Imagem da matéria: Foxbit Volta a Operar Após 14 dias Offline
Corretora teve problema no banco de dados da Blinktrade (Foto: Pixabay)

A corretora brasileira Foxbit voltou a operar no final da manhã desta sexta-feira (23) depois de passar 14 dias fora do ar. Mais cedo, antes do anúncio oficial, os usuários estavam conseguindo entrar no sistema, mas não podiam realizar operações. A situação já está normalizada.

O retorno ocorre três dias antes do prazo previsto. As demais exchanges que usam o mesmo sistema que originou o problema, a plataforma fornecida pela Blinktrade, já haviam voltado na terça-feira.

Publicidade

Conforme o anúncio da empresa, “os usuários que solicitaram saques durante o período e ainda não tiveram a operação concluída podem realizá-la da maneira de sempre, diretamente na plataforma”. Além disso, anunciaram que vão manter “a isenção da taxa para as retiradas em reais, enquanto para o trading, a taxa que era de 0,25% para ordens passivas também será zerada até o dia 2 de abril. As taxas de ordens ativas (0,5%) estão mantidas”.

No período em que ficou fora do ar, a empresa montou uma operação para permitir que os clientes fizessem saques de maneira manual. A Foxbit diz que pouco mais de 2 mil clientes de uma base de 400 mil fizeram os pedidos. Contudo, é preciso deixar claro que nem todas as 400 mil contas estavam ativas ou faziam movimentações. Para saber quanto isso representa, seria preciso saber o volume das retiradas em BTC e em reais. Questionada, a empresa preferiu não divulgar o dado.

Foxbit e o retorno de parte dos Bitcoins perdidos

O problema com o banco de dados da Blinktrade permitiu a ocorrência de saques dupliplicados do sistema, como revelado com exclusividade pelo Portal do Bitcoin.

Dos cerca de 30 Bitcoins perdidos, 15 foram devolvidos sem precisar cobrar dos usuários de acordo com a empresa.

Leia tudo o que já foi publicado sobre o assunto:

 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Trader transforma US$ 27 mil em US$ 2 milhões ao antecipar alta da GameStop

Trader transforma US$ 27 mil em US$ 2 milhões ao antecipar alta da GameStop

O súbito ressurgimento das ações “memes” nesta semana rendeu uma pequena fortuna aos traders que nunca desistiram das loucuras de 2021
Imagem da matéria: Memecoin que usa nome de Trump rouba R$ 410 mil de investidores

Memecoin que usa nome de Trump rouba R$ 410 mil de investidores

Endereço despejou uma enorme quantidade do token TrumpAI, recebeu R$ 410 mil em WETH e derrubou o preço em 100%
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

As quedas resultaram em liquidações de US$ 148 milhões no mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas