comissão e o Conselho, mas estas são amplamente vistas como formalidades.

Nesse mesmo dia, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) pediu a todas as empresas dos EUA que oferecem serviços de custódia de criptomoedas ao público para contabilizar as participações em criptomoedas dos clientes como passivos e divulgar sua natureza e valor.

Na sexta-feira, dois legisladores dos EUA – os republicanos Trey Hollingsworth na Câmara e o senador Bill Hagerty – introduziram o Stablecoin Transparency Act, que exige que as stablecoins sejam totalmente lastreadas em dólares americanos e/ou “títulos do governo com vencimentos inferiores a 12 meses”.

Se aprovada, a lei também obrigaria os emissores de stablecoins como Circle e Tether a publicar regularmente relatórios auditados de suas reservas.

Publicidade

A semana de trabalho terminou com a SEC rejeitando mais um pedido de ETF Bitcoin, desta vez do ARK Invest de Cathie Wood.

*Traduzido com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 4% e Ethereum salta 7% puxados por ETFs em Hong Kong e alívio de tensões no Oriente Médio

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 4% e Ethereum salta 7% puxados por ETFs em Hong Kong e alívio de tensões no Oriente Médio

Após forte queda no fim de semana, Bitcoin e Ethereum voltam a ganhar força com notícias de que Hong Kong aprovou ETFs das criptomoedas
Imagem da matéria: Clientes brasileiros da FTX vivem expectativa de pagamento e medo de novos golpes

Clientes brasileiros da FTX vivem expectativa de pagamento e medo de novos golpes

Grupo de brasileiros se unem no Telegram para tentar entender comunicações da massa falida da FTX em meio ao receio de novos golpes
Receita Federal, greve, Imposto de Renda, IR 2022

Receita Federal fará consulta pública para atualizar regras de declaração de criptomoedas

Receita Federal quer alinhar a Instrução Normativa 1.888/2019 com o modelo internacional de declaração de ativos digitais
Mulher olhando celular com logotipo do paypal

PayPal libera uso de stablecoins para pagamentos internacionais

Empresa explicou que clientes podem converter o PayPal USD (PYUSD) em dólares e enviar dinheiro para 160 países