Imagem da matéria: Bitcoin (BTC) segue em baixa, Solana (SOL) segue em crise e Cardano (ADA) tem leve recuperação
Foto: Shutterstock

A turbulência no mercado de criptomoedas parece estar diminuindo, mesmo que o equilíbrio seja frágil e novas quedas possam acontecer em um cenário de extremo medo dos investidores.

O Bitcoin (BTC) opera de lado, em leve baixa de 0,6% nesta sexta-feira (7), sendo vendido a US$ 42.428, segundo dados do Coinmarketcap. Mas algumas das maiores altcoins mostram resiliência e já voltaram a operar em alta.

Publicidade

A principal criptomoeda do mundo chegou a bater em US$ 41.237 no ponto mais agudo da crise que se iniciou na quarta-feira (5) e aprofundou na sexta (6).

O consenso na comunidade é que o gatilho para o derretimento do mercado foi descobrir que o Federal Reserve, Banco Central dos Estados Unidos, pretende aumentar a taxa de juros antes do que se imaginava. 

 O índice de Medo e Ganância (Fear and Greed, em inglês) está em “Extremo Medo”, mas melhorou um pouco de quinta para sexta.

Segundo o Índice de Preço do Bitcoin (IPB) a cotação da moeda está em R$ 243.276

Alteração no pódio

O terremoto provocou uma mudança importante no ranking das criptomoedas. A Binance Coin (BNB), que opera em queda de 1,7% e é vendida a US$ 454, perdeu a terceira colocação para a stablecoin da Tether (USDT).

Publicidade

O valor de mercado (market cap) do USDT agora é de US$ 78 bilhões contra US$ 75 bilhões da BNB.

A troca de postos pode ter a ver com o fato de a CertiK, empresa líder no ramo de auditoria de códigos de criptomoedas, ter alertado a comunidade de um novo golpe de puxão de tapete (“rug pull”) orquestrado pelos desenvolvedores do Arbix Finance (ARBX).

Neste fraude, os golpistas vendem o projeto como algo legítimo e quando conseguem faturar dinheiro suficiente por meio da farsa, somem do mapa deixando o resto dos investidores no prejuízo.

O Arbix Finance surgiu no início de dezembro na Binance Smart Chain, dizendo ser um protocolo de yield farming, onde usuários podem travar seus tokens em pools de liquidez para ganhar rendimentos.

Publicidade

Sequência de altas

Sétima maior criptomoeda em valor de mercado, Cardano (ADA) registra valorização de 1,4% e é vendida a US$ 1,23.

Logo em seguida, HEX, ocupante da oitava posição, opera em alta de 5,3%.

E na nona posição a já tradicional XRP, com alta de 2,3%.

Outra recuperação consistente é da Polygon (MATIC), que é atualmente a 15ª maior criptomoeda: o token cresce a uma taxa de 4% e é vendido a US$ 2.17.

Memecoins em recuperação

As duas mais famosas memecoins do mundo também já ensaiam recuperação.

Dogecoin (DOGE) e Shiba Inu (SHIB) mostram leve alta de 0,5%.

Ethereum em baixa

Já o Ethereum (ETH) continua com desvalorização acentuada. No momento da produção deste texto opera em queda de 3%, cotado em US$ 3.251.

A segunda blockchain mais importante do mundo vê notícias conflitantes sobre si mesma: enquanto diminui a margem de liderança do Bitcoin e sua mineração está com o maior nível de dificuldade da história, vê que competidores como Solana, Terra e Polkadot estão em estágio mais avançado do que ela quando tinha o mesmo “período de vida” (a análise foi feita pela consultoria Eletric Capital, como mostra a sequência de tuítes abaixo).

Altcoins e falha na Solana

Mas de forma geral o mercado continua muito abalado, com quedas de 5% da Solana (SOL), 4,9% da Terra (LUNA), 0,6% da Polkadot (DOT), 1,9 da Avalanche (AVAX) e 0,9% da Uniswap (UNI).

A queda da Solana parece ter uma explicação: a rede travou na quinta-feira (6). O perfil oficial @SolanaStatus, que rastreia a saúde do ecossistema da criptomoeda SOL, confirmou que a rede estava experimentando um “desempenho degradado”, causado por um aumento das transações de “alta computação”.

Publicidade

Segundo a equipe do projeto, essas transações de peso estavam reduzindo a capacidade da rede de processar milhares de transações por segundo, fazendo com que as transações de parte dos usuários falhassem.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Drake perde R$ 1,6 milhão em Bitcoin apostando contra Argentina e é zoado por seleção: “Not Like Us”

Drake perde R$ 1,6 milhão em Bitcoin apostando contra Argentina e é zoado por seleção: “Not Like Us”

A equipe argentina provocou Drake fazendo referência a música “Not Like Us” de Kendrick Lamar que detona o rapper
Sunny Pires

Surfista brasileiro patrocinado por comunidade Web3 lança documentário no Woohoo

Patrocinado pela comunidade Web3 Nouns, Sunny desbravou o vulcão Cerro Negro, um dos mais ativos da Nicarágua
jogo hamster kombat em tela de celular

Hamster Kombat:  Tudo sobre o airdrop do jogo do Telegram

Veja também dicas para conseguir a maior quantidade de moedas antes do lançamento do token
Imagem da matéria: Anbima anuncia novas regras para fundos de criptomoedas

Anbima anuncia novas regras para fundos de criptomoedas

Pelas novas regras da Anbima, gestores terão de descrever os controles de gestão das criptomoedas e apresentar a metodologia de precificação dos ativos