Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto
Tigran Gambaryan é chefe de compliance da Binance (Foto: Divulgação)

Em uma crise que teve início em fevereiro, a disputa entre a exchange de criptomoedas Binance e o governo da Nigéria ganhou um novo capítulo esta semana após Tigran Gambaryan, executivo da empresa preso no país, desmaiar no tribunal durante seu julgamento.

Gambaryan, que é cidadão americano e head de compliance de crimes financeiros da Binance, acabou desmaiando quando foi chamado ao banco dos réus no segundo dia do julgamento, na quinta-feira (23), dando sinais de que está com a saúde fragilizada após completar oito semanas encarcerado.

Publicidade

Segundo informações do site DL News, o executivo estava magro e parecia bastante estressado. Seu principal advogado, Mark Mordi, atribuiu o colapso ao agravamento de sua saúde e apresentou um atestado médico, sem revelar maiores detalhes sobre o atual estado de Gambaryan.

Diante da situação, o tribunal nigeriano adiou o julgamento para o dia 20 de junho, segundo informações do CoinDesk. Gambaryan é acusado de evasão fiscal e lavagem de dinheiro junto com a Binance.

De acordo com a Reuters, seu advogado afirmou que ele está “muito doente e requer atenção médica abrangente”. Após o desmaio, o executivo passou por um tratamento intravenoso para malária no centro médico local, informou Mordi.

“Ontem, apesar dos numerosos sinais de doença grave, meu marido ainda foi obrigado a comparecer ao tribunal, onde mais tarde desmaiou”, disse a esposa de Gambaryan, Yuki Gambaryan, em comunicado. Segundo o DL News, ele está hospitalizado no momento.

Publicidade

“As condições na prisão de Kuje são, numa palavra, devastadoras. Meu marido é uma pessoa forte e saudável, mas está enfrentando um ambiente que deixaria até os mais fortes entre nós de joelhos”, completou a esposa de Gambaryan.

Na semana passada, o executivo também teve a fiança negada sob a alegação de que poderia tentar fugir.

“Apelo, mais uma vez, à sua libertação imediata”, disse a esposa. “Esta punição contra Tigran, num esforço para atingir o seu empregador, já dura tempo suficiente. Meu marido está doente; ele precisa de ajuda. Por favor, mostre algum senso de humanidade.”

Executivos presos

Gambaryan, que completou 40 anos de idade na prisão na semana passada, foi transferido para a prisão de Kuje, que conta com membros do grupo terrorista Boko Haram, depois de ter sido detido pelas autoridades nigerianas em fevereiro. Ele foi preso junto com o gerente regional para a África da Binance, Nadeem Anjarwalla.

Na última semana de março, Anjarwalla escapou da custódia e fugiu do país. O executivo, que tem dupla cidadania britânica e queniana, entregou seu passaporte britânico às autoridades nigerianas, mas acredita-se que tenha usado seu passaporte queniano para embarcar em um voo para o Oriente Médio. Algumas semanas depois, ele supostamente foi capturado no Quênia.

Publicidade

Em uma aparição em 30 de abril no programa local Sunrise Daily, o chefe do Bureau Central Nigeriano (NCB), Garba Umar, revelou que Anjarwalla estava sob custódia e que a organização estava trabalhando ativamente com os governos de diferentes países para emitir um Aviso Vermelho contra o executivo e apresentar os documentos necessários para facilitar a sua extradição para a Nigéria para ser julgado. Desde então não houve mais informações sobre seu paradeiro.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Hashdex entra com pedido para lançar ETF de Bitcoin e Ethereum nos Estados Unidos

Hashdex entra com pedido para lançar ETF de Bitcoin e Ethereum nos Estados Unidos

A gestora de fundos apontou no formulário de aplicação que terá como parceiros custodiantes dos ativos a Coinbase, LLC e a BitGo
Imagem da matéria: Standard Chartered diz que Bitcoin pode atingir US$ 100 mil antes das eleições nos EUA

Standard Chartered diz que Bitcoin pode atingir US$ 100 mil antes das eleições nos EUA

Para o banco americano, o Bitcoin pode bater nova máxima já esta fim de semana e caso de bons dados de emprego, enquanto para o fim do ano a projeção é de US$ 150 mil
Imagem da matéria: Memecoin de Trump na Solana dispara com boatos de ser token oficial

Memecoin de Trump na Solana dispara com boatos de ser token oficial

Sem nenhuma evidência de um vínculo com Trump, uma memecoin mais do que dobrou de preço e teve US$ 129 milhões em negociações com base em um boato
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA

Executivo da Bitwise afirma que mercado cripto está “subestimando” mudanças na política dos EUA

Clareza regulatória poderia trazer uma multidão de consultores financeiros no valor de US$ 20 trilhões para o setor cripto