Imagem da matéria: Exchange de criptomoedas fecha por falta de liquidez e dá 30 dias para sacar fundos pelo site
Foto: Shutterstock

Em crise desde o ano passado, a exchange de criptomoedas Liqui.io, que tem sede em Kiev, na Ucrânia, anunciou o encerramento das atividades nesta segunda-feira (28), conforme nota em sua página oficial.

De acordo com a empresa, o motivo do fechamento foi a falta de liquidez, como descreveu no comunicado. Isso se deve às mudanças em que a plataforma passou com a exclusão de suporte para vários criptoativos em meados de 2018, perdendo assim, vários clientes.

Publicidade

“A Liqui não é mais capaz de fornecer liquidez para seus usuários e não vemos nenhum motivo econômico em continuar com os serviços. Não queremos voltar para onde estávamos há um mês e, por isso, decidimos fechar todas as contas e encerrar as atividades. Isso quebrou nossos corações”, diz um trecho do texto.

A nota diz que os usuários têm 30 dias para retirar seus fundos da plataforma a partir da data do comunicado. Para quem não fez a retirada de fundos após as mudanças, a empresa disse que nesse mesmo período também podem ser realizada.

Caso o usuário não retire seus fundos no prazo de 30 dias, a exchange diz que, conforme seus Termos de Uso, serão aplicadas taxas sobre os criptoativos remanescentes, visto que após o prazo ela não dará mais suporte e deverá cobrar pelo serviço de armazenamento.

A exchange diz, contudo, que há possibilidade e de eles retornarem às atividades em breve, mas isso dependeria de uma relação positiva no mercado de criptomoedas, visto que ele “mudou significativamente desde 2017”.

Publicidade

“Não sabemos mais o que dizer, mas agradecemos por apoiar a comunidade de criptomoedas e por terem acreditado em nós”, finalizou a exchange.

Exclusão tokens na exchange

Em setembro e outubro do ano passado, alegando também a falta de liquidez, a Liqui realizou exclusões significativas de tokens na sua plataforma.

Porém, a exchange deu apenas um prazo de sete dias para que todos os clientes estivessem cientes. E isso acabou causando estranheza, pois sete dias é um período muito curto para alertar a todos, principalmente desavisados e hodlers.

Na ocasião, de acordo com um post de um usuário do Reddit, o endereço ‘0xcc5570e7d39BA1738333782Fb0C5623fb6a6b1f2’ poderia pertencer à Liqui e, assim, ela poderia estar sacando saldos remanescentes dos clientes que não retiraram no prazo.

Publicidade

Em resumo, se este endereço estiver realmente associado à exchange, os boatos de que ela estava liquidando os tokens seria uma informação provada.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil. Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Pessoa segura smartphone com logo BUSD com as mãos apoiado em uma mesa

SEC encerra investigação sobre stablecoin da Binance sem ações de penalidade

A SEC alegou que a stablecoin BUSD era um valor mobiliário em um processo movido contra a Binance no ano passado
Imagem da matéria: MicroStrategy anuncia desdobramento de ações após acumular US$ 13 bilhões em Bitcoin

MicroStrategy anuncia desdobramento de ações após acumular US$ 13 bilhões em Bitcoin

A empresa de software MicroStrategy, do defensor do Bitcoin Michael Saylor, dividirá suas ações depois que o preço mais do que triplicou no ano passado
Imagem da matéria: Donald Trump quer lançar sua 4ª coleção de NFTs

Donald Trump quer lançar sua 4ª coleção de NFTs

Embora a figura do ex-presidente esteja mais em evidência do que nunca, o desempenho dos NFTs de Trump tem sido historicamente inconsistente
Imagem da matéria: Homem tatua endereço de memecoin, mas deixa passar erro de digitação

Homem tatua endereço de memecoin, mas deixa passar erro de digitação

Um investidor da memecoin Gigachad decidiu tatuar o endereço do contrato, mas rapidamente percebeu que cometeu um erro