Grupo escala montanha para realizar transação “mais alta” da história do bitcoin

Regulação de criptomoedas é um dos projetos mais acompanhados entre os 24 mil da Câmara
Imagem: Shutterstock


Uma equipe de 70 pessoas conduzida pela empresa suíça de criptomoedas, a Bitcoin Suisse, escalou mais de 4.000 metros para realizar uma negociação de bitcoin e entrar para a história como a operação feita em lugar mais alto.

A empresa, que é gestora de criptoativos e opera desde 2013, publicou o vídeo na sexta-feira (19). A Bitcoin Suisse contribui para o desenvolvimento da Crypto Valley, um movimento que colabora e fomenta a criptoeconomia.

O feito, contudo, aconteceu na manhã do dia 13 de julho no alto de Zug, uma comunidade suíça com 23 mil habitantes.

O grupo escalou a montanha Breithorn até chegar a seus 4.164 metros acima do nível do mar e registrou uma ordem de bitcoin, o que ninguém ainda tinha ousado em fazer até hoje, segundo a empresa.

O vídeo, intitulado ‘Highest BTC trade ever publicly recorded – 4164m Breithorn’, mostra imagens aéreas, o que denota que houve todo um planejamento para a realização da façanha.

Ao som de um forte vento captado na gravação, o grupo então se junta e alguém abre um notebook. 

No entanto, as imagens não mostram a operação, mas alguém aperta a tecla Enter e todos começam a comemorar a conquista e uma grande euforia toma conta da equipe.



Empresa de bitcoin pede licença

A Suíça foi um dos primeiros países a se mobilizar a favor do mercado de criptomoedas e da tecnologia blockchain.

Na semana passada, a Bitcoin Suisse anunciou que havia tomado medidias antecipadas para comprir exigência regulatórias no páis, ainda em andamento, reportou a Coindesk.

Uma das iniciativas foi a publicação de resultados financeiros e um pedido de licença à Comissão de Valores Mobiliários da Suíça para negociar valores mobiliários.

Segundo um representante da empresa, tanto o Conselho Federal quanto a Autoridade Supervisora do Mercado Financeiro Suíço (FINMA) têm adotado uma abordagem muito construtiva ao criptomercado.

Vale lembrar que, enquanto no Brasil há batalhas judiciais entre exchanges e bancos, na Suíça há um ambiente mais favorável onde bancos privados se oferecem para realizar serviços paras as corretoras.


 Compre criptomoedas na 3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br