Imagem da matéria: Dificuldade de mineração de Ethereum chega ao nível mais alto da história
Foto: Shutterstock

Nunca foi tão difícil minerar Ethereum (ETH) como está sendo nesta primeira semana de 2022. De acordo com dados da Glassnode, a dificuldade de mineração da criptomoeda atingiu 12,699 terahash na terça-feira (4), o nível mais alto da história.

Esse número representa quantos hashes devem ser gerados para que o minerador consiga resolver os quebra-cabeças matemáticos e adicionar o próximo bloco na rede do Ethereum, ganhando no final as criptomoedas recém-criadas como recompensa.

Publicidade
Dificuldade de mineração do Ethereum
Dificuldade de mineração do Ethereum (Fonte: Glassnode)

Os dados indicam que a dificuldade de mineração do ether mais do que dobrou em sete meses. Em junho de 2021, esse número não passava de 6,000 terahash. 

A dificuldade está crescendo à medida que mais poder computacional está sendo dedicado à blockchain, o que aumenta a competição entre os mineradores. 

No final de dezembro, o Ethereum atingiu pela primeira vez a marca de um petahash por segundo de potência computacional aplicada na rede. O petahash equivale a mil terahashes por segundo.

Embora no caso do bitcoin a força da rede seja medida em um patamar muito maior, em hexahash (equivalente a mil petahashes), o crescimento do Ethereum comprova que a sua rede está se tornando mais robusta.

Publicidade

Segundo o Coin Warz, o hashrate do Ethereum continua na casa do petahash nesta quarta-feira (5), por volta de 1.03 PH/s. Esse número representa um crescimento de mais de 200% na força computacional da moeda desde janeiro do ano passado.

Corrida dos mineradores de ETH

A agitação na rede parece refletir a ambição dos mineradores de lucrar o máximo possível antes que o Ethereum abandone o mecanismo de consenso de prova de trabalho (PoW) e adote a prova de participação (PoS) com a chegada do Ethereum 2.0.

A expectativa é que a nova versão da criptomoeda seja ativada na rede principal na primeira metade deste ano, colocando um fim na mineração tradicional de ether.

Embora o lucro dos mineradores de Ethereum não esteja batendo recorde como a dificuldade de mineração, a receita continua alta.

Publicidade

Ao longo de dezembro, esses profissionais faturaram cerca de US$ 1,9 bilhão, segundo dados do The Block. O lucro ainda é menor ao topo histórico de maio, mês em que os mineradores ganharam US$ 2,4 bilhões.

Receita mensal dos mineradores de Ethereum
Receita mensal dos mineradores de Ethereum (Fonte: The Block)

A receita desse grupo agora é praticamente toda formada por recompensas de blocos adicionados à rede, já que desde o hard fork London, os mineradores deixaram de receber o ether usado para pagar as taxas.

Embora maio tenha gerado o maior lucro aos mineradores, as taxas tiveram o maior peso na receita final. No mês do recorde, a recompensa vinda pelo novo ether gerado por bloco foi de US$ 1,3 bilhão contra US$ 1,7 bilhão em novembro. Mesmo assim, novembro não foi capaz de bater o topo histórico.

Atualmente, os usuários podem pagar uma taxa extra para que o minerador priorize sua transação, mas esse fonte tem pouco impacto na receita total.

Se em fevereiro de 2021 as taxas representavam 52% de toda lucro dos mineradores, agora em janeiro de 2022 essa porcentagem não passa de 7%.

Publicidade
VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de um hacker de Ethereum

Plataforma DeFi do Ethereum recupera R$ 42 milhões após atender exigências de hacker

Uma exploração que ocorreu na rede de segunda camada do Ethereum, Scroll, fez com que milhões fossem drenados da Rho Markets
Sigla ETF ao lado de moeda dourada de Ethereum

Veja todos os ETFs de Ethereum que devem estrear nesta terça

Grandes firmas de investimento receberam o sinal verde da SEC para listar ETFs de Ethereum à vista nos EUA. Aqui está a lista atualizada
Vitalik Buterin

Criador do Ethereum pede que eleitores não apoiem políticos só porque eles se dizem pró-cripto

Em meio à crescente adesão de Trump às criptomoedas, a publicação de Vitalik Buterin provocou reações mistas na comunidade cripto
Celular com logotipo da BInance

Binance lista novos pares para Ethereum, Pepe, BNB e Solana

A corretora também vai incluir os novos pares em seu serviço de robôs de negociação