Richard Teng, executivo da Binance, ao lado de Janet Yellen, secretária dos EUA
Richard Teng ao lado de Janet Yellen, secretária do Tesouro americano (Foto: Reprodução/LinkedIn)

Richard Teng, o recém-promovido Head de Mercado Regionais da Binance, tem tudo para ser “o mais provável herdeiro” de Changpeng “CZ” Zhao, criador e CEO da Binance. É possível que ele assuma o cargo de liderança executiva em um futuro próximo, conforme a corretora busca maior aproximação com as autoridades regulatórias. As afirmações são de reportagem da agência de notícias Bloomberg, publicada nesta segunda-feira (5).

Richard Teng escalou rapidamente nas fileiras da Binance nos últimos dois anos e, segundo a Bloomberg, seria a figura executiva mais indicada para o cargo de liderança geral da companhia, dentro da busca por uma nova fase com mais alinhamento regulatório.

Publicidade

A reportagem da Bloomberg aponta para os problemas recentes enfrentados pela empresa junto aos reguladores, dizendo que fontes anônimas da empresa colocam a escalação de Teng na liderança como uma possível solução.

A Binance enfrenta uma série de barreiras com reguladores dos EUA, como a SEC e a CFTC. Tanto a exchange quanto CZ estão sendo processados pelo CFTC porque a Binance, supostamente teria se esquivado das responsabilidades de registrar devidamente oferta de contratos de derivativos.

A ação diz que desde de julho de 2019, a Binance manteve a oferta de “negociação de futuros, opções, swaps e transações alavancadas de varejo envolvendo ativos digitais que são commodities, incluindo bitcoin (BTC), ether (ETH),
e litecoin (LTC) para pessoas nos Estados Unidos”.

Para os procuradores, desde o lançamento da corretora em 2017, a empresa tomou uma medida calculada e faseada para aumentar a presença nos EUA, “apesar de declarar publicamente sua intenção de ‘bloquear’ ou ‘restringir’ clientes localizados nos Estados Unidos de acessar sua plataforma”. “A fase inicial da Binance de direcionar estrategicamente os Estados Unidos concentrou-se na solicitação de clientes de varejo”, diz o texto.

Publicidade

Embora a corretora de criptomoedas tenha a unidade que atenda apenas aos clientes dentro dos EUA, a ação é contra a Binance global, que detém o maior volume de trades do mercado.

Além disso, a corretora se retirou do Canadá no início de abril, quando o país estabeleceu regulamentos rígidos para plataformas de negociação de criptoativos, enquanto a Austrália cancelou a licença de serviços financeiros da empresa em março, em meio a uma investigação regulatória. O Reino Unido também limitou parte das rampas de acesso com sua moeda local.

Contraste

Changpeng Zhao, também conhecido como CZ, é uma figura controversa que “funciona bem” para o mercado de criptomoedas, segundo a Bloomberg. Mas talvez nem tanto para o mercado financeiro altamente regulado. Os contrastes entre as duas figuras se estendem à forma como os dois homens se expressam publicamente.

“CZ costuma usar o Twitter para menosprezar as notícias de que não gosta (ele tem 8,4 milhões de seguidores). Seus tweets incluem regularmente jargões cripto como FUD (Medo, Incerteza e Dúvida) e SAFU — uma brincadeira com a palavra “seguro”, em inglês (safe)”.

– Bloomberg

Por outro lado, Richard Teng foi reconhecido pela Forbes em 2020 como “um dos mais inovadores reguladores do mundo”, durante sua posição como CEO da Autoridade Regulatória de Serviços Financeiros dos Mercados Globais de Abu Dhabi (ADGM, na sigla em inglês).

Publicidade

Além de seu trabalho como autoridade regulatória na ADGM, o executivo também passou quase duas décadas no total trabalhando para entidades governamentais. Na bolsa de valores de Cingapura, ele dirigia um grupo que impõe regras em áreas como listagens, negociação e compensação, trabalhando em estreita colaboração com o MAS, conforme informação em seu perfil no LinkedIn.

Na segunda-feira passada (29), Teng foi promovido a Head de Mercados Regionais (Head of Regional Markets, em inglês) da Binance, com apenas dois anos de carreira na companhia.

Ainda segundo a Bloomberg, “No início deste ano, a Binance contratou o ex-diretor de operações da Gemini Trust Co. Noah Perlman — cujo currículo também inclui um período de seis anos como chefe global de crimes financeiros no Morgan Stanley — para executar suas operações de compliance.”

A contratação se deu em um momento onde a equipe da corretora responsável por compliance vem crescendo exponencialmente, já contando com 750 colaboradores.

VOCÊ PODE GOSTAR
moedas de Bitcoin sobre notas de ienes

Anúncio de investimento em Bitcoin faz ações de empresa asiática disparar 90%

Seguindo o manual da MicroStrategy, a empresa japonesa Metaplanet está atraindo forte interesse dos investidores
Moeda de Tether (USDT) sob superfície lisa

Tether anuncia reorganização para ir além de sua stablecoin e cria quatro divisões

Mudança em sua estrutura visa ampliar o fornecimento de soluções de infraestrutura focadas na inclusão
peter schiff falando ao microfone

O Bitcoin está em um mercado de baixa quando comparado ao ouro, afirma Peter Schiff

O analista financeiro e comentarista disse uma vez que o preço do BTC nunca chegaria a US$ 50 mil
Paolo Ong, da SEC Filipinas

Termina prazo para saída da Binance das Filipinas e reguladores avisam: “Não há como sacar fundos após bloqueio”

“Não podemos endossar nenhum método de como retirar seu dinheiro agora que a ordem de bloqueio foi emitida”, disse o regulador filipino