Imagem da matéria: No luxo de Dubai, líder foragido da D9 lança música "Estelionato de Amor"
Danilo Dubaiano tem ordem de prisão no Brasil (Foto: Divulgação)

O criador da pirâmide de D9, Danilo Santana, hoje foragido da Justiça brasileira, vai lançar uma música chamada ‘Estelionato de Amor’, parte de seu projeto musical em Dubai.

Santana, que adotou apelido de Dubaiano, vive uma vida de luxo no famoso país dos Emirados Árabes depois do fim da D9, que provocou um prejuízo de R$ 200 milhões a milhares de pessoas no Brasil e no exterior.

Publicidade

Santana é investigado por crimes contra a economia popular, estelionato e lavagem de dinheiro. Em 2018, ele foi denunciado pelo Ministério público da Bahia e a Justiça pediu sua prisão preventiva. Além dele, são suspeitos de envolvimento a esposa, sogra, irmão e cunhada. 

Imune da Justiça, ele pode aproveitar a vida sem se preocupar e até mesmo ironizar as próprias vítimas com uma música que usa o ato do qual ele é acusado — estelionato.

Estelionato em Dubai

Em seu Instagram, Danilo afirma que é o compositor da nova letra. Logo, pode ser que ele tenha escolhido o tema propositalmente. Contudo, na história dessa música ‘ele’ é quem é a vítima, pelo menos é o que revela um trecho d letra.

“Foi estelionato de amor; você entrou na minha mente e me pegou. E olha o preço que o meu coração pagou por sua falsa verdade”.

Publicidade

No ano passado, Danilo também gravou um DVD às margens de uma praia em Dubai onde participaram vários artistas brasileiros. Depois desse tapa na cara das vítimas da D9, não seria impossível a próxima música de Danilo se chamar ‘Foragidos em Dubai’.

Justiça negou Habeas Corpus

Em agosto deste ano, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes negou prosseguimento do pedido de Habeas Corpus (HC) para suspender a ordem de prisão cautelar de Kelliane Alves Gouveia Santana.

Ela é a esposa de Danilo e o casal tem levado uma vida de luxo em Dubai. O suspeito de estelionato também nunca escondeu isso. Lá ele segue usando dinheiro supostamente oriundo de suas vítimas para tentar ficar famoso como cantor.

Golpista fez milhares de vítimas

A empresa comandada por Danilo era supostamente camuflada de plataforma de apostas. Foi por meio dela que ele construiu a rede que fez milhares de vítimas. Muita delas alegam que a oferta foi de investimentos em bolsa de apostas esportivas sediadas em países estrangeiros, o que jamais aconteceu.

Publicidade

O esquema que prometia lucros de 33% ao mês, supostamente teve a participação de Danter Silva, da Unick Forex, outra pirâmide, mas disfarçada de plataforma de cursos. Danilo também teria participado do antigo golpe da Telexfree.

Famoso entre personalidades

Em 2017, o então dono da D9 recebeu várias felicitações por seu aniversário — naquela ocasião, vídeos sugerem que a D9 estaria em seu auge. Otávio Mesquita, César Menotti e Fabiano, Tiririca, Denilson e Renata Fan, Daniel Alves, entre outros, publicaram um vídeo com os parabéns — a maioria o tratou como “Danilo da D9”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Ilustração mostra mapa do Brasil com pontos ligados em blockchain

Banco Central, UFRJ, Polkadot e Ripple se unem para aprofundar pesquisas sobre interoperabilidade entre blockchains e DREX

A Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central (Fenasbac) antecipa…
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
Celular com logo do Pix sob bandeira do Brasil

Pix: Um catalisador para o futuro das finanças descentralizadas no Brasil? | Opinião

Para o autor, o Pix, combinado com os princípios das finanças descentralizadas e conceitos de dinheiro programável, poderia abrir caminho para uma nova era de inovação financeira