Imagem da matéria: O que é Polygon (MATIC) e por que ele é importante para o Ethereum?
Foto: Shutterstock

Em fevereiro de 2021, Matic Network, a solução de segunda camada para o Ethereum, se reformulou como Polygon, uma estrutura de escalabilidade para blockchains interoperáveis.

Neste artigo, vamos analisar o que o Polygon quer alcançar e como se diferencia de projetos de interoperabilidade em blockchain, como Polkadot e Cosmos.

Publicidade

O que é Polygon?

Anteriormente conhecida como Matic Network, Polygon é uma estrutura para o desenvolvimento de blockchains interconectados.

Visa abordar algumas das principais limitações, incluindo sua taxa de processamento, péssima experiência de usuário (alta velocidade e transações atrasadas) e a falta de governança da comunidade usando uma nova solução de sidechain.

Um sidechain é uma blockchain semi-independente que funciona paralelamente a uma blockchain principal associada, geralmente para melhorar sua velocidade ou seus recursos.

Em vez de ser uma simples solução de escalabilidade, como sua predecessora Matic (que usa uma tecnologia conhecida como Plasma para processar transações fora da blockchain antes de finalizá-las na blockchain principal do Ethereum), Polygon será uma plataforma completa, criada para lançar blockchains interoperáveis.

Por meio do Polygon, desenvolvedores poderão lançar redes blockchain pré-definidas com atributos sob medida para suas necessidades.

Podem ser personalizados com uma variedade crescente de módulos, que permitem que desenvolvedores criem blockchains soberanos com funcionalidade mais específica.

Publicidade

Como o Polygon funciona?

A arquitetura do Polygon pode ser melhor definida como um sistema de quatro camadas, composto pela camada do Ethereum, a camada de segurança, a camada de redes do Polygon e a camada de execução.

A camada do Ethereum é basicamente um conjunto de contratos autônomos que são implementados no Ethereum.

Esses contratos autônomos lidam coisas como a finalização de transações, staking e a comunicação entre o Ethereum e os diversos chains do Polygon.

A camada de segurança é operada paralelamente a do Ethereum e fornece um papel de “validadores como serviço”, permitindo que chains se beneficiem de uma camada adicional de segurança. Tanto a camada do Ethereum como a camada de segurança são opcionais.

Além disso, existem duas camadas mandatórias. A primeira é a camada de redes do Polygon, que é o ecossistema de redes blockchain desenvolvido no Polygon.

Publicidade

Cada uma dessas possui sua própria comunidade e é responsável por lidar com consenso local e a produção de blocos. A segunda é a camada de execução, que é a implementação do Ethereum Virtual Machine (ou EVM) do Polygon usada para a execução de contratos autônomos.

Chains lançados no Polygon são capazes de se comunicar entre si e com a blockchain principal do Ethereum graças aos recursos de transmissão de mensagens arbitrárias.

Isso permite uma variedade de novos casos de uso, como aplicações descentralizadas (ou dapps) interoperáveis e a simples troca de valor entre plataformas diversas.

Polygon é a internet de blockchains do Ethereum?

Polygon foi criada para facilitar um futuro em que blockchains diferentes não operam mais como silos fechados e comunidades próprias, mas sim como redes que se encaixam em um amplo ambiente interconectado.

Seu objetivo a longo prazo é apresentar um mundo aberto e sem fronteiras em que usuários possam interagir continuamente com produtos e serviços descentralizados sem terem de navegar por meio de intermediários ou jardins murados.

Publicidade

Visa criar um núcleo em que diferentes blockchains possam se conectar enquanto simultaneamente supera algumas de suas limitações individuais (como altas taxas, escalabilidade ruim e segurança limitada).

Polygon usa uma variedade de tecnologias para alcançar essa visão expandida.

Chain PoS: o blockchain principal do Polygon é um sidechain do Ethereum conhecido como Matic PoS Chain, que acrescenta uma camada de segurança proof of stake (PoS) aos blockchains lançados no Polygon.

Plasma Chains: Polygon faz uso de uma tecnologia de escalabilidade chamada Plasma para movimentar ativos entre o blockchain-raiz e os chains provenientes por meio de pontes Plasma.

ZK-rollups: uma solução alternativa de escalabilidade usada para agrupar um grande número de transferências fora da blockchain em uma única transação, usando provas de conhecimento zero (ZKP) para o registro público e final na blockchain principal do Ethereum.

Optimistic rollups: uma solução executada no Ethereum para facilitar transações quase instantâneas por meio do uso de “provas de fraude”.

Como é possível perceber, o Polygon pertende incorporar mais de uma solução de escalabilidade, mantendo seu objetivo de minimizar barreiras de entrada ao tentar reduzir taxas de transação ao mínimo.

Publicidade

Ao tomar uma abordagem multifacetada ao problema da escalabilidade, Polygon protege suas apostas, caso qualquer outra solução de escalabilidade falhe em cumprir com sua promessa.

O que tem de tão especial no Polygon?

O projeto Polygon é uma das iniciativas mais recentes em termos de interoperabilidade e escalabilidade em blockchain e foi criada para abordar algumas das notáveis limitações de projetos de interoperabilidade como Polkadot e Cosmos.

Por um lado, é compatível com o EVM, o que a aproxima daqueles que estão acostumados em desenvolver aplicações no Ethereum e programar com a linguagem Solidity; sua adversária Cosmos usa uma máquina virtual baseada em WASM.

Por outro lado, o modelo de segurança compartilhada do Polygon é completamente opcional; plataformas soberanas não precisam sacrificar independência ou flexibilidade pelo bem da segurança adicional se isso não for necessário.

Também afirma ser flexível suficiente para incorporar qualquer solução de escalabilidade (além dos atuais chains Plasmas, ZK-rollups e optimistic rollups).

Uma variedade de projetos já lançados utiliza a tecnologia de escalabilidade do Polygon.

EasyFi: uma plataforma descentralizada para a tomada e concessão de empréstimos e compatível com empréstimos com sobregarantias.

Aavegotchi: um jogo de negociação de Finanças Descentralizadas (DeFi) baseado em torno de tokens não fungíveis (NFTs).

O que é o token MATIC?

Apesar do Polygon ter expandido drasticamente a visão apresentada pela Matic Network, ainda usa o mesmo utility token, conhecido como MATIC.

O token MATIC é usado para diversos fins no ecossistema Polygon, incluindo a participação na governança da rede ao votar em Propostas de Melhorias do Polygon (ou PIPs), contribuindo à segurança, com staking e o pagamento de taxas.

Ainda não foi esclarecido se o token MATIC terá utilidade adicional na ampla visão do Polygon.

Onde e como comprar MATIC?

O token MATIC está entre as cem principais criptomoedas por capitalização de mercado e se beneficia de uma excelente liquidez. Está disponível para aquisição e negociação em inúmeras corretoras, incluindo Coinbase Pro, Binance, Huobi Global e Poloniex, bem como na popular corretora descentralizada (DEX) Uniswap.

Se você quer adquirir MATIC, entenda como fazê-lo na Binance (uma das corretoras com maior liquidez para o ativo) com cartão de débito ou crédito, por exemplo.

1º passo: crie uma conta na Binance ou entre em sua conta já criada.

2º passo: quando tiver entrado na conta, clique na opção “Compre Cripto” no canto superior do site e selecione a opção “Cartão de Crédito/Débito”.

Polygon
(Imagem: Binance)

3º passo: à direita, escolha sua moeda de pagamento e digite a quantidade que você quer gastar em MATIC. Em seguida, selecione MATIC na lista de criptomoedas disponíveis no menu.

Quando você estiver satisfeito com os detalhes, clique no botão “Comprar MATIC”.

4º passo: se você ainda não completou a verificação de identidade, você precisará completá-la. Siga os passos apresentados para verificar sua identidade.

Esse processo demora alguns minutos e você verá a seguinte tela de pagamentos:

Polygon
(Imagem: Binance)

5º passo: preencha seus detalhes de pagamento e clique no botão “Pague agora”. Sua ordem será processada na melhor taxa disponível e seus MATIC serão enviados diretamente à carteira de sua conta Binance.

É isso! Você agora é o orgulhoso proprietário de MATIC.

O futuro do Polygon

A corrida para ser a primeira solução de interoperabilidade disponível começou.

A blockchain PoS do Polygon e a solução de escalabilidade Plasma estão disponíveis, mas desenvolvedores ainda não podem lançar seus blockchains individuais ou de segurança compartilhada até esses recursos tiverem sido lançados.

Da mesma forma, nem ZK-rollups nem optimistic rollups foram lançados na rede e Plasma é a única solução de escalabilidade disponível na Polygon.

Os adversários do Polygon também estão correndo para lançar suas próprias ofertas.

Polkadot já lançou seus parachains públicos e, embora a atualização Stargate da Cosmos tenha lançado seu Interblockchain Communication Protocol (IBC), não estará completamente operacional até as transações IBC estarem disponíveis na rede.

Dado que o Polygon só foi anunciado em fevereiro de 2021, não existe um roteiro de desenvolvimento (ou “roadmap”) detalhando como seu desenvolvimento irá avançar ou quais recursos serão priorizados.

No entanto, a equipe por trás do Polygon está ocupada em criar parcerias com Mogul Productions, Umbria, Atari e OpenPredict (que pretende lançar seu primeiro produto de mercados de especulação no Polygon).

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

You May Also Like
Imagem da matéria: Corretora de criptomoedas sai do ar após esvaziar carteira de R$ 279 milhões

Corretora de criptomoedas sai do ar após esvaziar carteira de R$ 279 milhões

Site da corretora saiu do ar dias após um saque grande ter sido feito nas hot wallets da empresa
Imagem da matéria: Bitcoin (BTC) bate máxima contra euro e libra

Bitcoin (BTC) bate máxima contra euro e libra

Bitcoin passou de 60 mil euros e atingiu um novo recorde, enquanto tem superado sua máxima contra diversas outras moedas ao redor do mundo
Imagem da matéria: Bitcoin registra maior ganho mensal em 4 anos ao subir 43% em fevereiro

Bitcoin registra maior ganho mensal em 4 anos ao subir 43% em fevereiro

Maior criptomoeda do mundo, o Bitcoin opera acima do nível de US$ 62 mil e se aproxima cada vez mais da sua máxima histórica de US$ 69 mil
Imagem da matéria: Flamengo contrata empresa para criar ativos digitais com acervo do clube

Flamengo contrata empresa para criar ativos digitais com acervo do clube

Arquivo tem 520 mil peças entre documentos, imagens e vídeos; Flamengo esperar lucrar US$ 8 bilhões até 2027