Imagem da matéria: Pessimismo domina mercado e derruba preço do Bitcoin (BTC) e do Ethereum (ETH), aponta MB Research
Shutterstock

Os últimos sete dias foram marcados pela continuação nas correções do mercado de criptoativos. O Bitcoin e o Ether se desvalorizaram em 4,77% e 4,53%, respectivamente. O mercado continua preocupado com a situação macroeconômica e a situação financeira do criptobanco Silvergate.

              Preço e volume do bitcoin e ethereum, apurado às 21h (UTC-3) do dia 05/03/2022. (Fonte: Messari)

O pessimismo do mercado se reflete claramente no aumento da probabilidade de um aumento de 50 bps na próxima reunião do FOMC, marcada para o dia 22 deste mês. A probabilidade de um aumento de 25 bps ainda é maior, entretanto, a probabilidade de um aumento de 50 bps vem aumentando gradativamente desde o mês passado.

Publicidade

Este aumento pode ser traduzido em uma percepção de piora das condições macroeconômicas por parte dos participantes do mercado após a divulgação dos dados da inflação e do mercado de trabalho dos Estados Unidos no fim do mês passado. 

Probabilidades de aumento dos juros pelo FOMC (Fonte: CME)

Destaque da semana

Entre os ativos com US$ 10 bilhões ou mais de capitalização de mercado, o destaque negativo da semana fica com a Cardano. A plataforma de contratos inteligentes sofreu uma queda de pouco mais de 8% nos últimos sete dias. A performance negativa pode ser associada a recente polêmica no Twitter quanto à centralização da rede e sua relação com a empresa mãe Input Output Hong Kong (IOHK). 

Ativos com Capitalização de Mercado superior a US$ 10 bilhões, apurado às 21h (UTC-3) do dia 05/03/2022 (Fonte: Messari)

Análise on-chain

Os investidores de longo prazo (LTHs) reduziram suas posições na última semana, reforçando a ideia de uma preocupação em relação à situação macroeconômica. Os LTHs se desfizeram de mais de 52 mil BTC nos últimos sete dias. 

Quantidade de bitcoins nas mãos dos investidores de longo prazo (LTH)-(Fonte: Glassnode)

Por outro lado, o saldo de bitcoin que não se move há um ano ou mais continua a fazer novas máximas. A porcentagem do saldo total de bitcoins em circulação nesta situação chegou a 67,7%.

Publicidade
Porcentagem dos bitcoins na mãos de investidores há mais de um ano (Fonte: Glassnode)

O saldo de bitcoin em exchanges continua em estabilidade sinalizando que não existe nova demanda por moedas nos últimos dias.

Saldo de bitcoin em exchanges nos últimos 2 anos (Fonte: Glassnode)

O escore de acumulação é uma métrica qualitativa da acumulação em um dado ponto do tempo. Um escore próximo de 1 significa que a acumulação é feita por players significativos do mercado e, quando o escore está próximo de 0, a acumulação é feita por players de menor relevância. Nos últimos dias, o escore vem se aproximando de 0, o que indica que o smart money não está comprando nos patamares atuais de preço.

Escore de acumulação nos últimos 2 anos (Fonte: Glassnode)

Conclusão

O pessimismo retornou ao mercado após um início de ano espetacular. As preocupações com o cenário macroeconômico aliadas à postura mais agressiva dos órgãos reguladores nos Estados Unidos fizeram os investidores repensarem suas projeções para o ano de 2023.

A divulgação dos dados da economia americana deve fazer preço ao longo de todo o mês de março, culminando com a reunião do FOMC no fim do mês.

Publicidade

O cenário on-chain reflete perfeitamente este cenário mais pessimista com a redução das posições de LTHs e a redução na demanda por moedas nas últimas semanas.

Sobre os autores

André Franco: André é Engenheiro Mecatrônico e Analista de criptoativos desde 2017, foi eleito uma das 50 maiores personalidades cripto do Brasil pelo Cointelegraph, com vasta experiência no mercado. André é atualmente o diretor de Research do Mercado Bitcoin.

Rony Szuster: Rony é Engenheiro Químico com pós-graduação em Engenharia de Software, imerso no mercado cripto desde 2019 e contribuidor do Messari Hub em 2021 e 2022. Atualmente integra a equipe de analistas de criptoativos do Mercado Bitcoin.

Lucca Benedetti: Lucca é estudante de Engenharia Química e um entusiasta do mercado desde 2015, tendo se tornado analista de forma profissional em 2021. Possui experiência no nascente campo de finanças descentralizadas (DeFi) e atualmente integra a equipe de analistas de criptoativos no Mercado Bitcoin.

Bernard Pedra: Bernard é estudante de blockchain e criptografia digital e entusiasta do mercado desde 2019 com experiência prática no campo de tokens-não-fungíveis (NFT). Atualmente integra a equipe de analistas de criptoativos no Mercado Bitcoin.

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Tela de celular mostra logotipo Drex- no fundo notas de cem reais

Banco Central adia Drex para realizar novos de testes de privacidade

BC explica que primeira fase de testes foi focada em elementos de privacidade, mas as soluções encontradas “ainda não estão maduras”
Imagem da matéria: Plume, blockchain de tokenização de RWA, capta US$ 10 milhões em rodada de investimento

Plume, blockchain de tokenização de RWA, capta US$ 10 milhões em rodada de investimento

Plume hospeda mais de 80 projetos RWA, abrangendo itens colecionáveis, ativos alternativos, sintéticos, bens de luxo, imóveis, DeFi e muito mais
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
Imagem da matéria: 5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

5 coisas para saber sobre o lançamento do token do Notcoin

Quando o token NOT será lançado? Qual o futuro para a Notcoin? É melhor fazer stake dos tokens? Preparamos um resumo para você