Imagem da matéria: Compre um Bored Ape agora e pague depois: novo serviço quer facilitar aquisição de NFTs
(Foto: Shutterstock)

Mesmo com os preços em queda com a contínua depressão do mercado de criptomoedas, um dos token não fungível (ou NFT, na sigla em inglês) mais baratos da coleção Bored Ape Yacht Club (ou BAYC) pode custar US$ 104 mil em ether (ETH). O protocolo descentralizado de empréstimo Teller quer ajudar a tornar esse preço bem menos assustador: Compre um NFT de primeira linha agora e pague depois.

O novo recurso NFT “buy now, pay later” (ou BNPL) da Teller é como o modelo apresentado por startups, como Affirm e Klarna, e adotado por grandes varejistas on-line, apesar de possuir algumas diferenças importantes. Neste momento, só está disponível para um pequeno número de projetos NFT e os fundos são fornecidos por possíveis credoras, tanto grandes como pequenas, que oferecem liquidez pela plataforma.

Publicidade

O serviço, chamado “Ape Now, Pay Later”, é executado na plataforma de escalabilidade do Ethereum Polygon. Ryan Berkun, fundador e CEO da Teller Finance, afirma que a plataforma ajuda a preencher uma lacuna no mercado para permitir que possíveis compradores tenham acesso a NFTs mais caros ao pagá-los ao longo do tempo.

“Comprar NFTs é uma das principais coisas que usuários da Web3 querem fazer neste momento”, contou ele ao Decrypt. “Comprar agora para pagar depois é moleza.”

Entrada mais parcelas

É assim que funciona: Se, por exemplo, um NFT da coleção Bored Ape Yacht Club que um usuário quer for listado no mercado OpenSea, então os usuários podem usar a plataforma da Teller para especificar que querem comprar aquele ativo. O usuário deve pagar uma entrada mínima de cerca de 50%, dependendo do projeto e, na sequência, a plataforma tenta combinar o possível mutuário com um emprestador.

Se a combinação for bem-sucedida e um emprestador aceitar os termos, então a entrada é reunida com o restante dos fundos do emprestador, o NFT é adquirido no OpenSea e é criada uma carteira de custódia durante o ciclo de pagamento. Se todos os pagamentos forem feitos em dia, o mutuário recebe o NFT adquirido da carteira de custódia.

Publicidade

Um NFT é um token blockchain que é usado para comprovar a propriedade sobre um item e pode ser usado para coisas, como obras de arte, fotos de perfil, passes de acesso e ingressos ou colecionáveis digitais. O mercado NFT disparou para US$ 25 bilhões em volume negociado apenas em 2021 e já chegou a US$ 20 bilhões em negociação orgânica até agora este ano, de acordo com o DappRadar.

Projetos NFTs compatíveis com o Ethereum no lançamento da Teller Finance incluem Bored Ape Yacht Club e Mutant Ape Yacht Club, bem como Moonbirds, Doodles, Cool Cats, Azuki, Meebits, Adidas Originals: Into the Metaverse, RTFKT-MNLTH ed Murakami.Flowers Seed.

Os NFTs da Adidas têm o menor requisito de entrada em ether (25%) enquanto as coleções RTFKT-MNLTH e Murakami exigem 33% cada. Todos os outros “projetos de primeira linha” exigem uma entrada mínima de 50%.

Berkun afirma que essas taxas foram escolhidas com base em fatores, como liquidez de mercado e volatilidade. Os NFTs da Adidas são transferíveis, por exemplo, pois todos parecem os mesmos e oferecem as mesmas funcionalidades para holders. Por outro lado, cada imagem de Bored Ape ou Doodle é composta de uma combinação exclusiva de características, mesmo se muitas tiverem um design similar.

Publicidade

NFTs se cruzam com DeFi

O serviço da Teller faz parte de uma crescente onda de infraestruturas financeiras focadas em NFTs, incluindo plataformas de empréstimos como NFTfi e Arcade.

