bruno e marrone,golpe,bitcoin,d9
Cantor Bruno, de Bruno e Marrone, em foto com acusado de estelionato no Brasil (Imagem: Reprodução/Instagram)

“Glória a Deus! O resto é inveja”, escreveu na manhã de hoje no Instagram Bruno, um dos maiores cantores sertanejos do Brasil e voz principal da dupla ‘Bruno & Marrone’. A publicação acompanha uma foto tirada em Dubai, onde o cantor e outras pessoas fazem companhia a Danilo Santana, também conhecido como ‘Dubaiano’. Ele liderou a D9 Clube de Empreendedores, um golpe com bitcoin que prometia lucros de mais de 30% ao mês e que lesou clientes em R$ 200 milhões. Se pisar em solo brasileiro,  Dubaiano pode ser preso, já que é considerado foragido pela Justiça.

Em uma outra foto, apenas de Bruno e Danilo, o cantor agradece o anfitrião: “Obrigado por tudo”.  Ao contrário de outras publicações do cantor, nas duas fotos os comentários estão desativados, o que sugere prevenção a alguma crítica. E também não seria difícil alguma vítima da D9 retaliar aquele momento regado a uísque, próximo a um dos maiores cartões postais dos Emirados Árabes.

Publicidade

Não se sabe o porquê de Bruno estar em Dubai, mas pode ter alguma relação com o projeto musical de Dubaiano, que inclusive já contou com a participação de vários outros artistas, como a cantora Naiara Azevedo, que tem quase 5 milhões de seguidores no Instagram. Outro ponto é que Marrone não participou das fotos, que juntas já têm mais de 130 mil curtidas.

No Instagram, a última publicação de Marrone foi há duas semanas, sobre uma live que iria ocorrer em São Paulo. Nas imagens, ele mostra um hotel onde seria o local do evento. Na conta oficial da dupla também não há nenhuma novidade em relação a Dubai, assim como no site oficial da dupla; a agenda está zerada.

Golpe com Bitcoin

Danilo Santana Vunjão é investigado por crimes contra a economia popular, estelionato e lavagem de dinheiro. Em 2018, ele foi denunciado pelo Ministério Público da Bahia e a Justiça pediu sua prisão preventiva. Além dele, são suspeitos de envolvimento a esposa, sogra, irmão e cunhada.

Em seu projeto musical em Dubai, Danilo escreveu e gravou uma música chamada ‘Estelionato de Amor’, onde na história ele é a vítima. Aliás, em novembro de 2019, em entrevista ao Fantástico da Rede Globo, o acusado negou estar foragido e que estaria tentando reverter sua situação na Justiça.

Publicidade

Na época em que foi para Dubai, dados na Interpol revelaram que Danilo chegou a ficar detido por alguns dias. Mas àquela altura, a D9, que era supostamente camuflada de plataforma de apostas, já havia feito milhares de vítimas. Sobre gastar, Danilo não tem problema nenhum em ostentar sua vida de luxo no Instagram.

VOCÊ PODE GOSTAR
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
Celular com logo do Pix sob bandeira do Brasil

Pix: Um catalisador para o futuro das finanças descentralizadas no Brasil? | Opinião

Para o autor, o Pix, combinado com os princípios das finanças descentralizadas e conceitos de dinheiro programável, poderia abrir caminho para uma nova era de inovação financeira
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns