Imagem da matéria: Ethereum conclui atualização Dencun e inaugura nova era para a blockchain
Foto: Shutterstock

A tão esperada atualização Dencun do Ethereum foi concluída na manhã desta quarta-feira (13) sem problemas, inaugurando um novo capítulo para a blockchain que está pronta para reduzir substancialmente os custos de transação nas suas redes de segunda camada e expandir massivamente as capacidades do ecossistema.

Pouco antes das 11h (horário de Brasília), a atualização Dencun foi implementada com sucesso na rede principal do Ethereum. Agora levará cerca de um ou dois meses para que os contratos de liquidação em todas as redes de segunda camada incorporem a atualização.

Publicidade

Assim que isso acontecer, as taxas de gás nas redes de segunda camada devem cair imediatamente em até 75%, disse Terence Tsao, desenvolvedor da Arbitrum, ao Decrypt.

Antes do hard fork, os desenvolvedores do Ethereum realizaram uma transmissão ao vivo no YouTube para discutir as diferentes propostas de melhoria que seriam lançadas quando a Dencun fosse ao ar e explicar algumas das novas terminologias, como blobs – que são uma nova maneira de organizar e enviar dados na rede.

Quando a atualização foi lançada, a arte ASCII — caracteres padrão usados em computadores para representar texto — de um blob apareceu na tela (imagem abaixo).

Transmissão da Ethereum Foundation no YouTube acompanhou  ao vivo a atualização
Transmissão da Ethereum Foundation no YouTube acompanhou ao vivo a atualização

As melhorias do Ethereum

O Ethereum passou por várias atualizações importantes nos últimos anos, incluindo a Merge (Fusão) de 2022, que fez a transição da rede para um modelo de Prova de Participação (Proof of Stake) com eficiência energética, e a atualização Xangai de 2023, que destravou o saque de dezenas de bilhões de dólares em ETH que estavam em stake na rede.

Publicidade

Mas vários desenvolvedores que ajudaram a construir o Ethereum acreditam que a Dencun está preparada para mudar a rede em um grau nunca antes visto.

“Acho que esta atualização terá o maior efeito para os usuários de todas as atualizações do Ethereum até agora”, disse Marius Van Der Wijden, desenvolvedor do Ethereum, ao Decrypt. “Dencun é uma atualização muito maior do que Xangai”.

A Dencun não apenas reduzirá drasticamente os custos de transação em redes de segunda camada, mas também redefinirá a capacidade do ecossistema Ethereum de processar grandes quantidades de transações e, assim, reduzir significativamente as barreiras para a movimentação de projetos, transações e dados na blockchain.

David Silverman, vice-presidente de produto da Polygon Labs, comparou anteriormente que a Dencun expandirá sozinha o Ethereum de uma estrada secundária para uma rodovia de quatro pistas, em termos de eficiência e facilidade com que o ecossistema em breve será capaz de processar quantidades sem precedentes de tráfego na rede.

Publicidade

Os custos de gás devem cair tanto após a Dencun que muito provavelmente serão cobertos por empresas e projetos de criptomoedas daqui para frente – essencialmente tornando essas taxas uma coisa do passado, acrescentou Silverman.

Essa mudança sem precedentes na economia do Ethereum chega em boa hora, já que recentemente as taxas de gás na rede principal atingiram níveis quase inutilizáveis. Esse fato não passou despercebido aos desenvolvedores da Dencun.

“Estamos focados em dimensionar e reduzir as taxas em L2 (segundas camadas) em um momento em que o uso do Ethereum está atingindo grandes volumes novamente e as taxas de gás são um custo perceptível para a maioria dos usuários”, disse Preston Van Loon, desenvolvedor do Ethereum, ao Decrypt.

Os benefícios do proto-danksharding

A chave para a quase eliminação das taxas de gás pela Dencun é o proto-danksharding, um novo método para armazenamento de dados no Ethereum introduzido pela Dencun.

O proto-danksharding, que utiliza recursos chamados “blobs”, permitirá que os dados da segunda camada sejam armazenados temporariamente na cadeia por um período de cerca de um mês. Até agora, os dados só podiam ser armazenados no Ethereum para sempre, uma opção extremamente cara que limitava bastante os dados que eram carregados na rede.

Publicidade

Os desenvolvedores esperam que a Dencun inaugure um novo capítulo para o Ethereum, no qual essencialmente não há limites – relacionados a custo, armazenamento ou qualquer outra coisa – na quantidade de dados que podem existir na blockchain. Tal cenário poderia revolucionar os tipos de projetos e ferramentas construídos em todo o ecossistema Ethereum.

“Espero que a Dencun desbloqueie novos casos de uso que não eram possíveis antes”, disse Van Der Wijden. “Não estamos a construir isto para obter ganhos insustentáveis a curto prazo, mas para um crescimento sustentável a longo prazo.”

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Adolescentes são presos por extorquir investidor de criptomoedas em hotel de luxo

Adolescentes são presos por extorquir investidor de criptomoedas em hotel de luxo

O hotel Harbour Grand Kowloon, em Hong Kong, era frequentemente utilizado para a negociação informal de criptomoedas
Imagem da matéria: Solana encontra solução para lentidão e apressa validadores a atualizar "o mais rápido possível"

Solana encontra solução para lentidão e apressa validadores a atualizar “o mais rápido possível”

Os desenvolvedores da Solana criaram uma correção para o congestionamento e pedem ajuda dos validadores nos testes
Imagem da matéria: Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Token W, lançado esta semana, está chamando atenção ao render mais de 999% em staking na plataforma Kamino
logo da solana em celular

São Paulo recebe Solana Build Station no Ibrawork

O ponto alto da última edição das Build Stations no Brasil será o prêmio concedido especialmente durante o Pitch Day, no dia 6 de abril