Imagem da matéria: Bitcoin (BTC) desaba 8% e derruba mercado; Solana (SOL), Cardano (ADA) e Polkadot (DOT) em queda de até 10%
Foto: Shutterstock

A tempestade perfeita parece ter se formado ao redor do universo das criptomoedas nesta quinta-feira (6). O Cazaquistão, segundo maior minerador do mundo, está passando por uma convulsão social; isso derrubou o preço do Bitcoin; a perda de um piso gerou centenas de milhões em liquidações; o movimento foi uma cascata para venda desenfreada de altcoins; o mercado derreteu como um todo.

O Bitcoin (BTC) opera em queda de 8,7%, sendo vendido a US$ 42.650, segundo dados do Coinmarketcap. Segundo o Índice de Preço do Bitcoin (IPB) a criptomoeda vale R$ 247.019.

Publicidade

Para se ter uma ideia do estrago: 99 das 100 criptomoedas de maior valor de mercado estão operando em queda. A exceção é a obscura APENFT (NFT), que ocupa a 99ª posição e está em alta de 3%.

Conforme mostra reportagem do Coindesk, quando o Bitcoin perdeu o piso dos US$ 46 mil, duzentas mil posições foram liquidadas.

Foram mais de US$ 800 milhões em vendas e, desse total, 87% eram posições de longo termo, quando se há a expectativa do preço subir.

Mas quando o preço cai a um certo ponto, o ativo é vendido para que a posição alavancada seja possível de ser paga.

Publicidade

Aumento nos juros nos EUA

Além de tudo isso, como mostra o The Wall Street Journal, o Federal Reserve, Banco Central dos Estados Unidos, disse que pode aumentar a taxa de juros em março, sendo que o mercado esperava esse reajuste para um futuro um pouco mais distante.

Esse fator também entrou na tempestade.

Cazaquistão conflagrado

A situação no Cazaquistão vem se deteriorando rapidamente. Segundo o The New York Times, a Rússia já enviou tropas para proteger prédios e instituições públicas.

O governo local informou que oito policiais e dúzias de protestantes já morreram e cerca de 400 pessoas foram feridas nos protestos, que são mantidos dia e noite nas ruas das principais cidades.

Tendo como motivo o preço do combustível, a revolta parece ser agora indiscriminada: o governo já disse que irá voltar com os preços antigos, mas isso não fez arrefecer em nada a revolta popular.

Publicidade

O Cazaquistão é responsável por 18% do hashrate de mineração do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Quando ficou por algumas horas sem internet, o hashrate global caiu 12% na quarta-feira (5).

Dominância do Bitcoin enfraquecida

A dominância do Bitcoin no mercado de criptomoedas caiu para 39% na quarta-feira (5), o menor nível desde abril de 2018 – época de bear market, ou seja, de quedas violentas.

Com valor de mercado de US$ 397 bilhões, o Ethereum está perto de chegar na metade do Bitcoin, que tem US$ 807 bilhões.

Queda das altcoins

As quedas são de 9% para Ethereum (ETH), 11,3% para Binance Coin (BNB), 14% para Solana (SOL), 9,9% para Cardano (ADA), 10,1% para XRP, 11,7% para Terra (LUNA), 5,6% para Polkadot (DOT), 10,1% para Avalanche (AVAX), 9,4% para Dogecoin (DOGE) e 9% para Shiba Inu (SHIB).

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Mercado debate se astro Hulk Hogan realmente aplicou golpe com memecoins Solana

Mercado debate se astro Hulk Hogan realmente aplicou golpe com memecoins Solana

O lutador profissional Hulk Hogan foi acusado de fraude com memecoins de celebridades, mas diz que os tuites “não eram meus”
Bitcoin e grafico de mercado

Taxas do Bitcoin estão disparando novamente – e não é por causa de Runes ou Ordinals

Uma grande exchange está tentando organizar sua carteira Bitcoin e está queimando muito dinheiro no processo
Imagem da matéria: McDonald's lança seu próprio metaverso - e os proprietários de NFTs do Grimace são VIPs

McDonald’s lança seu próprio metaverso – e os proprietários de NFTs do Grimace são VIPs

A rede de fast food McDonald’s acaba de lançar um mundo metaverso para clientes de Singapura, com vantagens especiais para titulares de NFTs do Grimace
smartphone com logotipo da Toncoin TON à frente de monitor que mostra gráfico de mercado

Semana Cripto: Bitcoin cai enquanto Toncoin sobe e se aproxima da Dogecoin em valor de mercado

Criptomoedas de grande capitalização como PEPE e WIF também tiveram quedas de até 20% na semana