Imagem da matéria: GitHub remove código-fonte do Tornado Cash após serviço de mixing de criptomoedas ser banido dos EUA
(Foto: Shutterstock)

O código-fonte do mixer de transações com criptomoedas Tornado Cash desapareceu do GitHub em menos de 24 horas após o Departamento do Tesouro Americano acrescentar a ferramenta de privacidade à sua lista de sanções.

Desde segunda-feira (8), o Departamento do Tesouro baniu cidadãos americanos de usarem o Tornado ou transacionarem com diversos endereços Ethereum ligados à comunidade Tornado Cash.

Publicidade

No anúncio oficial, o Tesouro disse que essas medidas foram tomadas porque criminosos usaram o serviço “para lavar mais de US$ 7 bilhões em moedas virtuais desde sua criação em 2019”.

Também alega que criminosos lavaram US$ 7,8 milhões roubados do hack à bridge Nomad na semana passada via Tornado.

Diversas horas após o anúncio, surgiram relatos de que o GitHub — a plataforma que hospedava o código do Tornado Cash — também tomou essa ação.

O fundador do Tornado Cash, Roman Semenov, tuitou que sua conta no GitHub havia sido suspensa logo após a lista de sanções do governo americano ter sido anunciada.

Minha conta no Github foi suspensa.

Escrever um código aberto é ilegal agora?

A rápida repressão à ferramenta de privacidade cripto pelo governo federal gerou uma indignação geral de diversos líderes na indústria que citaram o caso judicial “Bernstein vs. EUA” de 1996, que definiu “código-fonte como expressão” protegida pela Primeira Emenda.

Publicidade

O desenvolvedor de contratos autônomos Patrick Collins afirmou que a iniciativa era “bem pior do que apenas sancionar um site” e anunciou que ele está “convocando advogados”.

O Decrypt perguntou ao Tornado Cash o que a remoção de seu código do GitHub significa para a ferramenta de privacidade.

Um representante confirmou que o código tinha sido removido pelo próprio GitHub, mas respondeu que os “contratos autônomos estão na blockchain Ethereum. Não muda nada para os contratos do Tornado Cash”.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

Talvez você queira ler
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

Aprovação de ETF de Bitcoin nos EUA é uma “questão de quando, não se”, diz Grayscale

Embora reconheça que os prazos sejam incertos, a Grayscale garante que a aprovação de um ETF de Bitcoin à vista nos EUA é inevitável
Imagem da matéria: BRLA: Stablecoin atrelada ao real ganha chancela de auditoria independente

BRLA: Stablecoin atrelada ao real ganha chancela de auditoria independente

Com essa garantia de uma auditoria independente, a BRLA Digital quer expandir sua operação no Brasil.
antonio neto e fabricia campos braiscompany 4

Ex-funcionário da Braiscompany será extraditado da Argentina para o Brasil

Ministério Público da Argentina afirma que o suspeito ajudou a desviar pelo menos R$ 4 milhões no esquema da Braiscompany
Imagem da matéria: Cosmos (ATOM) cai 4% após criador do projeto defender hard fork; entenda

Cosmos (ATOM) cai 4% após criador do projeto defender hard fork; entenda

A aprovação de uma proposta para reduzir a inflação no token ATOM fez com que Jae Kwon pressionasse a comunidade por um hard fork