Essas plataformas permitem que donos de NFTs realizem empréstimos em criptomoedas ao usarem seus NFTs como garantia. A plataforma da Teller, por outro lado, facilita a aquisição de NFTs via empréstimos, mas não é a única.

Cyan é outra startup cripto que oferece um recurso de “compre agora, pague depois” para o financiamento de aquisições em NFT” e, recentemente, arrecadou fundos de nomes como Animoca Brands e OpenSea.

É claro que o risco existe. O mercado NFT tem a fama de ser volátil e emprestadores correm o risco de um projeto NFT específico perder valor específico durante o período do empréstimo. Mas se o comprador deixar de pagar, o emprestador pode ficar com o NFT e tentar vendê-lo para recuperar o prejuízo, se assim o desejar.

Tal plataforma também pode apresentar oportunidades de uso indevido. Por exemplo, se alguém possuir informações sobre um grande anúncio em torno de uma coleção NFT que acreditam que possa se valorizar, então podem se beneficiar ao realizar uma compra agora, pagar o empréstimo depois ao preço atual e antecipando a esperada alta no preço.

Publicidade

Apresentado com esse possível cenário, Berkun sugeriu que era uma questão de a ampla indústria cripto e NFT precisar lidar e desenvolver padrões éticos. Ele destacou a situação de Nate Chastain, ex-executivo do OpenSea, que se beneficiou da compra e venda de NFTs ao usar informações privilegiadas. Agora, Chastain enfrenta acusações federais.

“Essa é uma pergunta realmente importante para que façamos como uma indústria: Como esses produtos podem ser manipulados?”, questionou Berkun. “Neste momento, não temos um tipo de etos no setor que restrinja aqueles que possuem informações privilegiadas de não adquirirem um NFT. Haverá barreiras em torno disso. Acho que será a forma como a indústria irá amadurecer como um todo.”

“Esse tipo de financiamento é como comprar um produto com um cartão de crédito ou um programa atual de ‘compre agora e pague depois’”, acrescentou. “A ação iria impedir a pessoa [com informações privilegiadas] em vez da plataforma em si.”

Berkun acredita que esse recurso de “compre agora e pague depois” irá se tornar muito útil à medida que casos de uso com NFTs se proliferam e coisas, como NFTs de música, terrenos virtuais e jogos de metaverso e, até mesmo, NFTs que representam imóveis da vida real começam a ganhar mais força.

“Essa é a infraestrutura principal, acredito eu, de onde a Web3 parte”, explicou, “principalmente conforme começamos a pensar sobre a interseção entre o setor DeFi [Finanças Descentralizadas] e NFT.”

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Terraform Labs e Do Kwon pagarão US$ 4,5 bi para resolver o caso de fraude da SEC

Terraform Labs e Do Kwon pagarão US$ 4,5 bi para resolver o caso de fraude da SEC

Embora o magnata das criptomoedas ainda esteja em Montenegro, ele agora está sendo responsabilizado pessoalmente por US$ 204 milhões
Kabosu, a cachorrinha Shiba Inu que inspirou a Dogecoin

Desculpem fãs da Dogecoin: plano de pagamentos do Twitter não inclui criptomoedas

O apoiador da Dogecoin, Elon Musk, está trabalhando para o lançamento de um serviço de pagamentos no Twitter que supostamente não inclui cripto por enquanto
moeda e notas pendurada em um varal

Operação contra maior milícia do RJ revela que suspeitos compravam Bitcoin para lavar dinheiro

Fonte do dinheiro movimentado pelos suspeitos seria oriundo de grilagem de terras, extorsão contra comerciantes e exploração do transporte
Imagem da matéria: Memecoin de Trump na Solana dispara com boatos de ser token oficial

Memecoin de Trump na Solana dispara com boatos de ser token oficial

Sem nenhuma evidência de um vínculo com Trump, uma memecoin mais do que dobrou de preço e teve US$ 129 milhões em negociações com base em um boato