Imagem da matéria: Ministério Público lança manual sobre como apreender criptomoedas 
Foto: Shutterstock

O Ministério Público Federal (MPF) lançou nesta terça-feira (14) o manual “Criptoativos: Persecução Patrimonial”, que passará a orientar a atuação de procuradores de todo o Brasil em investigações ligadas à cripto, principalmente as que envolvem apreensão de criptomoedas.

Antes de ser publicado nesta semana, o manual foi detalhado ponto a ponto em fevereiro a integrantes de várias instituições, como Câmara Criminal do MPF, Secretaria de Perícia, Pesquisa e Análise (Sppea/MPF), o Conselho Nacional de Justiça, a Polícia Federal e a Receita Federal.

Publicidade

O guia está organizado em três partes, com a primeira trazendo informações básicas necessárias à compreensão das discussões e orientações propostas. Esse segmento traz, por exemplo, explicações sobre o que é Bitcoin e como funciona a blockchain.

A segunda parte do manual se aprofunda nas orientações propriamente ditas, abordando investigações de crimes envolvendo criptoativos, como fazer busca, apreensão e alienação de ativos digitais, além de também abordar particularidades do meio DeFi e NFTs.

 A última parte do documento conta com modelos que podem ser utilizados por membros do MPF nos casos práticos em que a apreensão de criptomoedas é necessária.

“A compreensão deste roteiro de atuação dispensa conhecimento prévio sobre criptoativos, sendo, neste sentido, um roteiro a partir do zero. Todavia, este ainda é um roteiro de atuação, não é um curso sobre criptoativos ou Blockchain. Ele representa, portanto, uma recorte daquilo que importa à atuação do MPF nessa matéria. O mar de conhecimento com um palmo de profundidade, aqui, nada valeria. Em vez disso, o roteiro mergulha em locais estratégicos, na profundidade necessária”, diz trecho da introdução do manual.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Brasileiros importam R$ 8,9 bilhões em criptomoedas em abril apesar da queda do Bitcoin

Brasileiros importam R$ 8,9 bilhões em criptomoedas em abril apesar da queda do Bitcoin

Volume importado de criptomoedas mais que dobrou em abril em comparação com o mesmo período de 2023
Imagem da matéria: Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

Drenador de carteiras de criptomoedas encerra negócio após roubar mais de US$ 85 milhões

“Alcançamos nosso objetivo e agora, de acordo com o planejado, é hora de nos aposentarmos”, disseram os desenvolvedores do drenador de carteiras cripto
Imagem da matéria: El Salvador lança site de Bitcoin e revela quantas criptomoedas possui hoje; confira

El Salvador lança site de Bitcoin e revela quantas criptomoedas possui hoje; confira

Segundo os dados do mempool, El Salvador comprou 30 bitcoins no último mês
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024