Imagem da matéria: Fundador do Ethereum tem Bitcoin, Bitcoin Cash e até Doge em seu portfólio de criptomoedas
Vitalik, fundador do Ethereum e que fazia grandes reflexões sobre o Bitcoin (Foto: TechCrunch/Flickr)

Vitalik Buterin, cofundador do Ethereum, publicou detalhes dos seus fundos em criptomoedas quando foi questionado em um AMA (sigla em inglês para “pergunte-me qualquer coisa”) no Reddit, na última segunda feira (18).

Dividido em dois grupos, Buterin detalhou que 10% do seu portfólio são mantidos em Bitcoin (BTC), Bitcoin Cash (BCH), Zcash (ZEC) e Doge.

Publicidade

Outros 10%, ele preferiu investir em criptomoedas menos conhecidas: Maker (MKR), OmiseGo (OMG), Augur (REP) e KNC.

Desta forma, Buterin revela que 80% do seu portfólio está em Ethereum, mas até hoje ele não revelou o valor. No entanto, afrontando críticas ele já revelou possuir apenas 0,9% da Fundação, que detém cerca de 600 mil ETH.

O cofundador também adicionou outras informações. Ele disse ser acionista de duas startups: Clearmatics, que está desenvolvendo soluções para os mercados de balcão (over-the-counter, OTC na sigla em inglês), e Starkware.

Buterin disse, ainda, que também tem interesse em outros projetos, como o da L4, por exemplo, que está construindo a Web 3.0, uma web descentralizada que remove intermediários e incentiva os usuários a contribuir.

Plasma Group, EthGlobal e EDCON, também foram citadas pelo fundador como startups que possuem projetos interessantes.

Um pouco mais do cofundador do Ethereum

Vitalik Buterin ouviu falar pela primeira vez de Bitcoin no começo de 2011, quando foi convidado a escrever para um blog sobre o assunto. Com parte dos primeiros ganhos a partir desse trabalho, Buterin conseguiu comprar uma camiseta.

Publicidade

“Eu encontrei um cara que estava disposto a me pagar cinco bitcoins por artigo escrito para seu blog. Cada Bitcoin [à época] custava US$ 0,80. Para alguém ainda no ensino médio, com pouco dinheiro, eu pensei que tentar US$ 1,5 por hora poderia ser um salário bastante razoável”.

Mas os tempos de penúria ficaram para trás. Os trabalhos com Bitcoin o levaram à criação do Ethereum, e, aos 21 anos, ele se tornou uma celebridade do blockchain.

Um exemplo desse prestígio é que Buterin integra a lista “40 abaixo de 40”, da revista Fortune, que a cada ano elenca os maiores influenciadores globais com até 40 anos de idade.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Moeda dourada de Bitcoin (BTC) sobre um gráfico de preço com candles indicando queda nos preços

Semana Cripto: Queda do Bitcoin derruba principais altcoins enquanto memecoins políticas permanecem voláteis

Bitcoin e Ethereum desabam em meio a narrativas sobre Mt. Gox e BTCs do governo da Alemanha
Bolo de dólares em cima de outras notas

PF da Argentina prende família que lavava dinheiro de contrabando e jogos de azar com USDT

Com o filho preso e a esposa indiciada, o líder da quadrilha, Fabián Di Julio, o “El Gordo”, se entregou na última quarta-feira
Imagem da matéria: Musk Empire: jogo do Telegram permite que você ganhe cripto fingindo ser Elon Musk

Musk Empire: jogo do Telegram permite que você ganhe cripto fingindo ser Elon Musk

Este jogo de tap-to-earn em ascensão permite que você desenvolva e aprimore seu próprio Elon Musk antes de um airdrop de tokens
Imagem da matéria: Jogador que traiu Iza perdeu R$ 50 mil na pirâmide Braiscompany

Jogador que traiu Iza perdeu R$ 50 mil na pirâmide Braiscompany

Yuri Lima entrou na Justiça alegando ter aplicado R$ 50 mil na Braiscompany, pirâmide financeira que ruiu em dezembro de 2022