Imagem da matéria: Justiça nega pedidos de liberdade para líderes da pirâmide Trust Investing; vazam imagens do grupo na prisão
Fabiano Lorite (esquerda) e Patrick Abrahão (direita) foram presos em outubro pela Polícia Federal (Fotos: Telegram/Extra)

O Portal do Bitcoin apurou que a Justiça negou pedidos de liberdade dos líderes da Trust Investing presos em uma operação da Polícia Federal (PF) no dia 19 de outubro acusados de formar uma pirâmide financeira que deixou milhares de brasileiros no prejuízo, com um rombo estimado na casa dos R$ 4 bilhões.

“No dia 20/10/2022, foi proferida decisão indeferindo os pedidos de revogação da prisão preventiva e, via de consequência, foram mantidas as prisões preventivas”, diz o trecho de um processo visto pela reportagem.

Publicidade

Leia também: Trust Investing: PF derruba pirâmide de R$ 4 bilhões e prende Patrick Abrahão, marido da cantora Perlla

Ao mesmo tempo, começam a circular fotos pela Internet mostrando a situação dos líderes da Trust na prisão. Algumas delas mostram Patrick Abrahão, marido da cantora Perlla. A imagem que surge é bem diferente daquela de riqueza que ele ostentava nas redes sociais.

Com cara de choro e sem o colar de ouro com o símbolo de bitcoin que sempre usava, Patrick aparece na foto detido, usando um uniforme verde de presidiário. 

De acordo com o Extra, que divulgou a foto, o registro foi tirado do presídio de Joaquim Ferreira de Souza, em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde o piramideiro foi levado após ser preso na operação La Casa de Papel.

Dentro da prisão, Patrick segue arranjando problemas. Segundo o Extra, ele foi pego com um celular e um carregador dentro da cela durante uma revista feita por agentes penitenciários.

Publicidade

Além de Patrick, outras cinco pessoas foram detidas na operação que desarticulou a organização criminosa por trás da Trust Investing, incluindo o pai de Patrick, o pastor Ivonélio Abrahão, Diego Chaves (CEO da Trust Investing) e seu pai, Diorge Ribeiro Chaves, e Fabiano Lorite (Diretor de Marketing).

Cláudio Barbosa, o Diretor de Tecnologia da Trust, também foi alvo de mandado de prisão, mas encontra-se foragido.

O Portal do Bitcoin teve acesso a uma foto inédita de outro líder da Trust Investing na prisão, o Fabiano Lorite. Na imagem, Fabiano aparece sem camisa, detido. 

Fabiano Lorite na prisão por promover Trust Investing
Fabiano Lorite, diretor de marketing da Trust Investing, detido pela polícia (Foto: Reprodução/Telegram)

A reportagem apurou que a imagem, no entanto, foi tirada em agosto do ano passado, quando Fabiano foi preso pela primeira vez portando meio milhão de reais em esmeraldas com nota fiscal fraudulenta.

Na ocasião, Cláudio Barbosa também foi preso em flagrante, uma vez que as autoridades viram indícios de que a dupla estaria cometendo lavagem de dinheiro com pedras preciosas. Eles receberam liberdade provisória na época sob a condição de entregar os passaportes para a Polícia Federal e não frequentar regiões de fronteira, além de outras restrições.

Publicidade

Essa primeira prisão, que aconteceu em Dourados (MG), deu início a investigação contra a Trust Investing pelas autoridades brasileiras. Um ano depois, Fabiano voltou a ser preso, dessa vez junto com todos os outros promotores da pirâmide financeira — menos Cláudio, que está foragido.

Justiça autoriza leilão de veículos da Trust Investing

O processo que investiga os possíveis crimes cometidos pelos líderes da Trust Investing — o que inclui crime contra o sistema financeiro nacional, evasão de divisas, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, usurpação de bens públicos, crime ambiental e estelionato — tramita em segredo de justiça.

Ao que tudo indica, o Ministério Público Federal, autor da ação penal, ainda não apresentou a denúncia contra os líderes da Trust Investing, que seguem em prisão preventiva.  

Apesar disso, a Justiça já autorizou o leilão — ainda sem data para acontecer — de três veículos apreendidos. São eles dois caminhões confiscados na fazenda de Fabiano Lorite, um deles avaliado em mais de R$ 200 mil, e uma Mercedes Benz GLC 250 de Diego Chaves, avaliada por volta de R$ 320 mil, segundo a tabela de preços da Fipe.

Esses veículos são apenas alguns dos bens apreendidos pela PF durante a operação La Casa de Papel, que cumpriu  41 mandados de busca e apreensão em seis estados brasileiros.

Publicidade

Na época, a Polícia Federal confiscou bens que vão desde cabeças de gado e ovelhas até carros de luxo, joias, esmeraldas, e R$ 1,2 milhão em criptomoedas.

Relembre a queda da Trust Investing

No mês de outubro de 2022 completou um ano que a Trust Investing deixou de pagar os clientes, enganos por promessas de lucro de mais de 300% ao ano em pacotes de investimentos em criptomoedas.

Embora captasse dinheiro de milhares de brasileiros, a empresa dizia não ter obrigação de seguir as regras da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), uma vez que estava oficialmente registrada na Estônia.

Em outubro passado, a Trust Investing bloqueou a conta de todos os clientes alegando ter sofrido um ataque hacker. Na época, a empresa disse os pagamentos voltariam a acontecer em três meses — o que não aconteceu.

No início deste ano, os líderes da Trust afirmaram que o estrago provocado pelo suposto hacker havia sido muito maior do que o esperado e que um total de US$ 834 milhões teriam sido roubados da empresa — o equivalente a cerca de R$ 4,1 bilhões.

O rombo no caixa fez com que a Trust adiasse outra vez os pagamentos para que fosse criado um plano de reestruturação, anunciado por Patrick Abrahão em março. A solução da empresa foi a seguinte: não pagar os rendimentos prometidos, mas devolver o valor investido na plataforma. Meses se passaram e, mais uma vez, a Trust Investing não cumpriu a promessa.

Publicidade

Um dia antes de ruir quando a Polícia Federal deflagrou a operação La Casa de Papel, os principais líderes do esquema divulgavam os futuros planos da empresa, prometendo pagar dividendos “por muitos anos” aos clientes.

No vídeo em que aparece Fabiano, Patrick Abrahão e seu pai, o pastor Ivonei Abrahão, eles chegam a prometer uma grande festa em maio de 2023 evento para comemorar o aniversário de quatro anos da Trust Investing. Agora presos, é incerto se essa festa acontecerá algum dia.

Tem uma denúncia? Envie para [email protected]

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
Moeda de Ethereum na frente de gráfico

Manhã Cripto: Ethereum sobe 2,6% e flerta com US$ 4 mil; PEPE bate novo recorde

Com ganhos de 10% no dia, PEPE foi capaz de atingir um novo preço recorde de US$ 0.000017
Imagem da matéria: Volume de negociação de 'Notcoin' ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Volume de negociação de ‘Notcoin’ ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Jogo Notcoin, baseado no Telegram, lançou mais de 80 bilhões de tokens para cerca de 35 milhões de jogadores em um airdrop
ilustração mostra logo da pepecoin PEPE subindo ao céu

Trader transforma R$ 2 mil em R$ 17 milhões graças ao triunfo da Pepecoin (PEPE)

Ao comprar a memecoin após o lançamento, o trader teve um ganho de 7.368x no investimento