Imagem da matéria: Midas Trend volta a fazer promessas de pagamento mas site continua fora do ar
Deivanir Santos, criador da Midas Trend (Foto: Reprodução/Youtube)

Em nova live realizada nesta segunda-feira (27), Deivanir Santos, criador da Midas Trend, voltou a prometer pagar todos os clientes. As promessas, no entanto, acontecem desde o ano passado e nunca foram cumpridas.

A promessa dessa vez é pagar os clientes que nunca fizeram nenhum saque. Para isso, é necessário o cadastro e envio de documentos para a MidasPay, um suposto banco digital da empresa. O banco, contudo, não é reconhecida pelo Banco Central.

Publicidade

Para completar, o site da MidasPay está offline, impossibilitando os investidores de tentar realizar cadastro. O site da Midas Trend também segue offline.

Os clientes que já tiverem realizado algum tipo de saque nas contas, segundo ele, terão que esperar por tempo indeterminado para começar a receber.

Rombo de R$ 55 milhões

Na live da semana passada, Santos confirmou estar devendo R$ 55 milhões aos clientes. Na época, a promessa foi outra, criar a Midas Trend 2.0, que funcionaria no mesmo molde da Midas Trend, ou seja, uma pirâmide financeira. O objetivo seria criar uma nova pirâmide para cobrir o rombo de R$ 55 milhões deixando pela primeira.

Para justificar o rombo dos R$ 55 milhões, o criador da empresa alega ter sido supostamente hackeado no dia em que iria realizar os pagamentos.

Publicidade

No entanto, a versão foi questionada pelo especialista Everton Melo, em conversa com o Portal do Bitcoin, que disse que a história contada pelo empresário dificilmente é verdadeira.

A situação já se alonga desde outubro de 2019. Até agora nenhum pagamento foi feito. Apenas promessas e mais promessas são feitas e se acumulam, sem nenhuma conclusão.

O que é a Midas Trend

A Midas Trend é acusada de pirâmide financeira, onde operava um suposto robô de arbitragem, que multiplicava o dinheiro dos investidores.

Segundo o site, o robô de trading que eles anunciavam trabalhava com os seguintes retornos:

  • Robô 1 – invista R$ 130 e receba R$ 380
  • Robô 2 – invista R$ 380 e receba R$ 800
  • Robô 3 – invista R$ 800 e receba R$ 1300
  • Robô 4 – invista R$ 1300 e receba R$ 3000
  • Robô 5 – invista R$ 3000 e receba R$ 8000
  • Robô 6 – invista R$ 8.000 e receba R$ 80.000

Além disso, a empresa oferecia os famosos bônus de indicação e binário, típicos de esquemas ponzi.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
Celular com logo do Pix sob bandeira do Brasil

Pix: Um catalisador para o futuro das finanças descentralizadas no Brasil? | Opinião

Para o autor, o Pix, combinado com os princípios das finanças descentralizadas e conceitos de dinheiro programável, poderia abrir caminho para uma nova era de inovação financeira
Antônio Ais posa para foto ao lado de carro

Criador da Braiscompany, Antônio Neto Ais é solto na Argentina

O benefício de prisão domiciliar valerá até que o processo de extradição para Brasil seja resolvido
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide