Imagem da matéria: Como a Inteligência Artificial está criando uma nova geração de games

Alguns dos estúdios mais populares de videogames estão usando Inteligência Artificial (AI, no inglês) generativa para automatizar os elementos tediosos do design de jogos. Isso inclui temas como os diálogos com NPCs e a criação de novos níveis de detalhe para as renderizações no jogo — tudo em um esforço para acelerar o desenvolvimento e concentrar o talento humano em elementos mais importantes.

A AI generativa é a inteligência artificial que pode criar novos conteúdos — como textos, imagens ou músicas — usando prompts. Ela aprende com uma grande quantidade de dados e utiliza esses dados para gerar conteúdos novos e complementares, que vão desde frases simples a vídeos e obras de arte complexas.

Publicidade

Embora seja uma tecnologia que só recentemente dominou a imaginação (e a preocupação) do público geral, alguns desenvolvedores de jogos já estão usando a AI – nós vamos mostrar como.

Blizzard Entertainment

A Blizzard Entertainment, o estúdio por trás dos sucessos Diablo, Overwatch e World of Warcraft, teria revelado em um memorando interno em maio deste ano que a empresa havia começado a experimentar com AI para criar renderizações de personagens no jogo.

De acordo com o New York Times, a Blizzard implantou sua própria ferramenta interna de AI, alertando os funcionários para não usarem plataformas de AI de terceiros para evitar o vazamento de dados confidenciais da empresa e os IPs.

Embora os executivos da Blizzard estivessem entusiasmados com o uso potencial da inteligência artificial na próxima geração de jogos, alguns funcionários disseram que a AI da empresa fez um trabalho ruim ao detectar bugs e problemas no jogo nos jogos em que foi testada.

Publicidade

Square Enix

Em abril, a divisão de AI da Square Enix publicou um demo de sua atualização gerada com a tecnologia para o jogo de aventura de texto de 1983, The Portopia Serial Murder Case, destacando como grandes modelos de linguagem podem ser aplicados a jogos baseados em texto.

A empresa por trás de Final Fantasy e Kingdom Hearts tem olhado para a AI já há algum tempo. Em maio de 2022, ela anunciou que venderia várias de suas subsidiárias e a franquia Tomb Raider (entre outras) para a Embracer Group AB, com sede na Suécia, e usaria os fundos para investir em inteligência artificial, bem como em jogos Web3.

Roblox

A plataforma de jogos online, Roblox, anunciou o lançamento de duas novas ferramentas de AI generativa em fevereiro para simplificar a criação de jogos: Code Assist e Material Generator.

Atualmente em beta, as ferramentas automatizam tarefas básicas de codificação, gerando trechos de código úteis e criando texturas de objetos a partir de prompts. A Roblox disse que o uso de AI generativa torna o processo criativo mais fácil e rápido, acrescentando que há planos para habilitar Serviços de Ai de terceiros também na esperança de atrair desenvolvedores e criadores de AI para a plataforma Roblox.

Publicidade

Ubisoft

A Ubisoft, criadora da franquia Assassin’s Creed, anunciou o lançamento da plataforma Ghostwriter em março. Essa ferramenta de AI permite que os desenvolvedores de jogos gerem o diálogo dos non-player characters (NPCs), coloquialmente conhecido como “barks”, permitindo que os escritores se concentrem no desenvolvimento da história.

A Ubisoft diz que o objetivo final é dar aos designers a capacidade de criar sistemas de AI adaptados às suas necessidades específicas, usando uma ferramenta de back-end chamada Ernestine para criar grandes modelos de linguagem próprios — como o Ghostwriter.

NCSoft

Nesse mesmo mês, a NCSoft — criadora do Aion, Guild Wars e da série de jogos Lineage — revelou sua tecnologia humana digital em um trailer do próximo jogo Project M usando o Unreal Engine 5. A empresa criou o “diálogo digital humano” usando a tecnologia AI text-to-speech synthesis da NCSoft, que pode traduzir texto para a fala humana, bem como reproduzir a maneira de falar, o sotaque e as emoções de um ator.

Não contente em parar nas vozes geradas pela AI, a NCSoft também usou a tecnologia “voice-to-face” que adiciona expressões faciais e sincroniza os lábios com o diálogo.

Nvidia

A gigante da tecnologia Nvidia lançou uma demonstração de seu NVIDIA Avatar Cloud Engine (ACE) para jogos em maio de 2023. A demo mostrava uma representação gerada com AI de uma loja de ramen e de um personagem não jogável (NPC) atrás do bar falando com o jogador.

Publicidade

Ao usar a AI, o NPC foi capaz de entender significados das conversas e oferecer interações mais ricas, explicou o CEO da Nvidia, Jensen Huang. Criada em parceria com a Convai, sediada em Melbourne, a ACE incorpora vários serviços da Nvidia, incluindo Nemo, Riva e Omniverse Audio2Face.

Há sempre um problema

Enquanto os desenvolvedores estão avançando com o uso da AI em seus jogos, isso não significa que todos esses jogos serão lançados ao público.

Na semana passada, os desenvolvedores de jogos disseram que o marketplace de games para PC, Steam, da Valve Corporation, rejeitou alguns jogos para listagem porque incluem conteúdo gerado por AI, que aparentemente estava protegido por direitos autorais.

“Parabenizamos e incentivamos a inovação, e o uso da tecnologia de AI está fadada a criar experiências novas e empolgantes nos jogos”, disse a Valve em um comunicado. “Embora os desenvolvedores possam usar essas tecnologias de AI em seu trabalho com licenças comerciais apropriadas, eles não podem infringir os direitos autorais existentes.”

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram
dupla de homens sendo presa

Irmãos são presos por roubo de R$ 130 milhões em ataque de 12 segundos na rede Ethereum

O procurador americano Damian Williams disse que “este suposto esquema era novo e nunca havia sido acusado antes”
martelo de juiz com logo da binance no fundo

Governo dos EUA contrata empresa para monitorar a Binance

A Forensic Risk Alliance venceu a disputa contra a Sullivan & Cromwell, que atuou no caso FTX
Estátua da justiça e martelo de juiz à frente de bandeira do Canadá

Canadá multa Binance em R$ 22,5 milhões por violar as leis de combate à lavagem de dinheiro 

Agência do governo menciona falta de registro e ausência de relatório de transações enquanto corretora operou no país