Celular com logotipo da BInance
Shutterstock

A Binance anunciou que vai se retirar do mercado canadense. Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira (12), a empresa disse que a decisão foi tomada após novas diretrizes relacionadas a stablecoins e limites de investidores fornecidas à exchange, o que tornaria o mercado canadense insustentável no momento.

Segundo a nota, a empresa tinha altas expectativas para o mercado de blockchain no Canadá, mas não seria mais possível manter a presença no país.

Publicidade

Conforme o comunicado, os usuários canadenses da Binance estão recebendo um e-mail com informações detalhadas sobre como isso afetará suas contas daqui para frente. A empresa afirmou que não concorda com as novas diretrizes, mas espera continuar engajada com os reguladores canadenses com o objetivo de estabelecer um quadro regulatório abrangente e cuidadoso.

Embora a Binance esteja saindo do mercado canadense no momento, a empresa disse que espera retornar no futuro.

Conflitos da Binance no Canadá

Desde pelo menos 2021, a Binance está em conflito com os reguladores da província de Ontário, no Canadá, quando em junho afirmou que deixaria de oferecer serviço para os moradores da região.

“Lamentavelmente, a Binance não pode mais continuar atendendo aos usuários baseados em Ontário. Os clientes da região são aconselhados a tomar medidas imediatas para encerrar todas as posições ativas até 31 de dezembro de 2021”, disse em nota, na época.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Tom Brady é ridicularizado por ligação com FTX em especial da Netflix

Tom Brady é ridicularizado por ligação com FTX em especial da Netflix

Brady e sua ex-esposa, Gisele Bündchen, adquiriram uma participação acionária na falida FTX em 2021
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

Memecoin da rede Solana com tema GameStop sobe 1.900% e desperta febre do GME

A memecoin GME decolou na segunda-feira (13), entregando retornos consideráveis, superando os das ações da GameStop
Imagem por detrás de uma pessoa algemada

Interpol prende hacker que roubou R$ 260 mil da Polícia de Buenos Aires e lavou fundos com USDT

Liderado por um venezuelano, preso nos EUA, o grupo roubou R$ 8 milhões de entidades argentinas através de um malware de origem brasileira
Imagem da matéria: Fundos cripto do Brasil e Hong Kong são os únicos com fluxo positivo na última semana

Fundos cripto do Brasil e Hong Kong são os únicos com fluxo positivo na última semana

Fundos cripto tiveram a quarta semana seguida de saídas, mas o Brasil segue com tendência positiva ao lado de Hong Kong, que se destaca com a estreia de ETFs